Explorando novos mercados, empresa investe na transformação de óleo vegetal em biodiesel

Bioauto é uma empresa de Diadema que investiu em um novo nicho de mercado. Desde sua fundação, em 2007, vem atuando na área de reciclagem de óleo vegetal, com a finalidade de convertê-lo em biodiesel e, assim, reduzir os impactos ambientais causados pela produção do combustível.

Segundo o diretor da empresa, Daril Sanchez, desde o ano passado, quando participou da II Mostra Ciesp/Fiesp de Responsabilidade Socioambiental, a Bioauto quadruplicou a arrecadação de óleo vegetal: de 30 toneladas, passou a captar 120 toneladas mensais.

“O importante de eventos como a Mostra Fiesp/Ciesp é a credibilidade que dão aos projetos apresentados. Nossa maior dificuldade sempre foi divulgar o serviço que prestamos; a Mostra tornou público esse trabalho, deu visibilidade a ele”, destaca o diretor.

Mesmo com os efeitos da crise, que afetaram o ritmo da produção industrial acarretando numa queda de 30% na geração de óleos vegetais, Sanchez diz que os resultados para o período foram positivos. “Com o reaquecimento econômico, trabalharemos com a expectativa de arrecadação de 2,5 milhões de litros de óleo por mês. E apesar das condições adversas do período de crise, os resultados foram bons”, pondera.

Além da prática ambientalmente responsável, há também uma contrapartida social que se beneficia com o empreendimento. De acordo com Sanchez, existem leis e códigos ambientais que regulam o descarte adequado do óleo vegetal por parte de empresas e estabelecimentos comerciais, exigindo deles modelos e logística específicos.

“Respeitando todas as determinações da lei ambiental, a Bioauto recolhe de bares, restaurantes e indústrias da região de Diadema, o óleo que não será mais aproveitado. Eles não cobram pelo produto e nós não cobramos pela coleta, assim os dois lados se ajudam”, ressalta.

No caso de cooperativas, ONGs e pessoas físicas, a empresa oferece os instrumentos necessários para o recolhimento do óleo vegetal, além de reembolsá-las com os gastos da mão de obra do processo.

Nos dias 25, 26 e 27 de agosto desse ano, a Bioauto participará da terceira edição da Mostra, que discutirá três temas: Nova Economia, Meio Ambiente e Sustentabilidade, divididos em 27 mesas temáticas. “Este ano voltaremos a nos apresentar na Mostra da Fiesp / Ciesp para mostrarmos as vantagens econômicas e ambientais do nosso trabalho e buscarmos novos parceiros”, conclui.

Mais informações no site: www.bioauto.com.br