Fiesp e USP realizam seminário sobre competitividade industrial chinesa

Katya Manira, Agência Indusnet Fiesp

A competitividade da indústria chinesa tem perdido força devido ao aumento nos custos de trabalho. Esse é um dos resultados do estudo realizado pela Universidade de São Paulo (USP) que será apresentado nesta terça-feira (04/09), na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), durante o seminário “A Competitividade Industrial Chinesa no Século 21”.

A melhora do acesso à informação e a dificuldade de locomoção dos trabalhadores no interior da China foram apontados como alguns dos motivos causadores do aumento no custo de trabalho chinês.

O seminário também irá abordar a conjuntura econômica e as perspectivas do país, tecnologia e inovação de seus setores básicos e o impacto ambiental de seu crescimento.

O ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Moreira Franco, irá discorrer sobre a visão estratégica do Governo Federal para a China.

Confira aqui a programação.