Depois do melhor resultado da história na WorldSkills, Senai-SP começa preparação para Abu Dabi

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) registrou sua melhor performance em competições da WorldSkills, maior torneio de ensino profissionalizante do mundo.  Nesta segunda-feira (17/8), os campeões da indústria paulista foram recebidos por Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Senai-SP. Após a vitória em casa, os campeões paulistas saem da comemoração para trabalhar nas escolas do Senai-SP como instrutores dos próximos competidores do torneio em Abu Dabi, em 2017.

“Nós temos em novembro a programação do estadual, onde vamos selecionar novamente os melhores do Estado de São Paulo. Vamos treinar estes meninos para o nacional, que será em 2016; vencendo o nacional, mais um ano de preparação para o Abu Dabi. Então é uma maratona atrás da outra, na verdade”, disse José Carlos Dalfré, coordenador da equipe do Senai-SP na edição deste ano da WorldSkills, que terminou neste domingo (16/8) na capital paulista.

Segundo Dalfré, os alunos vencedores devem ser “contratados como trainees do Senai-SP e auxiliarão na nova geração que vem aí”.

Neste domingo, o Senai-SP levou seis medalhas de ouro, quatro de prata, uma de bronze e seis diplomas de excelência, entregues aos competidores que ultrapassam a marca dos 500 pontos no torneio.

“Nunca tivemos um resultado tão significativo como esse. Todos voltaram com premiações. Isso é fantástico”, afirmou Dalfré.

Só alegria

Luis Carlos Sanches Machado Júnior conquistou ouro na ocupação Tecnologia Automotiva. Ele também foi eleito o melhor do Brasil e foi o melhor do mundo (num triplo empate) em pontuação, entre todas as categorias.

“A gente sempre deseja, mas àas vezes não acredita”, disse o competidor sobre a sensação de receber a medalha de ouro na véspera. Ele ainda não definiu o que vai fazer depois do ouro, mas garantiu que o momento agora é “só alegria”.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544578416

A equipe do Senai-SP na WorldSkills São Paulo 2015 com Paulo Skaf. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


Ouça entrevistas com os campeões do Senai-SP

Iracema de Arruda Vilalva não esperava subir ao pódio neste domingo. A competidora levou a medalha de prata na modalidade Panificação.

“Eu não esperava medalha porque é a primeira vez que a panificação participa da WorldSkills. Esperava mais uma troca de experiência”, disse Iracema.

Ela pretende terminar o curso de Tecnólogo em Alimentos, mas não descarta a possibilidade de ser instrutora no Senai-SP.

“Dentro do Senai é uma oportunidade bem interessante”, concluiu.

Campeões do Senai-SP ganham 11 medalhas na Olimpíada da formação profissional

Agência Indusnet Fiesp

Depois de quatro dias de competição acirrada, foram anunciados neste domingo (16/8) os vencedores da WorldSkills São Paulo 2015 – o maior torneio da formação profissional do mundo. Alunos do Senai-SP conquistaram 6 medalhas de ouro, 4 de prata e 1 de bronze. Um dos campeões do Senai-SP, Luis Carlos Sanches Machado Junior (de Bauru), ficou com três prêmios. Levou medalha de ouro em Tecnologia Automotiva, foi escolhido Melhor da Nação, como atleta brasileiro que mais se destacou na competição, e ganhou o prêmio Albert Vidal, pela máxima pontuação no torneio – na prática, é o melhor do mundo entre todas as profissões.

O Brasil ficou em primeiro lugar na WorldSkills São Paulo 2015, com 11 medalhas de ouro, 10 de prata e 6 de bronze e a maior pontuação na soma de todas as categorias. Pela primeira vez o país venceu o torneio. Entre os competidores estavam 19 alunos do Senai-SP, o maior grupo entre os 56 representantes do país na competição. Das 17 categorias em que concorreram, os atletas do Senai-SP trouxeram 11 medalhas. Os 6 sem medalha conseguiram o certificado de excelência, dado a quem atinge no mínimo 500 pontos nas provas.

Na categoria Aplicação de Revestimentos Cerâmicos, a medalha de ouro ficou para Thiago Augusto Blanco da Costa, do Senai-SP de Bauru. Ouro também para Giovanni Kenji Shiroma (Senai-SP em Santo Amaro), em Web Design. Leandro Ericles Frozino Rumaqueli, do Senai-SP em Araraquara, levou ouro em Desenho Mecânico em CAD.

Paulo Skaf cumprimenta Mailson Valério de Oliveira, prata no torneio. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Paulo Skaf cumprimenta Mailson Valério de Oliveira, prata no torneio. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


Ouro também para Felipe Augusto Gutierra (Senai-SP do Brás), em Polimecânica. Daniel de Oliveira Gomes, do Senai-SP de Diadema, foi ouro em Caldeiraria. Em Tecnologia Automotiva, mais uma medalha de ouro, para Luis Carlos Sanches Machado Junior (Senai-SP Bauru).

Luis Carlos Sanches Machado Junior, medalhista de ouro, Melhor da Nação e maior pontuador. Foto: Helcio Nagamine/Fiesp

Luis Carlos Sanches Machado Junior, ouro, Melhor da Nação e melhor do mundo. Foto: Helcio Nagamine/Fiesp


Carlos Eduardo Camargo de Araújo Silva, do Senai-SP em Santo Amaro, ficou com a prata em Design Gráfico. Outra prata ficou para Danilo Rodrigues Oliveira, também do Senai-SP em Santo Amaro, em Cabeamento Estruturado de Redes.

Mailson Valério de Oliveira, do Senai-SP do Brás, ficou com a prata em Engenharia de Moldes para Polímeros. Iracema de Arruda Vilalva, do Senai-SP de Marília, conquistou prata em Panificação.

Bronze em Manufatura Integrada para a equipe do Senai-SP de Pompeia, com Alex Massayuki Yonekubo, Fabiana Bonacina e Guilherme Henrique Attis Campanez

Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Senai-SP, subiu ao palco montado no Ginásio do Ibirapuera para entregar medalhas.

O torneio exige habilidade, velocidade, precisão e capacidade de interpretar projetos e encontrar soluções para sua execução. Os competidores têm menos de 22 anos de idade e disputam medalhas em 50 profissões. Os participantes são desafiados a alcançar índices de excelência durante a execução das tarefas, que são semelhantes às que realizariam no ambiente de trabalho.

Os campeões do Senai-SP na equipe brasileira estudam e treinam em unidades de Araraquara, Bauru, Diadema, Marília, Pompeia, Rio Claro, São Paulo e Votuporanga. Todos passaram por disputas estaduais e pela Olimpíada do Conhecimento, etapa nacional da competição, além de outras seletivas organizadas pelo Senai Nacional.

Competidores do Senai-SP na WorldSkills São Paulo 2015

 Medalha de ouro

Daniel de Oliveira Gomes – Caldeiraria – Diadema-SP

Felipe Augusto Gutierra – Polimecânica – Brás

Giovanni Kenji Shiroma – Web Design – Santo Amaro

Leandro Ericles Frozino Rumaqueli – Desenho Mecânico em CAD – Araraquara-SP

Luis Carlos Sanches Machado Junior – Tecnologia Automotiva – Bauru-SP

Thiago A. Blanco da Costa – Aplicação de Revestimentos Cerâmicos – Bauru-SP

Medalha de prata

Carlos Eduardo Camargo de Araújo Silva – Design Gráfico – Santo Amaro

Danilo Rodrigues Oliveira – Cabeamento Estruturado de Redes – Santo Amaro

Iracema de Arruda Vilalva – Panificação – Marília-SP

Mailson Valério de Oliveira – Engenharia de Moldes para Polímeros – Brás

Medalha de bronze

Alex Massayuki Yonekubo – Manufatura Integrada – Pompeia-SP
Fabiana Bonacina – Manufatura Integrada – Pompeia-SP
Guilherme Henrique Attis Campanez – Manufatura Integrada – Pompeia-SP

Certificado de excelência

Abner Colombati Pereira – Confeitaria – Barra Funda

Diego Soares de Oliveira – Movelaria – Votuporanga-SP

Lucas Pescinelli Luquianhuk – Pintura Automotiva – Bauru-SP

Luiz Felipe de Moraes de Souza – Carpintaria de Telhados – Rio Claro-SP

Matheus de Sousa Arruda – Funilaria Automotiva – Ipiranga

Patrick Herman A. da C. Ens – Soluções empresariais Software – Santo Amaro