Rubens Barbosa alerta que o Brasil pode ficar isolado nas negociações internacionais com as medidas protecionistas

Agência Indusnet Fiesp

O Brasil está perdendo “o bonde”  dos acordos de comércio internacional ao não se inserir nas cadeias produtivas globais. O alerta foi feito pelo presidente do Conselho de Comércio Exterior da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), embaixador Rubens Barbosa, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, publicada nesta sexta-feira (1º/3).

Para Barbosa o alto protecionismo que atrapalha o investimento e não é feito para a produção para exportação é prejudicial a indústria brasileira.

Questionado se não seria contraditório criticar as medidas de proteção à indústria, ele responde: “Não estou criticando, são corretas, mas de curto prazo, não são suficientes. Daqui a 10 ou 15 anos, a indústria brasileira vai estar produzindo só para o mercado interno.”

Para ver a entrevista na íntegra, acesse o site da Folha.