Bachiana Filarmônica Sesi-SP faz concerto na Catedral da Sé para comemorar aniversário de São Paulo

Raisa Scandovieri e Emanuel Galdino da Costa, Agência Indusnet Fiesp

Para comemorar os 462 anos da cidade de São Paulo, em 25 de janeiro, o Sesi-SP presenteará no mesmo dia a capital paulista com uma apresentação especial gratuita da orquestra Bachiana Filarmônica Sesi-SP, sob regência do maestro João Carlos Martins. O concerto será realizado na Catedral da Sé, símbolo histórico localizado no marco zero da cidade.

A apresentação será às 10h30, após missa solene celebrada pelo arcebispo Dom Odilo Scherer. A catedral, que comporta 900 pessoas, estará de portas abertas para receber a comunidade interessada em festejar a importante data e prestigiar o trabalho de um dos principais expoentes da música erudita no Brasil. Não será necessário realizar reservas ou retirar ingressos no local.

No repertório da Bachiana estarão composições clássicas de Beethoven, Bach e Mozart, além de sua versão de Trem das Onze, canção de Adoniran Barbosa que se tornou hino da maior metrópole do Brasil, como forma de homenagear a cidade de São Paulo.

 

O maestro João Carlos Martins à frente da Bachiana Filarmônica Sesi-SP. Foto: Fernando Mucci/Platinum - divulgação

 

Sobre a Bachiana Filarmônica Sesi-SP

Uma das maiores orquestras de iniciativa privada no Brasil, mantida pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-SP) desde 2010, tem como missão a educação musical e a inclusão cultural por meio da difusão da música erudita para todos os públicos, sob a direção artística e regência de João Carlos Martins.

Reconhecido internacionalmente, o maestro representa relevante apoio à música erudita e ao desenvolvimento dos integrantes da orquestra, contribuindo para a formação de talentos e abrindo múltiplas oportunidades profissionais ao integrar jovens músicos a experientes instrumentistas de diversas idades.

O termo Bachiana remete à riqueza musical do Brasil, em homenagem ao imortal maestro e compositor Heitor Villa-Lobos, autor das célebres Bachianas Brasileiras, e a Johann Sebastian Bach. A parceria com o Sesi-SP democratiza o acesso à música erudita com alta qualidade técnica e artística, levando a orquestra às periferias das grandes cidades e do interior.

João Carlos Martins

Considerado um dos maiores intérpretes de Johann Sebastian Bach, o maestro João Carlos Martins atingiu um patamar raramente alcançado por outros músicos brasileiros no século XX. Um dos pontos altos de sua carreira foi a gravação da obra completa para teclado deste gênio da música. Logo após, devido a problemas físicos, teve que abandonar a carreira de pianista, canalizando sua paixão pela música para a regência. Após mais de 60 anos de carreira, ainda hoje emociona o público quando volta ao piano em participações especiais.

 

Serviço:

Concerto especial da Bachiana Filarmônica Sesi-SP pelo aniversário da cidade de São Paulo – regência do maestro João Carlos Martins

Local: Catedral Metropolitana de São Paulo

Endereço: Praça da Sé, s/n – Centro

Data e horário: 25 de janeiro de 2016 (segunda), às 10h30

Capacidade: 900 lugares

Informações: (11) 3107-6832 / 7244

Duração: 75 minutos

Classificação indicativa: livre

Entrada gratuita.

Foto: Bachiana Filarmônica Sesi-SP no Fiesp na Paulista Aberta

Agência Indusnet Fiesp

A atração deste domingo (20/12) no projeto Fiesp na Paulista Aberta foi a apresentação da orquestra Bachiana Filarmônica Sesi-SP, regida pelo maestro João Carlos Martins. A programação especial de Natal fez parte da edição mais recente do projeto, da Fiesp e do Sesi-SP, em frente ao prédio das entidades, na avenida Paulista.

O presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf, com o regente da orquestra Bachiana Filarmônica Sesi-SP, João Carlos Martins. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Mogi Mirim recebe Sistema Sesi-SP de ensino

Alice Assunção e Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

Durante visita nesta sexta-feira (6/3) a um centro de formação profissional em Mogi Mirim, interior de São Paulo, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), Paulo Skaf, assinou um convênio com a prefeitura para implantação do Sistema Sesi-SP de Ensino no município.

O sistema abrangerá 18 escolas municipais de Mogi Mirim, totalizando 5.852 alunos. Com o convênio, a cidade receberá a metodologia pedagógica e educacional do Sesi-SP.

Antes, em entrevista à rádio Transamérica de Mogi Mirim, Paulo Skaf ressaltou que, além do material didático, a entidade treina os professores e acompanha a qualidade de ensino. “Nós passamos parte daquele conhecimento para as escolas. Já fizemos isso com 25 municípios do estado de São Paulo. São mais de 500 escolas e 128 mil alunos que estudam com a metodologia, com o Sistema Sesi-SP de Ensino, sem serem alunos do Sesi-SP. Então, isso é uma forma de nós ajudarmos a qualidade da educação”.

Durante a assinatura do convênio, o presidente da instituição ressaltou a necessidade de se investir em educação. “Não tem patrimônio mais importante do que o conhecimento. A verdadeira riqueza do ser humano é conhecer, porque isso pode ser usado em qualquer parte do mundo. É lamentável que em um país cujo o PIB é de quase R$ 3 trilhões a escola pública não tenha qualidade”.

Para o jovem prefeito de Mogi Miri, Luiz Gustavo Antunes Stupp, a ação é um marco para as futuras gerações. “Estamos plantando uma semente que vai dar retorno daqui 20, 30 anos. Nós, prefeitos, temos a missão de deixar legados para as futuras gerações. Por isso, investimos na educação”.

Paulo Skaf aproveitou a visita à Mogi Mirim para conhecer o Centro de Educação e Integração Social Benjamin Quintino da Silva, que possui um convênio com o Senai-SP de Mogi Guaçu, e oferece cursos na área de Gestão. Só em 2015, a previsão é de 158 matrículas na unidade. Cerca de 300 alunos participaram do encontro.

“A indústria acredita que a sociedade e o país só se modificam com educação de qualidade. Por isso, aqui em São Paulo valorizamos muito isso. Temos mais de 500 mil alunos matriculados no Sesi-SP e mais de 1 milhão de matrículas no Senai-SP. E agora, como presidente do Sebrae-SP, realizamos mais de 500 mil atendimentos”, concluiu Skaf.

Ainda no município, foram renovados convênios do Programa Atleta do Futuro (PAF), do Sesi-SP, que promove a formação esportiva de crianças e jovens, com cinco cidades da região de Campinas. Mogi Mirim assinou um protocolo de intenção e o município de Águas da Prata aderiu ao PAF.

“Valorizamos muito o esporte. Nossa expectativa é inserir 50 atletas do Sesi-SP defendendo a bandeira do Brasil na próxima Olimpíada, em 2016, no Rio de Janeiro”, disse Skaf.

Criado para estimular a prática esportiva e a cidadania, o Programa Atleta do Futuro está presente em 283 municípios de São Paulo e contempla 107.867 participantes entre 6 e 17 anos.

Nos cinco municípios que ratificaram a parceria – Aguaí, Casa Branca, Itobi, Itapira e Mogi Guaçu – os convênios atenderão 2.725 alunos que praticarão as modalidades de badminton, basquete, dama, xadrez, futebol, futsal, futebol society, ginástica artística, handebol, judô, karatê, natação, tênis de mesa e vôlei.

Limeira

Mais tarde, Paulo Skaf participou de uma reunião técnica com empresários no Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) em Limeira.

No encontro, o presidente da instituição falou sobre as preocupações enfrentadas pelo empresariado paulista. “Os empresários estão muito preocupados em função da escassez da água, da queda de energia, da corrupção da Petrobrás, agravada pela queda do preço do petróleo, e todos esses fatores causam um clima extremamente preocupante”.

Ele ainda disse que, como representante da indústria, não vai aceitar em hipótese alguma o aumento de impostos. “Se o governo quer fazer ajuste fiscal, que faça cortando gastos e não aumentando impostos”, completou.

Em seguida, a pedido do 2º vice-presidente da Fiesp, João Guilherme Sabino Ometto, Paulo Skaf visitou a área do engenho, que será doada ao Sesi-SP. Será realizado um estudo para construir um espaço de educação e cultura no terreno de 133.709 m², localizado na Rodovia Dr. João Mendes da Silva Júnior, em Limeira.

Agenda

Skaf participa ainda na noite desta sexta-feira da inauguração do Teatro Prefeito Virgínio Ometto, em Iracemápolis. Na ocasião, a Bachiana Filarmônica Sesi-SP fará uma apresentação especial, com regência do maestro João Carlos Martins.

Em Tambaú, Paulo Skaf anuncia novos cursos do Senai-SP e nova escola do Sesi-SP

Djalma Lima, Agência Indusnet Fiesp

Cumprindo agenda em Tambaú, no interior de São Paulo, o presidente do sistema da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, fez na manhã deste domingo (17/06) dois importantes anúncios para o município: a criação de cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem da Indústria de São Paulo (Senai-SP), em parceria com uma instituição local, e a abertura de uma escola do Serviço Social da Indústria (Sesi-SP).

Os cursos do Senai-SP serão abertos ainda no segundo semestre deste ano na Associação de Proteção à Maternidade, Infantil e a Família de Tambaú (APMIT). São cursos de Metal Mecânica e de Construção – este último vai ajudar a suprir o déficit local de mão de obra neste segmento.

“Não é necessário que o Senai tenha uma unidade na cidade. Os cursos podem ser oferecidos em espaços como este”, explicou o presidente, em visita à APMIT.

Outra novidade é a criação de uma unidade do Sesi em Tambaú. “Também no segundo semestre deste ano vamos inaugurar uma nova escola do Sesi, que vai oferecer ensino em tempo integral para os alunos do ensino fundamental”, completou Skaf.

Homenagem à memória do padre Donizetti

Paulo Skaf: "Emoção e fé na homenagem ao padre Donizetti"

Na agenda em Tambaú, município a aproximadamente 250kms da capital, Skaf participou da 36ª Marcha da Fé em homenagem à memória de padre Donizetti Tavares Lima, falecido em 16 de junho de 1961 e até hoje reverenciado por fiéis de todo o país.

“Para mim é um momento de muita emoção estar aqui nessa manifestação de fé que vimos aqui em homenagem ao padre Donizetti”, disse Paulo Skaf.

A 36ª Marcha da Fé começou no santuário Nossa Senhora Aparecida e prosseguiu até o cemitério de Tambaú, onde o bispo Dom David Dias Pimentel celebrou a missa em memória de padre Donizetti, reconhecido pela igreja católica como Servo de Deus.

Uma das atrações desta edição foi a apresentação da orquestra Bachiana Sesi-SP. O regente, maestro João Carlos Martins, abriu o concerto com “Jesus Alegria dos Homens”, uma das obras mais conhecidas do compositor Johann Sebastian Bach.

O maestro João Carlos Martins aproveitou a ocasião para agradecer ao presidente Paulo Skaf pela adoção da orquestra.

Sesi inaugura em Ribeirão Preto seu 22º teatro; 23 programações em agosto e setembro

Alice Assunção e Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

O presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf, inaugurou na noite desta sexta-feira (26) o 22º teatro da rede Sesi, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

“Este teatro representa o esforço da indústria paulista em ampliar as oportunidades de acesso na área de cultura. Porque acreditamos que as pessoas devem ter oportunidades iguais para crescer”, afirmou Skaf em discurso de abertura.

A indústria investiu R$ 6 milhões na casa, sendo R$ 4,5 milhões em obras e R$ 1,5 milhão em equipamentos de som, imagem e iluminação. O Teatro do Sesi – Ribeirão Preto tem capacidade para 380 lugares e, até o final do mês de setembro, oferecerá 23 atrações gratuitas.

“Este é o segundo teatro que o Sesi inaugura em duas semanas. A valorização da cultura foi crescente na gestão de Paulo Skaf, que expandiu em 50% o número de salas de espetáculos nos últimos seis anos”, disse Walter Vicioni, superintendente operacional do Sesi-SP.

Maestro João Carlos Martins e Bachiana Sesi-SP após apresentação

 

A casa foi inaugurada com concerto da orquestra Bachiana Sesi-SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins. O repertório destaca obras dos compositores Johann Sebastian Bach, Heitor Villa-Lobos e Guerra Peixe. Ao final, para relembrar seu tempo como concertista, o maestro assumirá o piano e homenageará o argentino Astor Piazzolla e o grande compositor italiano Ennio Morricone.

O vice-prefeito Marinho Sampaio representou a prefeita de Ribeirão Preto, Darcy Vera. “Está casa é a mais uma importante realização do SESI em nosso município.”

Programação

São destaques da programação os artistas e grupos: Kiko Zambianchi, Angela Ro Ro, Irmandade do Blues, Tobias Vai-Vai e Anelis. Também integram as atividades especiais do mês as montagens Adoniran, do Ballet Stagium, Baobá, da Cisne Negro Companhia de Dança, e o concerto internacional Orchestre de Cambre de Toulouse, da França.

Ainda estão agendados outros três eventos literários com autores nacionais, um bate-papo promovendo a interação entre escritor e leitores e três exposições visuais: UrbanosSoma, Cidades Portuguesas e São Paulo Multicultural, que ficarão expostas no foyer do teatro.

Leia mais:

Saiba mais sobre as inaugurações do Sesi-SP

‘Feliz da vida’, Vai-Vai celebra na avenida conquista do Carnaval paulistano

Texto: Edgar Marcel. Entrevista: Viviane Sousa, Agência Indusnet Fiesp

De volta ao Anhembi e com o título de campeã, a Vai-Vai repetiu na madrugada de sábado (12) o espetáculo musical em forma de samba-enredo, “orquestrado” pelo maestro João Carlos Martins.

João Carlos Martins, no desfile da Vai-Vai

 

Sem a pressão de realizar um desfile tecnicamente perfeito, a comunidade do Bixiga comemorou a vitória ao encerrar, quase ao amanhecer, a celebração das escolas de samba vencedoras.

“Ver todo mundo cantando o samba que descreve a sua vida foi uma emoção única”, expressou João Carlos Martins ao encerrar a maior festa do Carnaval de São Paulo.

O maestro revelou ainda que a bateria de Vai-Vai estará no Lincoln Center, em Nova Iorque, junto com a Bachiana Filarmônica Sesi-SP, da qual é regente, para uma apresentação especial no dia 25 de setembro. “Vamos até lá mostrar a cara do Brasil”, antecipou.

Veja o vídeo com alguns momentos do desfile e a entrevista de João Carlos Martins:

Fiesp comemora vitória da Vai-Vai

Dulce Moraes, Agência Indusnet Fiesp

A Música Venceu foi o samba enredo da grande campeã do carnaval paulistano, a tradicional Vai-Vai, que levou ao sambódromo do Anhembi a história do ex-pianista, e atual regente da orquestra Bachiana Sesi-SP, João Carlos Martins.

O maestro João Carlos Martins, durante desfile da Vai-Vai em São Paulo

 

O grande espetáculo contou com o apoio da Fiesp, que patrocinou um dos carros alegóricos da escola. O presidente da federação, Paulo Skaf, é um dos entusiastas do importante trabalho realizado pelo maestro.

Desde 2010, a entidade paulista, por meio do Sesi-SP, tornou-se parceira da orquestra de Martins, dando início a Bachiana Sesi-SP, que além de formar jovens músicos apresenta concertos em várias regiões do País e até em exibições internacionais.

Ao entrar na avenida, na manhã do sábado (5), a Vai-Vai emocionou a todos, com muita beleza, ritmo e um contagiante enredo que descreve a trajetória do maestro que, apesar de perder o movimento das mãos, ainda leva a música como esperança a todos.

E para mostrar que, realmente, a Música Venceu, a bateria da escola de samba foi regida pelo próprio João Carlos Martins, o grande e, merecidamente, homenageado.