Na Bienal, Sesi-SP Editora lança o livro ‘1ª Mostra Literária do Sesi-SP’

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp

“O destino de uma criança/É de acreditar e ser feliz/Ser astronauta ou filósofo/Ou montar seus próprios gibis”. Essa é uma das estrofes do poema Profissão, do aluno do Sesi-SP de Santo Anastácio, Heitor Correia Montagnini Santos, uma das produções que faz parte do livro “1ª Mostra Literária do Sesi-SP”, lançado nesta sexta-feira (29/08), na Bienal Internacional do Livro, no Anhembi, em São Paulo.

A obra reúne contos, poesias e ilustrações dos estudantes de três níveis de ensino, finalistas da mostra literária nas três categorias. Os temas dos trabalhos foram definidos pela organização da iniciativa, que quis destacar o cotidiano dos alunos.

A primeira edição da mostra, realizada em 2013, resultou em cerca de mil trabalhos, que correspondem aos primeiros e segundos colocados em cada categoria de todas as escolas Sesi-SP do estado. Destes, foram selecionados pelos analistas técnicos educacionais de arte e de língua portuguesa as 19 produções que compõem o livro.

O livro com textos e ilustrações dos alunos do Sesi-SP: registros do cotidiano. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

O livro com textos e ilustrações dos alunos do Sesi-SP: registros do cotidiano. Foto: Beto Moussalli/Fiesp


A supervisora de bibliotecas de toda a rede Sesi-SP e idealizadora da mostra literária, Enisete Malaquias, explica que o livro reflete o trabalho realizado na rede.

“O Sesi-SP tem um avanço com relação às outras escolas porque coloca em prática o trabalho do bibliotecário escolar. Hoje, há escolas que têm biblioteca, mas não uma biblioteca escolar, que vai além de estar lá para quando o aluno precisar, mas sim acompanha o professor, agregando no processo de ensino e aprendizado.”

Lançamento

Os alunos que mostraram seus trabalhos no livro estiveram no evento de lançamento, no estande da Sesi-SP Editora na Bienal. E agradeceram a oportunidade de participar do projeto.

“Espero que isso incentive outras pessoas a escreverem”, disse Marina Morales Rigueti, de 15 anos, estudante do 9º ano do Sesi-SP de Guararapes, que participou na categoria conto. “Recebi muito incentivo do bibliotecário e da professora, porque eles sabem que eu sempre gostei muito de ler e escrever. Quando recebi o resultado, foi uma emoção indescritível, algo que eu vou levar para a vida toda.”

Em seu discurso, Célio Henrique Garcia Chiquini, de 12 anos, agradeceu a mãe pelas ideias, a professora pelo apoio, a bibliotecária pelo incentivo e o Sesi-SP pela oportunidade de revelar novos escritores.

“Quando fiquei sabendo do concurso, comecei a pensar, mas não nenhuma ideia boa. Depois que eu vi o filme ‘Truque de mestre’, resolvi misturar os temas magia e literatura. E deu certo”, lembra o aluno do Sesi-SP de Garça. “Foi uma emoção muito grande ver meu conto publicado no livro.”

Guernica

Na categoria ilustração, Erivelton da Silva Pereira, de 16 anos, ficou em 1º lugar na sua faixa etária, representando o Sesi-SP de Suzano. “A proposta era fazer a releitura da obra “Guernica”, do Picasso. Minha ideia foi usar a ilustração para falar de obesidade. Fiquei muito feliz ao ver o livro”, conta o jovem, que pretende seguir carreira na área artística e fazer faculdade de design.

“Participei na categoria ilustração, mas gosto de escrever e desenhar”, disse Juliana Monteiro Peixinho, de 15 anos, aluna do 1º ano do ensino médio, do Sesi-SP de Mogi das Cruzes. Tendo como tema os grandes escritores brasileiros, a estudante fez uma caricatura de Ariano Suassuna. “Fiquei triste quando ele morreu, porque meu sonho era conhece-lo.”

Para Juliana, estudar no Sesi-SP foi fundamental para desenvolver o gosto pela leitura e pela escrita. “Ajudou muito, muito, muito. O Sesi-SP dá o maior apoio em todas as áreas, seja na ciência, no esporte ou na literatura.”

No fim do evento, o escritor José Santos, autor do livro “Matintapereira”, conversou com os estudantes sobre a importância da leitura e da biblioteca.

O estande da Sesi-SP Editora na Bienal fica na Rua I, no número 598. O evento segue até este domingo (31/08) no Anhembi.

Para conferir o catálogo completo da editora, só clicar aqui.


Sesi-SP Editora lança box com 4 livros sobre atividade física e treinamentos corporativos

Isabela Barros, Agência Indusnet Fiesp

A tarde desta quinta-feira (28/08) foi de muita atividade no estande da Sesi-SP Editora na Bienal Internacional do Livro, no Anhembi, em São Paulo. Durante o lançamento do box “Sesi-SP Qualidade de Vida”, com quatro volumes temáticos sobre exercícios e treinamentos variados, monitoras do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) convidaram os frequentadores da feira para se mexer um pouco no espaço.

“Adorei a ginástica”, disse a empresária Mary Stella Cardoso, de 37 anos, no local ao lado do filho, Pietro, de seis anos. “Faço pilates e acho ótima a iniciativa do Sesi de estimular a prática o esporte entre os trabalhadores da indústria”.

A dinâmica realizada nesta quinta-feira no estande da Sesi-SP Editora: qualidade de vida. Foto: Isabela Barros/Fiesp

A dinâmica realizada nesta quinta-feira no estande da Sesi-SP Editora: qualidade de vida. Foto: Isabela Barros/Fiesp

O box, vendido por R$ 121,90, vem com quatro livros, todos voltados para os empreendedores interessados em estimular a qualidade de vida e a qualificação de seus funcionários: “Treinamento sob Medida”, “Assessoria para ADC”, “Treinamento Corporativo” e “Ginástica na Empresa”.

Em “Treinamento sob Medida”, são oferecidas orientações para a prática de atividades físicas com o objetivo de combater doenças e melhorar o clima organizacional nas empresas. As dicas envolvem até a organização de passeios de mountain bike e corrida em grupo.

Já “Assessoria para ADC” tem como objetivo apoiar a gestão das Associações Desportistas Classistas (ADCs), destacando pontos como localização e organização dos ambientes, por exemplo.

“Treinamento Corporativo” traz sugestões de como trabalhar pontos como motivação, liderança e cooperação a partir de práticas e dinâmicas variadas.

Por fim, “Ginástica na Empresa” volta ao tema do esporte com ênfase em pontos como ginástica laboral, ergonomia e qualidade de vida.

O box Sesi-SP Qualidade de Vida, lançado nesta quinta-feira (28/08) na Bienal. Foto: Isabela Barros/Fiesp

O box Sesi-SP Qualidade de Vida, lançado nesta quinta-feira (28/08) na Bienal. Foto: Isabela Barros/Fiesp


O estande da Sesi-SP Editora na Bienal fica na Rua I, no número 598. O evento segue até este domingo (31/08) no Anhembi.

Para conferir o catálogo completo da editora, só clicar aqui.

Sesi-SP oferece palestra sobre nutrição infanto-juvenil na Bienal Internacional do Livro

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

O estande da Senai-SP Editora na Bienal Internacional do Livro foi “invadido” por crianças na tarde desta terça-feira (26/08). A razão foi a palestra da nutricionista do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) Sandra Ferreira, que deu dicas para crianças se alimentarem de forma saudável e gostosa.

Durante sua apresentação, Sandra ressaltou a importância de uma alimentação balanceada e nutritiva. “É importante a criança ter disciplina na hora de se alimentar”, disse.

Sandra distribuiu réplicas de comidas feitas de resina, imitando alimentos de verdade, e desafiou as crianças presentes a montarem pratos nutritivos. Além disso falou sobre as diferenças entre comidas light e diet e sugeriu combinações alimentares.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540119811

Sandra: importância da disciplina na hora de se alimentar. Foto: Guilherme Abati


Todas as dicas, e muitas outras, podem ser encontradas nos guias de alimentação infanto-juvenis “Missão Possível 1“, com sugestões de cafés da manhã, e o “Missão Possível 2“, que recomenda pratos principais, guarnições e saladas.

Os livros, publicados pela Sesi-SP Editora, custam R$ 18 e estão à venda durante a Bienal, que termina no próximo domingo (31/08).

 >> Conheça a Sesi-SP Editora 

‘Moda sustentável’ é tema de palestra do Sesi-SP na Bienal Internacional do Livro

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540119811

Publicação tem 404 páginas e pode ser encontrada no site da Sesi-SP Editora.

Interessados em moda e design acompanharam na tarde desta segunda-feira (25/08) uma palestra sobre o assunto no estande da Sesi-SP Editora, editora do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) na Bienal do Internacional do Livro de São Paulo, que acontece até domingo (31/08) no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

Liderada por Márcia Ferreira Nogueira, analista de projeto de Responsabilidade Social do Sesi-SP, a equipe responsável pela publicação “Método Sesi-SP de modelagem plana e técnicas de costura”, explicou conceitos que fazem da chamada Moda Sob Medida uma “tendência mundial”.

Segundo Márcia, a Moda Sob Medida, vertente do slow fashion, é o resgate do antigo conceito: a moda feita sob encomenda¸ encomendada a uma costureira. “É o resgate de uma tradição antiga, um jeito sustentável de se produzir e consumir moda, como nossas avós faziam”.

Márcia também falou sobre o que o leitor irá encontrar no livro “Método Sesi-SP de modelagem plana e técnicas de costura explicou conceitos”, lançado durante a Bienal.

“O livro é um facilitador, uma ferramenta importante para quem quer começar a fazer roupas sob medida”, contou Márcia. “A publicação dá dicas sobre como utilizar ferramentas, escolher as melhores máquinas, os melhores tecidos. ”

A palestra aconteceu no estande da Senai-SP Editora na feira. O livro está à venda no estande da Senai-SP Editora na feira, por R$ 45.

>> Conheça a Sesi-SP Editora  

Editora Senai-SP lança seis livros da série Engenharia Formação profissional e faz debate sobre 70 anos da entidade

Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

Os 70 anos de atividades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP) são tema de debate na 22ª Bienal Internacional do Livro, nesta sexta-feira (10/8), a partir das 19h. O encontro será realizado no estande da recém-criada editora da instituição, com a presença de empresários e docentes que fazem parte da evolução educacional e tecnológica da entidade. Logo após o debate, às 20h, serão lançados seis livros da Série Engenharia de Formação Profissional.

A criação de cursos de formação profissional e serviços técnicos e tecnológicos sintonizados com as demandas dos setores produtivos justificam a longevidade e credibilidade do Senai em todo o país.

Para ampliar a sinergia com os setores produtivos que atende, a entidade da indústria criou sua própria editora, que levará conhecimento e conteúdo técnico e tecnológico para a sociedade.

Nessa linha, serão lançados seis livros da Série Engenharia de Formação Profissional, que aborda temas como o sistema de avaliação e aprendizado do Senai-SP, método pedagógico do ensino profissionalizante, inclusão de profissionais com limitações físicas no mercado de trabalho, desenvolvimento humano e os personagens e a metodologia que marcaram a solidificação do ensino profissional no país.

Para conhecer o catálogo completo das publicações do Senai, clique aqui.

Credibilidade para legião de gerações

Criado em janeiro de 1942, o Senai é considerado referência de excelência na formação profissional para a indústria, sendo responsável por capacitar mais de 55 milhões de pessoas em todo o país.

Dentre a legião de alunos que passaram pelas oficinas e laboratórios da entidade estão o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, formado em São Paulo pela Escola Senai Roberto Simonsen, a primeira unidade da entidade no país, construída no bairro do Brás; Marcos Pontes, o primeiro astronauta brasileiro; e o tricampeão de Fórmula 1, Nelson Piquet.

Nacionalmente, o Senai é responsável por 809 unidades operacionais, sendo 471 fixas e 338 móveis. Somente o estado de São Paulo é detentor de rede com 165 escolas.

Segundo Walter Vicioni, diretor regional do Senai-SP e superintendente do Sesi-SP, poucas instituições nasceram para durar. “Só chegamos aos 70 anos porque fomos portadores de uma boa obra e nossos dirigentes tiveram visão de futuro.”

Confira a programação

Mesa de debates:

Composição: José Juarez Guerra, diretor da Finder Componentes Ltda;  Ricardo Olivati, coordenador de Treinamento em Serviços e Vendas da Ford Motor Company Brazil; Aline Vali, produtora gráfica da Editora Cosac Naify. Mediação: Osvaldo Luiz Padovan, diretor da Escola Senai Suíço-Brasileira Paulo E. Tolle.

Lançamentos da Série Engenharia de Formação Profissional:

– Peare – Autora: Léa Depresbiteris – Tema: planejamento e avaliação pedagógica nas escolas do Senai-SP

– Provei – Autora: Célia Maria Vasques Miraldo – Tema: sistema de avaliação de aprendizado criado e utilizado pelo Senai-SP

– SMO – Autoria: vários, com organização do Senai-SP – Tema: método pedagógico desenvolvido no Senai

– Além da Teoria – Autoria: vários, com organização do Senai – Tema: desenvolvimento humano como meta educacional, utilizado no ensino de ciências aplicadas nas escolas da entidade

– Caminhos da Inclusão – Autora: Marta Gil – O papel do Senai na inclusão de profissionais com limitações físicas na indústria

– De Homens e Máquinas – Autor: Senai-SP – Tema: resgate da história e dos personagens que marcaram a trajetória da entidade.