INICIATIVAS SUSTENTÁVEIS: VEDACIT – CONECTANDO A CAUSA E O NEGÓCIO

Por Karen Pegorari Silveira

publicado em 06 de março de 2018

Os recursos privados constituem atualmente a principal fonte de financiamento das organizações da sociedade civil no Brasil. De acordo com o Censo GIFE 2016, os recursos dos investidores sociais privados são provenientes principalmente das empresas (46%), sendo 26% de doações de empresas mantenedoras para seus institutos e fundações e 20% de recursos próprios das empresas aplicados em seus projetos de investimento social.

Destinar recursos a ações de impacto socioambiental também é o caso da Vedacit, que investiu 1,6 milhão de reais nos últimos dois anos, beneficiando mais de 118 mil pessoas direta e 376 mil indiretamente. “Sempre acreditamos que o investimento social privado é uma maneira das empresas se engajarem na solução dos problemas sociais do nosso país. Mas faltava uma linha que nos conectava entre o propósito da Vedacit e esta transformação social. Por isso, a criação do Instituto amplia o nosso olhar sobre o nosso papel frente à sociedade”, conta Otto Baumgart, diretor executivo administrativo da Vedacit.

O Instituto Vedacit surgiu para fazer a conexão entre os negócios da empresa e os investimentos sociais. “Mesmo em um momento de crise decidimos criar o Instituto para trazer à tona os desafios do desenvolvimento das cidades e como elaborar soluções que permitam às pessoas se conectar com suas comunidades e transformá-las num lugar melhor para se viver”, afirma Luis Fernando Guggenberger, gerente do Instituto Vedacit.

A causa definida pelo Instituto são as Cidades do Futuro, sob a crença de que elas serão mais sustentáveis se houver uma melhor harmonia e convivência entre os espaços urbanos, as moradias e as pessoas. Por isso, dividiu suas linhas de atuação em: Cidades Criativas – com projetos culturais proporcionando maior ocupação e interação com os espaços públicos, estimulando a reflexão e o protagonismo da população na solução dos problemas locais; Cidades Inteligentes – contribuindo na formação de jovens com alternativas de trabalho e empreendedorismo; e Cidades Sustentáveis – com investimentos em negócios sociais e projetos esportivos que promovam a melhoria da qualidade de vida e do bem-estar.

Outros projetos também são apoiados pelo Instituto, como o Programa Perspective Hub da Unibes Cultural, que incentiva a cultura e promove iniciativas educacionais oferecendo cursos gratuitos de cinema de animação, desenvolvimento de videogame, trilha sonora de cinema e TV e técnicas de escrita literária; o Programa Vivenda e o Moradigna – negócios de impacto social – que oferecem reformas de qualidade com baixo custo em comunidades de baixa renda; a categoria de base feminina (jovens de 13 a 19 anos) do Vôlei Valinhos; o Museu da Pessoa – jovens produzem e compartilham a história dos moradores e de seus bairros; e a Caravana Fotográfica com oficinas de fotografia que discutiram o papel das mulheres no dia a dia das cidades.

Segundo o gerente Guggenberger, “a missão do Instituto é criar condições para que as pessoas sejam empoderadas e tornem-se protagonistas na construção das soluções, enfrentando os desafios socioambientais, estabelecendo formas mais inteligentes, sustentáveis, criativas e humanas para as cidades do futuro”.

Sobre a Vedacit

A Vedacit é uma indústria de produtos químicos para construção do grupo multiempresarial Baumgart, de capital privado, formado por organizações dos setores imobiliário (Center Norte, Lar Center, ExpoCenter Norte e Novotel Center Norte) e agronegócios (Fazendas Reunidas Baumgart e Calcário Rio Verde).