Senai Bom Retiro oferece suporte ao Projeto Cão-Guia do Sesi-SP

Edgar Marcel, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540204992

Maísa Carvalho e Moisés Abreu, do Senai Bom Retiro: "Participar do projeto é gratificante"

Acessório básico para a condução segura da pessoa com deficiência visual, a coleira deve ser confortável para o cão-guia e prática para o manuseio do usuário. E desde que foi criado o Projeto Cão-Guia do Sesi-SP tem sido uma preocupação da Escola Senai Engenheiro José Marchini, especializada em vestuário, localizada no bairro do Bom Retiro.

Parceira no projeto, a unidade assumiu o compromisso de desenvolver uma coleira aperfeiçoada aos filhotes, atualmente em fase de socialização sob os cuidados das famílias acolhedoras.

“As coleiras comuns de cães-guia são de couro, bem acabadas, mas com o tempo pegam cheiro e umidade. A nova peça vai proporcionar mais comodidade e higiene, além de durabilidade”, assegurou Moisés José de Abreu, instrutor de mecânica da instituição, ao apresentar o protótipo feito de aço inoxidável leve, desenhado por ele.

Na nova coleira, também as tiras que envolvem o peitoral do cão-guia ganharão material especial: o tecido em algodão dará lugar às faixas de polipropileno, que garantirão maior vida útil ao conjunto. E estão incluídas ainda melhorias como a substituição das presilhas parafusadas por encaixes de rosca, para facilitar uma possível troca do componente. A conclusão do novo modelo está prevista para setembro próximo.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540204992

Modelo de coleira que será aperfeiçoado e acessórios produzidos pela unidade

Segundo Abreu, a Escola analisa o desenvolvimento de fitas refletivas para a coleira, produzidas pela 3M (fabricante de adesivos industriais). “Este item é importante porque vai proporcionar segurança à pessoa com deficiência visual e ao cão-guia, ao torná-los mais visíveis nos deslocamentos noturnos”, destacou.

Os profissionais da Escola Senai do Bom Retiro não estão focados apenas nas coleiras. Maísa Alves de Carvalho, instrutora de costura e modelagem, cuidou da confecção das bandanas vermelhas para os cães-guia do projeto do Sesi. “Fizemos também o enforcador, o arreio e a guia personalizada. O próximo passo é a criação de uma cama para os animais”, adiantou a instrutora.

Envolvidos neste trabalho desde a concepção do Projeto Cão-Guia do Sesi-SP, Maísa e Moisés expressam o mesmo sentimento pelo trabalho realizado: “Este é um dos projetos mais gratificantes do qual participamos”.

Leia mais:

Conheça o Projeto Cão-Guia do Sesi-SP