Skaf anuncia investimentos de R$ 60 milhões no Sesi e no Senai de Santos

Djalma Lima, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540321769

Paulo Skaf, presidente da Fiesp/Sesi/Senai-SP, destaca investimentos para as unidades da indústria em Santos

O presidente do Sesi e Senai-SP, Paulo Skaf, anunciou nesta quarta-feira (26) investimento de R$ 60 milhões de reais em Santos, sendo R$ 20 milhões no Senai, para a aquisição de novos equipamentos, reforma estrutural, entre outros, e R$ 40 milhões na ampliação e modernização das instalações do Sesi local. O anúncio foi feito na Câmara Municipal de Santos.

“Temos investido de forma contínua na ampliação, construção e modernização das unidades do Sesi e do Senai em todo o estado de São Paulo. E Santos, em razão de seu desenvolvimento portuário, turístico e, agora, no setor de petróleo e gás, deve duplicar sua capacidade de atendimento, de forma que possamos atender à demanda crescente por mão de obra qualificada”, destacou.

Em encontro no gabinete do presidente da Câmara de Santos, Manoel Constantino, o secretário de Desenvolvimento e Assuntos Estratégicos da Prefeitura Municipal de Santos, Márcio Lara, destacou a parceria entre a administração municipal e o Sesi/Senai em ações de capacitação e educação em regiões mais carentes do município.

“A cidade de Santos possui o programa Santos Novos Tempos, um amplo plano de urbanização de regiões carentes, que contempla a capacitação profissional e a educação de base voltada aos moradores daquelas regiões. Razão pela qual a parceria entre a Prefeitura e o Sesi/Senai deverá ser ampliada”, afirmou Lara.

Em tom de brincadeira, Paulo Skaf sugeriu ao prefeito João Paulo Tavares Papa, presente à câmara pouco antes da solenidade, que dê férias de seis meses Márcio Lara, em razão do enorme desenvolvimento do município de Santos, lembrando que a única coisa que impede os investimentos no Sesi Santos é a regularização do terreno, garantida pelo prefeito de Santos, na oportunidade.

“Os investimentos no Senai já estão sendo feitos, devendo ser concluídos até o final de 2012.  Com relação ao Sesi Santos, assim que estiver regularizada a questão do terreno, autorizo imediatamente os investimentos, com previsão de conclusão das obras de 12 a 18 meses”, finalizou o presidente das entidades.