Expo 2020: Fiesp recebe delegados do BIE para coquetel em agenda oficial da candidatura de São Paulo

Juan Saavedra, Agência Indusnet Fiesp

Dezenas de delegados do Bureau Internacional de Exposições (BIE), responsáveis pela escolha da cidade-sede da Exposição Universal 2020, a Expo 2020, participaram na noite desta sexta-feira (20/09) de coquetel na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O encontro, parte da agenda oficial elaborada pelo Comitê de Candidatura de São Paulo aos membros do BIE, reforçou o compromisso da indústria com a realização do evento. As cidades concorrentes, além de São Paulo, são Dubai (Emirados Árabes Unidos), Ecaterimburgo (Rússia), Izmir (Turquia) e Ayutthaya (Tailândia). A decisão, programada para o mês de novembro, será em Paris.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540042616

2º vice-presidente da Fiesp, João Guilherme Sabino Ometto, e prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. Foto Everton AmaroFiesp


Em seu discurso de boas vindas aos delegados, de diversos países de todos os continentes,  o 2º vice-presidente da Fiesp, João Guilherme Sabino Ometto, disse que a indústria está ao lado da prefeitura de São Paulo na candidatura.

“A casa da indústria apoia o pleito da cidade de São Paulo de abrigar este que é um dos mais importantes eventos do mundo”, disse Ometto.

“Um dos mais importantes papéis da indústria tem sido o de fomentar o desenvolvimento e atrair as atenções do mundo e mostrar do que é capaz o Brasil”, prosseguiu o 2º vice-presidente da Fiesp.

“Capaz de inovar, criar oportunidades. Juntos, trabalhamos por um país mais justo, com qualidade de educação, gosto pelo esporte, respeito pela cultura. Zelamos pela qualidade de vida, visando ao desenvolvimento sustentável, com os olhos voltados para o futuro”, continuou Ometto, pedindo aos delegados que, ao partir, levem não só uma boa impressão da cidade, mas o carinho e a hospitalidade dos paulistanos. “E a certeza de que essa é uma terra de gente que se empenha fazer o melhor todo dia”, encerrou.

 >> Presidente da Fiesp participa de simpósio sobre candidatura paulistana à Expo 2020

Em entrevista à reportagem, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, disse que a candidatura vem se fortalecendo pela consistência. “Independente do resultado, São Paulo vai se sair bem porque apresentou uma candidatura forte, coerente com sua gênese, sua história, um projeto que dialoga com o futuro de São Paulo, dialoga com a comunidade local, com os anseios do Brasil de ter uma maior presença internacional.”

“Estamos vencendo com louvor cada etapa do processo”, resumiu, afirmando que há sintonia do tema da candidatura com a essência da cidade. “A diversidade é realmente um traço essencial da nossa cidade. Isso ficou muito perceptível para os delegados.”

Nádia Campeão, vice-prefeita de São Paulo , disse à reportagem que, após cumprir mais uma etapa da candidatura, o trabalho diplomático irá se acentuar até novembro, num trabalho de corpo a corpo com os delegados.

Segundo ela, uma das vantagens da candidatura é “a força da construção humana que São Paulo representa.”

“Eu acho que conseguimos transmitir a força da cidade e o quanto a realização desse evento irá deixar de legado”, explicou a vice-prefeita sobre as atividades realizadas nesta semana, com destaque para o simpósio “São Paulo: Força da Diversidade” ao longo desta sexta-feira (20/09) no hotel Hilton.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540042616

Nádia Campeão, vice-prefeita de São Paulo; 2º vice-presidente da Fiesp, João Guilherme Sabino Ometto; prefeito de São Paulo, Fernando Haddad; Julio Semeghini, secretário estadual de Planejamento. Foto: Everton Amaro/Fiesp

O evento contou com a presença de do secretário de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Regional, Julio Semeghini, representando o governador Geraldo Alckmin. O assessor Especial para Assuntos Internacionais do Governo de São Paulo, Rodrigo Tavares, também participou.

Coquetel

O coquetel contou com o serviço de quitutes tipicamente brasileiros, como moqueca de peixe de pirarucu, tapioca, carne seca com abóbora, caldinho de feijão com torresmo, creme de mandioquinha, e doces como quindim, manjar de coco e pudim de leite.

Os delegados ainda puderam ouvir música brasileira, com a cantora Paula Lima e banda, interpretando clássicos do samba e da MPB.