Fiesp e Sesi-SP apresentam finalistas do V Prêmio do Cinema Paulista

O público participante da mostra do V Prêmio Fiesp/Sesi-SP do Cinema Paulista, realizada de 2 a 18 de março, já elegeu os finalistas da premiação, que reuniu 16 longas-metragens paulistas e nove curtas produzidos no ano passado.

Foram avaliadas 12 categorias: melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro, melhor atriz, melhor ator, melhor fotografia, melhor ator coadjuvante, melhor atriz coadjuvante, melhor montagem, melhor trilha sonora, melhor direção de arte e melhor filme de curta-metragem.

A partir de agora, o prêmio está em sua segunda etapa, com a escolha, por um júri oficial, de um dos três melhores colocados de cada categoria. A entrega dos troféus e prêmios em dinheiro, que totalizam R$ 45 mil, ocorrerá no dia 23 de março, às 20h, no Teatro do Sesi – São Paulo.

V Prêmio Fiesp/Sesi-SP do Cinema Paulista é uma iniciativa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), do Serviço Social da Indústria (Sesi-SP) e do Sindicato da Indústria Audiovisual do Estado de São Paulo (Siaesp).

O objetivo é incentivar a produção cinematográfica paulista, divulgar o cinema brasileiro, facilitar o acesso público às produções de filmes nacionais e formar novas platéias.

Finalistas:
Melhor Filme
Ensaio Sobre a Cegueira
– Chega de Saudade
– O Signo da Cidade

Melhor direção
– Fernando Meirelles (Ensaio Sobre a Cegueira)
– Laís Bodanzky (Chega de Saudade)
– José Mojica Marins (Encarnação do Demônio)

Melhor roteiro
– Bruna Lombardi (O Signo da Cidade)
– Dennison Ramalho e José Moijica Marins (Encarnação do Demônio)
– Luiz Bolognesi (Chega de Saudade)

Melhor Atriz
– Cássia Kiss (Chega de Saudade)
– Cléo de Paris (Encarnação do Demônio)
– Rosanne Mulholland (Falsa Loura)

Melhor Ator
– José Mojica Marins (Encarnação do Demônio)
– Mark Rufallo (Ensaio Sobre a Cegueira)
– Leonardo Medeiros (Corpo)

Melhor Atriz Coadjuvante
– Clarisse Abujamra (Chega de Saudade)
– Maíra Chasseroux (Onde Andará Dulce Veiga?)
– Helena Ignez (Encarnação do Demônio)

Melhor Ator Coadjuvante
– Milhem Cortaz (Nossa Vida Não Cabe Num Opala)
– Jece Valadão (Encarnação do Demônio)
– Carmo Dalla Vecchia (Onde Andará Dulce Veiga?)

Melhor Fotografia
– César Charlone, ABC (Ensaio Sobre a Cegueira)
– Walter Carvalho, ABC (Chega de Saudade)
– Adrian Tejido (Onde Andará Dulce Veiga?)

Melhor Montagem
– Daniel Rezende (Ensaio Sobre a Cegueira)
– Guilherme de Almeida Prado (Onde Andará Dulce Veiga?)
– Paulo Sacramento (Chega de Saudade)

Melhor Direção de Arte
– Tule Peake (Ensaio Sobre a Cegueira)
– Cassio Amarante (Encarnação do Demônio)
– Marcos Pedroso (Chega de Saudade)

Melhor Trilha Sonora
– André Abujamra e Marcio Nigro (Encarnação do Demônio)
– BiD (Chega de Saudade)
– Marco Antônio Guimarães e Uakti (Ensaio Sobre a Cegueira)

Melhor Curta
Páginas de Menina
– Dossiê Re Bordosa
– La Dolorosa
– Relicário