Artigo: Sustentabilidade e Diversidade andam lado a lado na Avon

Foto: Adri Felden/Argosfoto

Os artigos assinados não necessariamente expressam a visão das entidades da indústria (Fiesp/Ciesp/Sesi/Senai). As opiniões expressas no texto são de inteira responsabilidade do autor

————————————————————————————————————————————————————————

*Por Ana Costa

Mais de um século antes de o mundo iniciar o importante debate sobre equidade de gênero e raça, a Avon – que completa 60 anos no Brasil e 132 globalmente – se consolidava como pioneira no empoderamento feminino, ao fomentar o empreendedorismo entre as mulheres que, à época, nem podiam votar. Por meio da revenda de nossos produtos, milhões de mulheres em todo o mundo vêm alcançando autonomia social e econômica, tornando-se protagonistas de suas histórias. Não por acaso, a Avon é mundialmente conhecida como a “Companhia da Mulher”.

“Quando uma mulher apoia outra, coisas incríveis acontecem.” Essa frase criada pela Avon e que sintetiza a nossa missão, reflete em todas as nossas ações e relações com parceiros internos e externos e é o que nos motiva a continuar trabalhando pelo social, por equidade de gênero e, em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs), para não deixar ninguém para trás.

“Esse viés inclusivo, que – além das mulheres – se estende aos demais grupos minorizados da sociedade, está enraizado em nossa cultura enquanto corporação, sendo parte fundamental da nossa estratégia de sustentabilidade com os mais diversos públicos. Para a Avon, Diversidade e Sustentabilidade andam lado a lado.”, diz Ana Costa, Vice Presidente Jurídica e de Relações Governamentais e Líder da Rede pela Diversidade da Avon.

Além de ações integradas e iniciativas inovadoras para reduzir o impacto ambiental da atividade da Companhia, a Avon complementa a sua estratégia de sustentabilidade com o propósito de contribuir para o empoderamento das mulheres que, através da sua independência financeira, da autoestima, do combate ao câncer de mama e do enfrentamento à violência, fortalecem o papel da mulher como protagonista de uma sociedade que exige transformações sociais e que não pode deixar ninguém para trás.

O ato de democratizar a beleza está intimamente ligado à ideia de oferecer oportunidades iguais, de forma justa e responsável, a todos, revendedoras e consumidores. A equidade de gênero e o protagonismo feminino estão enraizados na nossa cultura, nos valores e na essência do negócio. Para dar suporte à essa estratégia, criou-se em 2015, a Rede pela Diversidade, formada por funcionários voluntários que se dedicam para promover a cultura da diversidade dentro e fora da Companhia.

Em linha com o ODS 5 – Alcançar a igualdade de gênero e empoderar mulheres e meninas e com o ODS 10 – Redução das desigualdades, a Rede pela Diversidade assumiu o compromisso de promover práticas e vivências de inclusão de forma a quebrar barreiras e garantir o acolhimento a grupos minorizados, em todos os pontos de contato dos brasileiros com a marca. Como resultado, a Rede pela Diversidade realizou, em 2017, dezenas de ações de sensibilização, informação e troca de experiências e discussões sobre o tema, garantindo engajamento de 100% dos funcionários da Companhia. Parte do resultado das ações de engajamento está registrado no Manifesto da Rede pela Diversidade que, valorizando a diversidade dos próprios funcionários, sintetizou em um vídeo de 2 minutos qual é a cara da Avon.

Para colocar em prática a estratégia de sustentabilidade, o Instituto Avon também tem papel preponderante. É uma das entidades mais atuantes do país em duas causas que dialogam diretamente com a equidade de gênero – o combate ao câncer de mama e o enfrentamento à violência contra a mulher. Através de suas iniciativas, o Instituto AVON contribui diretamente com o ODS 5 – Equidade de Gênero, ODS 3- Saúde e bem-estar e ODS 16 – Paz, Justiça e Instituições eficazes. Ao longo dos 15 anos de existência, já investiu, para as duas causas, mais de R$ 90 milhões em 257 projetos em todo o Brasil, atingindo mais de 5 milhões de mulheres. E, além disso, conta com uma rede de mais de 1,5 milhão de revendedoras Avon, porta-vozes e multiplicadoras das causas da mulher.

Externamente, a Avon caminha ao lado de diversas entidades e movimentos para a promoção das ações de equidade de gênero e raça, mobilizando, inclusive, sua cadeia de fornecedores. A Avon orgulha-se em ser signatária global e local dos WEPs – Princípios de Empoderamento da Mulher da ONU Mulheres e integrar o Comitê Nacional responsável por impulsionar o movimento HeForShe/ElesPorElas no Brasil, reforçando o compromisso em envolver o homem na discussão e na ação em prol da equidade de gênero.

O resultado das ações e o engajamento de funcionários, revendedoras e parceiros tem mostrado que a Rede pela Diversidade é uma importante iniciativa para provocar transformação social e honrar o legado da Avon no empoderamento das mulheres e de outros grupos minorizados. Essa é a essência da Sustentabilidade para Avon e reforça o compromisso da marca em não deixar ninguém para trás, contribuindo para alcançarmos um desenvolvimento social, ambiental e econômico duradouro.

* Ana Costa é vice-presidente Jurídica e de Relações Governamentais da Avon

13º PRÊMIO DE CONSERVAÇÃO E REÚSO DE ÁGUA – MENÇÕES HONROSAS

O Prêmio Fiesp/Ciesp de Conservação e Reúso de Água objetiva conhecer, difundir e homenagear, anualmente, empresas que utilizam boas práticas na promoção do uso eficiente de água, com medidas efetivas na redução do consumo e do desperdício de água, gerando benefícios ambientais, econômicos e sociais e aumentando a competitividade do setor, bem como dar ampla publicidade às ações realizadas pela indústria paulista na construção do desenvolvimento sustentável.

Clique nos links abaixo para ver os projetos das empresas ganhadoras das Menções Honrosas.

Categoria de pequeno porte

  • Eco Panplas Indústria e Comércio de Plásticos

Projeto: Uma solução sustentável para a reciclagem das embalagens plásticas contaminadas com óleo

  • Planeta Ecco Produtos Químicos

Projeto: Redução no consumo de água em lavanderias através da implantação de sistema de reúso de baixo custo

 

Categoria de médio/grande porte

  • Avon Industrial

Projeto: Renovare Aqua

  • Companhia Brasileira de Alumínio

Projeto: Progressos no tratamento de água industrial e no uso de água no processo produtivo do alumínio para redução da captação de água nova

  • General Motors do Brasil

Projeto: Conservação e Reúso de Água

  • Raízen Energia

Projeto:Reúso de Águas na Raízen traz mais Energia

 

Conheça também os projetos vencedores da 13º edição do Prêmio Água!

Clique Aqui

Iniciativas Sustentáveis: Avon – Empoderando Mulheres

Por Karen Pegorari Silveira

Segundo os ‘Princípios de Empoderamento das Mulheres da ONU’, iniciativa promovida pela ONU Mulheres e pelo Pacto Global, o setor empresarial precisa estabelecer liderança corporativa sensível à igualdade de gênero, no mais alto nível; tratar todas as mulheres e homens de forma justa no trabalho, respeitando e apoiando os direitos humanos e a não discriminação; garantir a saúde, a segurança e o bem-estar de todas as mulheres e homens que trabalham na empresa; e promover educação, capacitação e desenvolvimento profissional para as mulheres, além de muitos outros pontos.

Apesar de estes princípios serem colocados em pauta há pouco tempo, muitas empresas já vêm fazendo sua parte há anos, como é o caso da companhia de cosméticos Avon, que há 35 anos conta com um berçário dentro da sua unidade para incentivar a maior convivência entre mãe e filho, o aleitamento materno e a tranquilidade das profissionais da empresa.

De acordo com Alessandra Ginante, vice-presidente de Recursos Humanos da Avon Brasil, é necessária a criação de mecanismos que permitam que tanto a mulher como o homem tenham tempo para se dedicar à criação dos filhos. “Ainda estamos presos na ideia de que os homens são apenas trabalhadores, e não cuidadores. O homem tem de participar ativamente dos avanços nos direitos das mulheres. E as empresas possuem um papel fundamental para mudar esta cultura e tornar a equidade de gênero uma realidade”, reitera a executiva.

Para o stakeholder interno (seus colaboradores) há ainda muitas outras ações que atestam o posicionamento da empresa com relação ao tema: concedem licença-maternidade de 6 meses e licença-paternidade de 20 dias; oferecem programa de apoio às gestantes e ações que garantem o conforto da profissional que retorna da licença maternidade; home office um dia por semana; flexibilização de até uma hora no horário de entrada e saída do trabalho; espaço com ginecologista, de massagens, terapias de relaxamento e maquiagem gratuita.

Há também uma vice-presidência global que realiza auditorias para assegurar a igualdade salarial para profissionais que estejam no mesmo estágio da carreira dentro da empresa e avaliação trimestral do equilíbrio de gênero e raça em todo o quadro de pessoal e a equidade de remuneração;  grupo de discussão entre colaboradores – homens e mulheres – para debater o tema e implantar ações internas de educação e conscientização.

Para o stakeholder externo (revendedoras, clientes e comunidade do entorno por exemplo) a empresa também criou ações de apoio em situações de violência e de empoderamento para as mulheres que desejam crescer profissionalmente, como: projetos contra o câncer de mama e à violência doméstica; divulgação de canais como Linha 180 – serviço do governo federal que atende mulheres vítimas de violência; campanha de disseminação do tema por meio da criação de uma linha de maquiagem fictícia chamada Linha 180; treinamentos para revendedoras sobre como orientar clientes que necessitem de apoio; além de fóruns e palestras com Maria da Penha Fernandes, que deu nome à Lei Maria da Penha, e outras ativistas e especialistas no tema.

Hoje, são mais de 6 milhões de revendedoras no mundo e no Brasil, mais de 1,5 milhão de representantes da marca levam produtos a todos os mais de 5,5 mil municípios do país, um alcance maior que o do correio.

A empresa reafirma seu posicionamento em favor da mulher participando ainda de patrocínios, por meio de leis de incentivo, a filmes brasileiros que disseminam uma mensagem de empoderamento feminino; e de campanhas da Secretaria de Políticas para as Mulheres, do Governo Federal; do Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos; e da campanha mundial ElesporElas (HeforShe), movimento de solidariedade global pela igualdade de gênero, da ONU Mulheres Brasil.

Entre outras tantas ações, a empresa desenvolveu ainda uma parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para a criação da disciplina “Questões de Gênero nas Organizações” para os cursos de Administração e Administração Pública. É o primeiro curso desse tipo em uma graduação no país.

Sobre a Avon

No Brasil, a Avon tem 6,5 mil funcionários distribuídos em quatro unidades, a sede administrativa e a fábrica em São Paulo, no bairro de Interlagos, e três centros de distribuição, em Cabreúva (SP), Maracanaú (Ceará) e Simões Filho (Bahia). Aproximadamente 60% do quadro de funcionários da Avon é formado por mulheres e, nos cargos de liderança, o percentual é de 48%.