Atleta paralímpico é nomeado patrono da nova quadra poliesportiva do Sesi-SP em Suzano; Paulo Skaf destaca capacidade de superação dos atletas

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp, de Suzano

A emoção marcou a inauguração de uma quadra poliesportiva na unidade do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) em Suzano, na manhã deste sábado (23/11). Pela primeira vez, foi escolhido como patrono da quadra um atleta paralímpico: Adriano de Andrade Silva, campeão paulista, brasileiro e mundial de bocha.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540212613

Paulo Skaf e Adriano de Andrade Silva. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp


Com a plateia formada por atletas de várias modalidades paraolímpicas, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Sesi-SP, Paulo Skaf, destacou a força e a superação de todos. “De coração, quero agradecer e parabenizar demais cada um de vocês. Vocês são o grande orgulho do Brasil. Pela luta, pela garra, pela determinação, pela fé, pelo esforço e pelo trabalho.”

“Um evento como esse é emocionante. Todos nós, muitas vezes, reclamamos da vida. Essas pessoas, com as dificuldades que têm, estão superando, ganhando medalhas, dando exemplo, sorrindo e ensinando aos outros”, afirmou o presidente.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540212613

Paulo Skaf parabenizou paratletas: “Vocês são o grande orgulho do Brasil.” Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Emocionado, Adriano de Andrade Silva, afirmou estar honrado pela homenagem, mas que ela não era apenas para ele, mas sim para todos os atletas paralímpicos. “Está batendo forte o coração, está a mais de mil por hora”, declarou o atleta. “Agradeço ao Paulo Skaf por não nos olhar como pessoas com deficiência, mas como pessoas capazes de realizar grandes coisas e buscar um futuro melhor. Não medirei esforços para continuar levando o nome do Sesi-SP para os lugares mais altos do pódio.”

A mãe de Adriano, Lindalva, também deu seu depoimento, sem esconder as lágrimas. “Meu filho era uma pessoa sem alegria, com uma vida sofrida. Quando ele veio para o Sesi-SP, a vida dele se transformou. Como mãe, eu me sinto feliz por ver o meu filho fazendo parte dessa equipe.”

Skaf aproveitou a oportunidade e chamou ao palco um representante de cada modalidade paralímpica do Sesi-SP, para que eles pudessem dar seus depoimentos. Atletas de goalball, futebol de sete, atletismo e vôlei sentado falaram de suas trajetórias.

“Mais do que vitórias na quadra, o vôlei nos traz conquistas pessoais. Além da reabilitação física, conseguimos, por meio do esporte, a reabilitação emocional e social. Eu era atleta antes do meu acidente e tenho um prazer imenso de poder dizer, novamente, que eu sou atleta”, declarou Ana Paula de Araújo Alves, atleta do vôlei sentado.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540212613

Paulo Skaf e Walter Vicioni com atletas de esportes paralímpicos. Foto Tâmna WaquedFiesp

O superintendente do Sesi-SP, Walter Vicioni Gonçalves ressaltou a importância do exemplo que os atletas paraolímpicos dão para a sociedade. “Nada mais justo que indicar a figura do Adriano de Andrade Silva como exemplo de superação e luta para a conquista de um lugar legítimo de dignidade e reconhecimento social”, disse.

“O trabalho que é feito no esporte paralímpico em Suzano é um exemplo a ser seguido. Faz com que a gente queira ir mais longe para conseguir construir uma nação em que todos possam ser inclusas e brilhar.”

O evento teve ainda o lançamento oficial de mais uma modalidade olímpica do programa “Atleta do Futuro” do Sesi-SP: o hóquei sobre a grama. Com atividades já iniciadas em Suzano e em Mogi das Cruzes, as aulas do esporte já têm cerca de 80 alunos.