Estrutura apropriada do Sesi-SP traz bons resultados para os esportes

Agência Indusnet Fiesp

Entre as histórias de sucesso na cena esportiva brasileira, algumas chamam a atenção pelas vitórias inesquecíveis, atletas quase insubstituíveis e conquistas significativas nos mais diversos campeonatos. E para alcançar o sucesso, é fundamental ter uma boa estrutura e o apoio das equipes técnica e administrativa, que nem sempre aparecem, mas tem grande e igual participação na busca do objetivo: conquistar títulos.

Instituição comprometida com a educação e com o esporte, o Sesi-SP sabe desta importância e sempre reconheceu a necessidade de investir em diversas modalidades como natação, polo aquático, ginástica, entre outras. Ultimamente, uma destas tem apresentado resultados mais expressivos.

Criado há apenas dois anos para dar continuidade às iniciativas da Fiesp na área de esporte e educação, o time de voleibol masculino profissional do Sesi-SP, liderado pelo bicampeão olímpico Giovane Gávio, já conquistou três títulos: campeão paulista 2009 e bicampeão da Copa São Paulo 2009/2010, além do vice-campeonato paulista em 2010. Mas o que foi preciso para um time obter este sucesso em tão pouco tempo?

O segredo, segundo André Luis Vigneron, gerente da área de Esportes e Lazer do Sesi-SP, foi a estrutura adequada oferecida a atletas e comissão técnica, com ginásio, academia, médicos, psicólogos, fisioterapeutas e equipe de apoio. Tudo isso fez parte da ampliação do Programa Esporte de Rendimento da entidade (lançado em 2009), que além do vôlei contemplou também outras modalidades.

Espelho

Com atletas de alto nível como Murilo, Serginho, Wallace, entre outros, o vitorioso time é referência imediata para os alunos da rede de ensino da entidade da indústria. Um trabalho paralelo intitulado “Grande Sacada do Voleibol” tem como objetivo levar os jogadores do time de vôlei e comissão técnica às escolas do Sesi em todo o estado, para ministrar palestras, conversar com os alunos e ouvir o que eles querem saber.

De acordo com Vigneron, “esta modalidade tem feito um trabalho interessante, pois os bons resultados nas quadras influenciam os estudantes, estimulando-os a praticarem esportes e até, quem sabe, a iniciar uma carreira esportiva”. E emendou ao analisar que “o vôlei é o carro chefe, enorme formador de opinião, para que o aluno tenha incentivo permanente. Entre 120 mil estudantes da rede, isso se propaga de forma interessante”.

O presidente da Fiesp/Sesi-SP, Paulo Skaf, ressaltou que o incentivo do Programa Esporte de Rendimento reforça a orientação pedagógica da rede de ensino da entidade ao aliar desempenho escolar e atividade física. “Para crianças e jovens, o esporte será ótimo não apenas na infância, mas para a vida toda. Eles vivenciam exemplos de superação que jamais serão esquecidos”, concluiu.

Leia mais:

Acompanhe todas as notícias de esporte do Sesi-SP