Confira o que aconteceu no primeiro dia do IVº Seminário Internacional World Bike Tour

Celso Lopes, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540197437

O diretor-secretário Mário Frugiuele (ao centro) representou o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, na abertura do Seminário, que contou com a participação, entre outros, Linamara Battistella, secretária de Estado dos Direitos de Pessoas com Deficiência (à esq.), e do presidente do World Bike Tour, Diamantino Nunes (à dir.)




Com o objetivo de promover atividades que busquem oferecer alternativas à vida sedentária dos paulistanos, aconteceu nesta quarta-feira (19), na sede da Fiesp, a abertura da quarta edição do Seminário Internacional World Bike Tour, que contou com a presença de autoridades dos setores de Saúde, Esporte, Meio Ambiente e Ação Social.

O diretor-secretário Mario Frugiuele abriu o evento representando o presidente da Fiesp, Paulo Skaf. Frugiuele deu as boas-vindas ao público e reforçou a preocupação da Fiesp em receber importantes eventos, como o World Bike Tour, que estimulam o esporte e a qualidade de vida da população. Também confirmou sua vontade em participar do passeio, além de se revelar um fanático por bicicletas.

Mais uma vez, a Fiesp e a Prefeitura Municipal de São Paulo atuam em parceria na realização do World Bike Tour, um dos maiores eventos do mundo de ciclismo, e que será realizado no dia 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo.

Transporte sustentável

André Goldman, da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente e que representou o secretário da pasta, Eduardo Jorge, observou que o evento chama atenção não apenas pela questão do lazer e saúde, mas também ao projetar a bicicleta como uma das principais alternativas de transporte sustentável: “O World Bike Tour promove o uso da bicicleta pela população como um todo. Passo a passo, esta iniciativa ocupa seu espaço na cidade. A bicicleta é um instrumento de transformação”.

Walter Feldman, secretário de Esportes, Lazer e Recreação, destacou em seu pronunciamento que o principal diferencial desta edição do World Bike Tour é a inclusão de deficientes visuais e físicos ao passeio ciclístico: “Permitir que as pessoas em suas diferenças tenham os mesmos direitos é algo admirável da organização”, sublinhou.

O secretário concordou com a observação de Goldman e aproveitou a ocasião para convidar a todos para a inauguração da ampliação de 30 quilômetros da ciclo faixa que interligará os Parques das Bicicletas, do Ibirapuera e do Povo através de uma faixa exclusiva para bicicletas sinalizada nas ruas: “A cidade deve se preocupar cada vez mais com o ciclista”, enfatizou.

Linamara Battistella, secretária de Estado dos Direitos de Pessoas com Deficiência, agradeceu a organização da World Bike Tour pela inclusão social, e chamou atenção para a importância do evento como um novo modelo econômico.

“Sustentabilidade diz respeito às ações que podem significar trazer mais pessoas à frente desse negócio que é o transporte sustentável. Estamos trazendo equipamentos adaptados e permitindo que mais consumidores se apropriem deste negócio absolutamente agradável e importante para a saúde. Cabe às nossas indústrias investirem nesse filão”, ressaltou.

Segundo dia

O IVº Seminário Internacional World Bike tour continua nesta quinta-feira (20). No segundo dia de palestras, Paulo Rogério Quintiliano, especialista em Esportes e Lazer do Sesi-SP, falará sobre o Programa Atleta do Futuro, desenvolvido pela entidade, e que visa promover, entre crianças e adolescentes de 6 a 17 anos, uma vida mais saudável a partir da prática esportiva.

A programação completa do Seminário está disponível no site do evento. A inscrição é gratuita e para participar basta enviar um e-mail para comunicacao_sp@worldbiketour.net e confirmar sua presença.

Serviço
4º Seminário Internacional World Bike Tour – Saúde, Esporte e Ação Social
Data/horário: 19 e 20 de janeiro de 2011, das 14h30 às 19h
Local: Auditório da Fiesp
Endereço: Av. Paulista, 1313, 15º, Capital