Senai-SP apresenta seus cursos e serviços no ‘Casa Aberta’

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp

Durante dois dias (16 e 17 de outubro), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) promove o evento “Casa Aberta 2014”. O objetivo é apresentar cursos e serviços oferecidos pela instituição em cada uma de suas unidades. E também os conceitos de educação profissional e tecnologia industrial.

Na escola Conde José Vicente de Azevedo, no Ipiranga, participaram do evento alunos e interessados em cursos na área automobilística. Na palestra, o professor de injeção eletrônica e transmissão Paulo Handa contou a história da escola e mostrou os cursos oferecidos na unidade em todos os níveis: técnico, superior e formação continuada.

“O Senai-SP foi criado pela indústria, que tinha a necessidade de formar mão de obra. E, até hoje, tem a missão de formar profissionais com excelência”, explicou.

Em seguida, os participantes visitaram as instalações da escola, desde a biblioteca até as oficinas. Os colegas Allison Stigliano, de 15 anos, e João Pedro da Silva Souza, de 14, integraram o grupo. “Viemos conhecer a escola antes de fazer a prova, para ver onde a gente pode estudar futuramente”, diz Allison, interessado no curso de mecânica.

“Quero fazer o curso de eletrônica”, conta João Pedro, já inscrito para o processo seletivo. “Vim para conhecer o lugar onde, se Deus quiser, vou estudar no ano que vem.”

Na escola do Ipiranga, as pessoas puderam conhecer as oficinas de automobilística. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Pai de dois filhos, um deles ex-aluno de mecânica e outro que estuda elétrica de manutenção no Senai Ipiranga, José Edézio Alves aproveitou a oportunidade para visitar a escola. “O Senai-SP é uma escola que prepara profissionais direto para o mercado de trabalho. É isso que as empresas procuram hoje”, comentou ele, que elogiou a escola. “A estrutura é maravilhosa.”


Eletrônica e mecatrônica

Na área de eletrônica e mecatrônica, a escola Senai Anchieta, na Vila Mariana, realizou uma série de palestras técnicas, com temas como energia eólica e robótica, além de apresentações sobre empregabilidade.

Na quinta-feira (16/10), a orientadora educacional Idamar Carpinelli, do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), falou sobre planejamento de carreira para um auditório lotado. Ela deu atenção especial para o tema de orientação e informação profissional e aplicou o teste de inteligências múltiplas, do cientista Howard Gardner.

“É importante gostar muito do que faz para ser um excelente profissional”, disse ela, que destacou a relevância dos testes para ajudar os jovens a se conhecerem. “Assim é possível avaliar em que habilidades eles precisam desenvolver-se.”

Empregabilidade e carreira foram tema de palestra na escola Senai-SP da Vila Mariana. Foto: Everton Amaro/Fiesp

O aluno de mecatrônica Felipe Buzzola Centrone, de 24 anos, disse ser interessante fazer a autoavaliação. “Conhecia a teoria das inteligências múltiplas, mas nunca tinha feito nenhum teste e achei muito legal me analisar e saber onde eu posso melhorar”, afirmou o estudante, que reconheceu ainda não ter se encontrado profissionalmente.

“Sou formado em educação física, dou aula de ginástica e trabalho como personal, mas não consigo me imaginar fazendo apenas uma coisa na vida. Vim para o Senai-SP em busca de mais conhecimento.”