Programa Sesi-SP Atleta do Futuro chega a cinco municípios da região de São José do Rio Preto

Agência Indusnet Fiesp,  

Cinco municípios da região de São José do Rio Preto assinam nesta sexta-feira (26/6) o convênio para o desenvolvimento de formação esportiva do Programa Sesi-SP Atleta do Futuro (PAF).

As prefeituras de Bady Bassit, Cedral, Guapiaçu, Ipiguá e Uchoa formalizaram a parceria com o Sesi-SP para o desenvolvimento esportivo de 1.520 crianças e adolescentes.  O convênio foi assinado no Centro de Atividades Sesi Jorge Duprat Figueiredo, em São José do Rio Preto.

Criado para estimular a prática esportiva e a cidadania, o programa está presente em 289 municípios e contempla 93 mil participantes entre 6 e 17 anos.

Em Bady Bassitt, o convênio atenderá 320 alunos com a prática de futsal e futebol. Em Cedral, 325 alunos serão beneficiados com vôlei, futsal e capoeira. O futsal também será a modalidade praticada por 180 crianças e jovens de Guapiaçu. Ipiguá terá 385 vagas para natação, vôlei, futsal e futebol. Em Uchoa, 310 alunos praticarão natação, futsal e voleibol.

Crianças e adolescentes do Programa Atleta do Futuro em São José do Rio Preto. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Crianças e adolescentes do Programa Atleta do Futuro em São José do Rio Preto. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


Além da prática esportiva, os alunos do PAF recebem orientação em temas transversais como saúde, trabalho, consumo consciente, meio ambiente e pluralidade cultural, dentre outros. Os instrutores trabalham para difundir valores como ética, superação, autoestima e socialização, com o intuito de ajudar o aluno a se desenvolver de modo pleno.

Estrutura

O Programa Sesi-SP Atleta do Futuro contempla crianças e jovens entre 6 e 17 anos e as atividades estão organizadas em três fases, adequadas para cada faixa etária.

Na fase que compreende crianças entre seis e oito anos, os instrutores trabalham para promover qualidade de vida, integração e socialização por meio de jogos e brincadeiras lúdicas. A partir dos oito anos, os participantes iniciam a prática esportiva, conhecendo as diversas modalidades e suas diferenças.

Então, dos 11 aos 17 anos, os alunos optam por uma modalidade e realizam treinos específicos. Nesta fase, os atletas podem representar a equipe do Sesi-SP em competições estaduais e nacionais.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do SESI-SP, as aulas esportivas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.


Nova escola do Sesi-SP atende mais de 500 alunos em Bariri

Rosangela Gallardo e Rose Matuck, Agência Indusnet Fiesp

Com investimentos de R$15,1 milhões, a nova escola do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) em Bariri, a mais de 300 quilômetros da capital paulista, atende 538 alunos, dos quais 288 são do ensino fundamental em tempo integral.

“Em meio a essa confusão que o país passa, é prazeroso estarmos trabalhando no Sesi-SP, no Senai-SP, com uma agenda positiva, focando na qualidade da educação. Paralelamente a essa situação, estamos procurando encontrar caminhos para fazer a travessia desse ano que será muito difícil”, disse Paulo Skaf, presidente do Sesi-SP, após inaugurar oficialmente as instalações nesta sexta-feira (13/3).

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Paulo Skaf assiste à apresentação de alunos do Sesi de Bariri. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

A escola de Bariri foi a primeira entregue pela indústria este ano.O superintendente do Sesi-SP, Walter Vicioni, também participou da inauguração.  Segundo ele, “as entidades da indústria são um contraponto ao que está errado [no país] porque as coisas funcionam, à exemplo da educação”.

A unidade conta com 12 salas de aula, biblioteca escolar com acervo atualizado, laboratórios de informática, laboratório de química e biologia, laboratório de física, laboratório de ciência e tecnologia, duas áreas de convivência, recreio coberto, refeitório, cozinha com despensa, salas de coordenação e para atendimento aos pais, quadra coberta e vestiários.

O Sesi-SP desenvolve seu próprio material didático, um diferencial da metodologia da entidade, que engloba processos de ensino, aprendizagem e pesquisa. Essa concepção educacional parte da perspectiva de que toda criança ou adolescente é capaz de aprender se lhe forem oferecidas boas situações de aprendizagem. A nova unidade em Bariri oferece ainda 96 vagas para ensino médio e 154 para a Educação de Jovens e Adultos (Eja).

Atleta do Futuro
Paulo Skaf assinou ainda nesta sexta-feira a renovação do Programa Sesi Atleta do Futuro (PAF) com cinco municípios da região de Jaú.  A renovação dos convênios foi realizada na nova escola de Bariri.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Presidente do Sesi-SP inaugura novas instalações da escola em Bariri. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Criado para estimular a prática esportiva e a cidadania, o PAF atende crianças e adolescentes em 284 municípios e contempla 108 mil participantes entre 6 e 17 anos. Nos seis municípios que ratificam a parceria – Jaú, Dois Córregos, Brotas, Bocaina e Boraceia – os convênios atenderão 2.952 alunos que praticarão as modalidades de basquete, capoeira, xadrez, futebol, handebol, futsal, judô, karatê, natação, e vôlei.

Ainda em Bariri, o presidente do Sesi-SP recebeu o Título de Cidadão Baririense e uma honraria em reconhecimento aos serviços prestados na área da educação.


Programa Atleta do Futuro do Sesi-SP chega aos CEUs em São Paulo

Agência Indusnet Fiesp

Uma parceria inovadora entre o Serviço Social da Indústria (Sesi-SP) – Departamento Regional de São Paulo e a Secretaria Municipal de Educação do Município está permitindo a capacitação de profissionais da área de esporte e educação dos CEUs para o desenvolvimento do Programa Sesi Atleta do Futuro (PAF), da ação Princípio Acidente Zero e da Metodologia Sesi-SP Dança.

Entre as ações desenvolvidas pelo Sesi-SP para a transferência de suas tecnologias sociais estão capacitações técnicas e de gestão, entrega de diferentes materiais técnicos, reuniões de planejamento, preparação e distribuição de material e encontro para avaliação dos resultados.

Segundo Cesar Callegari, Secretário Municipal de Educação, o Sesi-SP é uma das mais importantes referências brasileiras em esporte, educação e cultura. “A cooperação com a Secretaria de Educação da cidade é uma grande oportunidade para o aperfeiçoamento dos nossos profissionais e para melhorar a qualidade dos programas em beneficio da população paulistana.”

Conforme Plano de Trabalho elaborado conjuntamente, haverá a participação de 45 gestores, 405 coordenadores, 315 especialistas e 13 gestores de projestos especiais das unidades dos CEUs de São Paulo.

Para Alexandre Ribeiro Meyer Pflug, diretor da divisão de Esporte e Qualidade de Vida do Sesi-SP, a iniciativa é um marco para os programas de transferências de tecnologias sociais da entidade. “Desde 2008, quando a metodologia foi transferida para todas as unidades do Sesi do país, não tínhamos uma ação com este impacto. São cerca de 22.500 alunos e 778 profissionais do município. Essa é a visão do Sesi-SP em disseminar seus conhecimentos, beneficiando todos os segmentos da sociedade”.


Sesi-SP firma convênios com Águas de Lindoia e mais 4 cidades para ‘Atleta do Futuro’

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp, de Bragança Paulista

Cumprindo agenda em Bragança Paulista, município a aproximadamente 80 quilômetros da capital, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), Paulo Skaf, assinou o convênio do Programa Atleta do Futuro com cinco cidades da região: Águas de Lindoia (300 alunos), Amparo (340), Piracaia (150), Socorro (300) e Nazaré Paulista (200).

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Programa Atleta do Futuro vai atender 1.190 crianças e jovens nas cinco cidades. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


Ao todo, serão 1.190 crianças e jovens praticando as modalidades atletismo, ginástica rítmica, futebol, futsal, tênis, voleibol e basquete.

“O Programa Atleta do Futuro leva a metodologia do Sesi-SP, fornece o uniforme e treina os professor na estrutura que existe na cidade”, explicou Skaf, lembrando que o PAF está perto de atender 100 mil alunos.

“Faz com que a moçada de 6 a 17 anos pratique esporte e ocupem seu tempo com uma atividade saudável.”

>>  Em Bragança Paulista, Senai-SP abre terceira escola móvel de manutenção mecânica

Sesi-SP lança projeto Pedagogia do Exemplo e apresenta Embaixadores do Esporte

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp

Mais do que incentivar a prática de atividades físicas nas crianças, o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) busca, por meio da pedagogia do exemplo, levar aos alunos todos os valores que envolvem o esporte. O lançamento oficial do projeto aconteceu nesta segunda-feira (19/05), no Teatro do Sesi-SP, com a presença dos atletas e técnicos das equipes de alto rendimento, além de pais e alunos da instituição.

Também foram nomeados os atletas-símbolo de 22 unidades do Sesi-SP e a equipe de embaixadores do esporte, eleitos em cada escola. Esses alunos terão como objetivo incentivar a prática esportiva entre os colegas e disseminar os valores do esporte, como a dedicação, o trabalho em equipe e o saber ganhar e perder.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Atletas-símbolo e alunos do Sesi-SP serão responsáveis pelo incentivo à prática de esportes. Foto: Helcio Nagamine/Fiesp

O superintendente do Sesi-SP, Walter Vicioni Gonçalves, abriu o evento, falando sobre a influência da prática esportiva na educação. “A gente entende que a educação não pode ficar restrita à escola. Há uma educação muito importante que acontece fora do muro da escola, com a família, a religião e também com o esporte. As pessoas precisam de bons exemplos e o exemplo do atleta vencedor é insubstituível. É uma inspiração para nós.”

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

"As pessoas precisam de bons exemplos e o exemplo do atleta vencedor é insubstituível", afirmou o superintendente do Sesi-SP, Walter Vicioni. Foto: Helcio Nagamine/Fiesp

Um vídeo do projeto mostrou as ações de incentivo ao esporte realizadas pelo Sesi-SP, como o Atleta do Futuro, e trouxe o depoimentos de diversos esportistas. “Um atleta não é feito de sorte. É feito de trabalho duro”, afirmou Verônica Hipolito, atleta paralímpica do Sesi-SP. “Se eu não me dedicar, não vou conseguir bons resultados. E eu quero ser boa naquilo que eu amo.”

Eduardo Carrero, gerente executivo de esportes do Sesi-SP, deu mais detalhes sobre o Projeto Pedagogia do Exemplo e contou como foi a eleição dos embaixadores do esporte. “Os embaixadores poderão aproveitar quatro dimensões do Sesi-SP: a infraestrutura, a dimensão esportiva, a educacional e a das pessoas”, disse o gerente.

Carrero destacou que o esporte do Sesi-SP, no ano passado, alcançou 1.300 conquistas, 325 convocações para seleções e movimentação de mais de 18 mil crianças, segundo ele, “o que dá sustentação ao projeto da Pedagogia do Exemplo”. Ele também apresentou as boas práticas do projeto Try Rugby e homenageou as atletas que participaram do programa Londres 2014, um intercâmbio com atletas de equipes de ligas inglesas.

Ainda durante o lançamento do projeto, o técnico Talmo de Oliveira e a jogadora Suelle, da equipe de vôlei do Sesi-SP, foram homenageados pelas conquistas recentes. Também foi realizada uma apresentação da equipe de rendimento de ginástica artística e palestras com atletas olímpicos e com os técnicos das equipes masculina e feminina de vôlei.

Atletas-símbolo por escola:

. A. E. Carvalho (São Paulo) – Thiago Pereira (natação)
. Catumbi – Pri Daroit (vôlei)
. Cotia – Rafael de Jesus (luta olímpica)
. Cruzeiro – Gustavo Grummy (polo aquático)
. Cubatão – Daniel Plácido (judô)
. Diadema – Bruno Mendonça (judô)
. Guarulhos – Marco Aurélio (atletismo paraolímpico)
. Jacareí – Daynara de Paula (natação)
. Jundiaí – Rudá (polo aquático)
. Mauá – Lucão (vôlei)
. Mogi das Cruzes – Ricardo Pedrosa (goalball)
. Osasco – Aline Ferreira (luta olímpica)
. Santana de Parnaíba – Suelle (vôlei)
. Santo André – Veronica Hipólito (atletismo paraolímpico)
. Santos – Ana Marcela Cunha (natação)
. São Bernardo do Campo – Etiene Medeiros (natação)
. São Caetano do Sul – Tony Azevedo (polo aquático)
. São José dos Campos – Reinaldo Colucci (triatlo)
. Suzano – Daniel Yoshizawa (vôlei sentado)
. Taubaté – Lucarelli (vôlei)
. Vila Leopoldina (São Paulo) – Serginho e Fabiana (vôlei)
. Vila das Mercês (São Paulo) – Murilo (vôlei)

Sesi-SP inaugura nova unidade em Monte Alto para atender cerca de 1.400 jovens

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp, de Monte Alto

O Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) inaugurou, na manhã desta quarta-feira (30/04), sua nova unidade na cidade de Monte Alto, a  aproximadamente 370 quilômetros da capital paulista.

Skaf na inauguração em Monte Alto: aulas noturnas para 500 alunos. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Skaf na inauguração em Monte Alto: aulas noturnas para 500 alunos. Foto: Everton Amaro/Fiesp


A unidade de Monte Alto atenderá cerca de 1.400 alunos, tanto no ensino fundamental em tempo integral quanto no ensino médio, também com aulas noturnas para cerca de 500 alunos.

A escola foi entregue oficialmente em cerimônia que contou com a presença do presidente do Sesi-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf. O líder empresaria destacou que a educação o que levará os jovens brasileiros a atingir posições de cada vez mais destaque no mundo. “Educação é emancipação. Com uma geração bem educada, bem formada, bem alimentada, poderemos começar a pensar em fechar presídios dentro de algumas décadas”, afirmou.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Professor Walter Vicioni, superintendente do Sesi-SP. Foto: Tâmna Waqued/FIESP

Skaf ressaltou a qualidade da unidade em Monte Alto. “Esta unidade está, sem dúvidas, entre as melhores escolas do mundo”, disse.

Para o superintendente do Sesi-SP, Walter Vicioni Gonçalves, que também discursou na ocasião, a escola está destinada para formar cidadãos, preparados para o trabalho e para o bem.


Para satisfação dos alunos

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Alunos aprovam a escola Sesi-SP em Monte Alto. Foto: Everton Amaro/FIESP

Em funcionamento desde fevereiro, a escola já conquistou a aprovação das mães. Danila da Silva conta que sua filha, Lívia Rodrigues, de seis anos, do 1º ano do ensino fundamental, adora estudar no Sesi-SP.

“Ela adora os professores, as atividades, fazer as lições. É uma base ótima para o futuro dela”, conta. Para Danila, a escola não tem comparação com nenhuma outra da cidade.  “Ela já está escrevendo, é uma grande alegria. Crianças de outras escolas ainda não fazem o que ela já está conseguindo”, completa a mãe.


PAF em Jaboticabal

Ao lado do prefeito de Jaboticabal, Raul José Silva Girio, e do secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer do município, Cesar Roberto Esper, Skaf também assinou o convênio Programa Atleta do Futuro (PAF), que atenderá inicialmente cerca de 300 jovens no município na modalidade basquete, com possibilidade de ampliação nos próximos meses.

“O Programa Atleta do futuro é uma forma de o Sesi-SP atuar em cidades onde ainda não tem escolas. É nossa forma de plantar uma semente, para educar ainda mais jovens através do esporte”, disse o presidente do Sesi-SP.


Sesi-SP renova convênio do PAF com atividade inédita: atendimento odontológico

Juan Saavedra, Agência Indusnet Fiesp, de Votorantim

O Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) acaba de renovar o convênio do Programa Atleta do Futuro (PAF) com o município de Votorantim, a mais de 100 quilômetros da capital. E o acordo ganha uma característica inédita: o atendimento odontológico agregado à iniciativa de desenvolvimento de formação esportiva.

Com o convênio, assinado em cerimônia na manhã desta terça-feira (08/04) pelo presidente do Sesi-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, e pelo prefeito de Votorantim, Erinaldo Alves da Silva, um total de 1.350 alunos passam a receber iniciação esportiva e ganham a oportunidade de praticar modalidades como futsal, futebol, atletismo, judô, basquete, handebol, natação e vôlei.

Além do desenvolvimento de formação esportiva, o convênio proporciona aos alunos participantes atendimento odontológico gratuito no consultório do Centro de Atividades José Ermírio de Moraes Filho, unidade do Sesi-SP em Votorantim.

A prefeitura cede 10 cirurgiões-dentistas e 10 auxiliares, além dos insumos clínicos e da metodologia de atendimento. O Sesi-SP fornece a estrutura completa do ambulatório, com cinco cadeiras. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, em dois turnos.

“É o único convênio que envolve tanto formação esportiva como a área de saúde, com atendimento odontológico que a gente sabe ser de suma importância para estas crianças e estes jovens”, explicou no início da cerimonia o diretor de Esporte e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Paulo Skaf assina convênio para formação esportiva em Votorantim. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Em seu breve pronunciamento, Paulo Skaf explicou que, por meio de parcerias com prefeituras e empresas locais, o Sesi-SP oferece sua infraestrutura e metodologia para proporcionar formação esportiva de uma forma ordenada e disciplinada, seguindo uma metodologia. “A gente acredita que esporte é saúde, esporte é educação.”

O presidente da Fiesp e do Sesi-SP disse ainda que fica muito satisfeito por perceber que o programa faz a diferença, especialmente em municípios de pequeno porte, citando o convênio com Monteiro Lobato, no Vale do Paraíba, onde 500 crianças passam a ser atendidas pelo PAF.

Skaf assinalou que o Sesi-SP está investido 32 milhões na construção de um novo prédio no CAT de Votorantim. “Vai ser uma escola-modelo, comparável às melhores do mundo”, resumiu. O projeto prevê, entre outros itens, novos laboratórios e ar climatizado.

“Quero externar mais uma vez meu agradecimento ao Sesi-SP”, disse o prefeito Erinaldo Alves antes de assinar o convênio.

Após a cerimônia, Skaf fez uma rápida visita ao ambulatório odontológico.

Investimento em prevenção

Mais do que o trabalho clínico, é preventivo o objetivo principal do serviço de atendimento odontológico que integra o convênio do PAF em Votorantim, de acordo com o diretor de Odontologia da prefeitura de Votorantim, Fernando de Paula Souza Junior.

Segundo ele, todo planejamento é voltado para a promoção e prevenção de saúde. “A parte preventiva é fundamental. O que nós queremos é ter crianças com boca saudável, que se traduz na saúde como um todo”, disse Souza Junior.

De acordo com a cirurgiã-dentista Ana Cláudia de Moura Barros, 47 anos, 26 de profissão, as atividades no CAT começaram no dia 27 de março. “No início é feito um trabalho de aproximação, que é muito importante. Começar com prevenção e com escovação. E, depois, vamos começar com os exames clínicos.”

O objetivo é evitar pular etapas, para que aos poucos as crianças superem o medo do tratamento. “A gente nem usa branco para não assustar. Para colocar uma criança de sete anos na cadeira primeiro tem que ganhá-la.”

Nos exames clínicos haverá uma classificação dos casos em que é necessária uma higienização ou em que há ocorrência de cárie.  A partir dessa análise é possível avaliar quem terá prioridade. As crianças e jovens só são atendidos com autorização dos pais.

De acordo com Souza Junior, o espaço físico do Sesi-SP permite fazer quase todo os tipos de procedimento, mas um centro de referência nas proximidades está à disposição para casos mais complexos.

O convênio, de acordo com o representante da Prefeitura, é resultado de uma união de esforços. A prefeitura já tinha uma iniciativa nessa direção, mas, antes, esse atendimento precisava ser feito no período escolar.

“Não é um serviço que está começando. Ele se beneficia de uma experiência anterior. O formato que ele adquiriu aqui no Sesi-SP vai adicionar algumas coisas”, disse Souza Junior, para quem a estrutura preparada no CAT do Sesi-SP em Votorantim é de primeira qualidade.

“Não há nada dentro daquilo que está sendo proposto que a nossa estrutura não nos permita oferecer”, disse citando como exemplo os equipamentos de esterilização, “os mais modernos”.

No acordo, além da metodologia, a prefeitura cede os profissionais, o instrumental e os insumos necessários para o atendimento clínico.

O ambulatório, os equipamentos fixos, a parte hidráulica (as cadeiras de atendimento, por exemplo) são cedidas pelo Sesi-SP.

São dez dentistas e dez auxiliares, cinco para cada turno (manhã e tarde).

Programa Atleta do Futuro

No CAT de Votorantim, os alunos são divididos em turmas que frequentam o Sesi-SP no contraturno do período escolar, de segunda a sexta-feira, de 8h30 às 10h30 ou de 13h30 às 15h30. A prefeitura cede oito professores de educação física. O Sesi-SP oferece dois professores e faz toda a orientação metodológica.

Além da prática esportiva, os alunos do PAF recebem orientação em temas transversais como saúde, trabalho, consumo consciente, meio ambiente e pluralidade cultural, entre outros. Os instrutores trabalham para difundir valores como ética, superação, autoestima e socialização, com o intuito de ajudar o aluno a se desenvolver de modo pleno.

O programa está presente em 210 municípios e contempla participantes entre 6 e 17 anos, com atividades organizadas em três fases, adequadas para cada faixa etária.

Na fase que compreende crianças entre seis e oito anos, os instrutores trabalham para promover qualidade de vida, integração e socialização por meio de jogos e brincadeiras lúdicas. A partir dos oito anos, os participantes iniciam a prática esportiva, conhecendo as diversas modalidades e suas diferenças. Então, dos 11 aos 17 anos, os alunos optam por uma modalidade e realizam treinos específicos. Nesta fase, os atletas podem representar a equipe do Sesi-SP em competições estaduais e nacionais.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do Sesi-SP, as aulas esportivas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.

Programa Atleta do Futuro do Sesi-SP chega à Natividade da Serra

Agência Indusnet Fiesp, de Redenção da Serra

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Programa Atleta do Futuro do Sesi-SP chega à Natividade da Serra

Foi uma boa notícia para Natividade da Serra, cidade do Vale do Paraíba, no interior paulista, a 150 quilômetros da capital. Nesta quarta-feira (19/03), foi assinado o convênio para a implantação do Programa Atleta do Futuro (PAF), do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) no município.

Serão atendidas 100 crianças e jovens por meio da iniciativa, na modalidade futebol. Há possibilidade de inclusão de atletismo na próxima fase do projeto.

Participaram da cerimônia de assinatura do convênio o presidente do Sesi-SP e Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), e o prefeito de Natividade, Benedito Carlos de Campos Silva.

“Obrigado pela oportunidade, estou muito feliz de estar nessa cidade e estimular aquilo que educa e dá saúde que é o esporte”, disse o o presidente da Fiesp e do Sesi-SP. “Temos grandes desafios pela frente”.

Ele destacou ainda a possibilidade de oferecer em Natividade alguns cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP).

“A gente agradece muito a sua visita e a sua lembrança”, afirmou Silva. “Vamos trabalhar muito para honrar esse apoio recebido”.

Entenda o programa

Presente em mais de 190 municípios, o Programa Sesi Atleta do Futuro contempla 82.354 participantes entre 6 e 17 anos e as atividades estão organizadas em três fases, adequadas para cada faixa etária.

Na fase que compreende crianças entre seis e oito anos, os instrutores trabalham para promover qualidade de vida, integração e socialização por meio de jogos e brincadeiras lúdicas. A partir dos oito anos, os participantes iniciam a prática esportiva, conhecendo as diversas modalidades e suas diferenças. Então, dos 11 aos 17 anos, os alunos optam por uma modalidade e realizam treinos específicos. Nesta fase, os atletas podem representar a equipe do Sesi-SP em competições estaduais e nacionais.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do SESI-SP, as aulas esportivas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.

Programa Atleta do Futuro do Sesi-SP: 200 crianças e jovens dedicados ao esporte

Agência Indusnet Fiesp, de Redenção da Serra

Duzentas crianças e jovens de Redenção da Serra, município a 165 quilômetros de São Paulo, no Vale do Paraíba, vão passar a ter outra visão do esporte daqui por diante. Isso porque foi assinado, na manhã desta quarta-feira (19/03), com a prefeitura local, um convênio para o desenvolvimento de formação esportiva do Programa Atleta do Futuro (PAF), do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP).

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Estudantes: animação ao falar da possibilidade de praticar esportes. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

A solenidade de assinatura foi realizada na Câmara Municipal e contou com a presença do presidente do Sesi-SP  e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O prefeito do município, Benedito Manoel de Moraes, e o diretor de Esporte e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug, também estiveram presentes.

Os estudantes Pedro Lucas do Carmo Carlos (16 anos), Yago Moreira (14) e João Vitor Lobato Porto (14) são alguns dos futuros participantes do PAF em Redenção.

“Estou animado”, disse Pedro. “Esse projeto vai ser bom para nós e para a cidade, os meninos não vão ficar sem fazer nada na rua”, afirmou Yago. “Estou bastante feliz em participar. Acho que isso vai mudar a minha cabeça e a minha saúde”, completou João.

No município serão atendidos 200 alunos, que praticarão futebol e atletismo.

Na solenidade, o presidente da Fiesp e do Sesi-SP disse que o programa é uma grande oportunidade para que crianças e jovens pratiquem esportes gratuitamente e desenvolvam valores que levarão para a vida toda. Ele brincou com os alunos e até ensaiou passos de marcha olímpica para estimular os alunos.

“Vamos fazer atletismo aqui também, ampliar o convênio”, anunciou o presidente, já que a previsão inicial era ter somente futebol pelo projeto na cidade.

“Estamos na assinatura do convênio de número 193 do PAF”, destacou o diretor de Esportes e Qualidade de ida do Sesi-SP. “O impacto de uma iniciativa assim numa cidade pequena, com pouca oferta de atividades esportivas, como Redenção, é grande”, disse Pflug.

Além da prática esportiva, os alunos do PAF recebem orientação em temas transversais como saúde, trabalho e consumo, meio ambiente e pluralidade cultural, entre outros. Os instrutores trabalham para difundir valores como ética, superação, autoestima e socialização, com o intuito de ajudar o aluno a se desenvolver de modo pleno.

O programa

Presente em mais de 190 municípios, o Programa Sesi-SP Atleta do Futuro contempla 82.354 participantes entre 6 e 17 anos e as atividades estão organizadas em três fases, adequadas para cada faixa etária.

Na fase que compreende crianças entre seis e oito anos, os instrutores trabalham para promover qualidade de vida, integração e socialização por meio de jogos e brincadeiras lúdicas.

A partir dos oito anos, os participantes iniciam a prática esportiva, conhecendo as diversas modalidades e suas diferenças. Então, dos 11 aos 17 anos, os alunos optam por uma modalidade e realizam treinos específicos. Nesta fase, os atletas podem representar a equipe do Sesi-SP em competições estaduais e nacionais.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do Sesi-SP, as aulas esportivas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família.

Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.

400 alunos serão atendidos pelo ‘Atleta do Futuro’, do Sesi-SP, em Cachoeira Paulista

Isabela Barros, Agência Indusnet Fiesp, de Cachoeira Paulista

O município de Cachoeira Paulista agora faz parte da lista de beneficiados pelo Programa Atleta do Futuro (PAF), do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP).

O convênio foi firmado na tarde desta quinta-feira (27/02), em cerimônia na prefeitura local. A solenidade contou com a presença do presidente do Sesi-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf e do prefeito João Luiz.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Prefeito de Cachoeira Paulista, João Luiz, e Paulo Skaf, presidente do Sesi-SP, assinam convênio. Foto: Ayrton Vignola/FIESP


No município serão atendidos 400 alunos, que praticarão futebol, futsal, futebol de areia, vôlei, basquete, artes marciais e capoeira. Uma curiosidade: as três últimas modalidades (basquete, artes marciais e capoeira) foram incluídas durante a cerimônia, atendendo aos pedidos dos participantes do evento na prefeitura.

Diretor de Esportes e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug explicou o que é e como funciona o PAF, criado em 1996 inicialmente para atender apenas os alunos da instituição. Hoje, a partir de convênios com as prefeituras, mesmo crianças e jovens que não estudam da rede Sesi-SP de ensino podem participar.

Já o prefeito João Luiz destacou as parcerias e convênios como o firmado nesta quinta-feira (27/02) com o Sesi-SP. “Só temos a agradecer”, afirmou.

Durante a cerimônia, foi sinalizada a intenção de implantar o Sistema Sesi-SP de ensino nas escolas da rede municipal de Cachoeira Paulista. “Podemos começar no ano que vem”, explicou Skaf.

“Estou muito feliz de estar aqui nessa cidade tão simpática e nesse Vale do Paraíba tão bonito”, disse Skaf.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Estudantes da cidade participarão do programa Atletas do Futuro. Foto: Ayrton Vignola/FIESP

Depois, o presidente da Fiesp e do Sesi-SP destacou a importância da prática de esportes. “As pessoas têm que ter o esporte na vida”, afirmou. “O que eu mais quero é ver essa moçada praticando esporte com saúde e recebendo educação de qualidade”.

Além da prática esportiva, os alunos do PAF recebem orientação em temas transversais como saúde, trabalho e consumo, meio ambiente e cultura. Os instrutores trabalham para difundir valores como ética, superação, autoestima e socialização, com o intuito de ajudar o aluno a se desenvolver de modo pleno.

Em mais de 180 municípios

Presente em mais de 180 municípios, o Programa Sesi Atleta do Futuro contempla 74 mil participantes entre 6 e 17 anos e as atividades estão organizadas em três fases, adequadas para cada faixa etária.

Na fase que compreende crianças entre seis e oito anos, os instrutores trabalham para promover qualidade de vida, integração e socialização por meio de jogos e brincadeiras lúdicas. A partir dos oito anos, os participantes iniciam a prática esportiva, conhecendo as diversas modalidades e suas diferenças. Então, dos 11 aos 17 anos, os alunos optam por uma modalidade e realizam treinos específicos. Nesta fase, os atletas podem representar a equipe do Sesi-SP em competições estaduais e nacionais.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do Sesi-SP, as aulas esportivas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.

3 municípios do ABCD firmam parceria para participar do Programa Atleta do Futuro

Agência Indusnet Fiesp

As prefeituras de três municípios da região do ABCD – Ribeirão Pires, Mauá e Rio Grande da Serra – assinarão nesta sexta, em Mauá, convênio para formação esportiva do Programa Sesi Atleta do Futuro (PAF). A solenidade terá a presença do presidente do Sesi-SP e da Fiesp, Paulo Skaf, e de todos os prefeitos que estão aderindo ao programa.

Com a inclusão dessas cidades, o PAF passa a atender mais 1710 crianças e jovens na região. Hoje, o programa reúne 74 mil participantes entre 6 e 17 anos em 181 municípios.

Para Skaf, o PAF é uma referência em formação esportiva porque amplia as oportunidades de prática esportiva, gratuita e de qualidade para crianças e jovens.

“Cada vez mais crianças e jovens têm oportunidade de participar do PAF em todo o estado de São Paulo. Com esse programa de formação esportiva, oferecemos a oportunidade de descobrir talentos, preparamos nossos jovens para o futuro e formamos cidadãos para o país. Todos ganham com essa iniciativa. As crianças, que podem praticar diversas modalidades, os pais, que veem seus filhos interagindo e convivendo com jovens de sua idade, e as cidades, que podem atletas sendo criados em suas quadras”, diz Skaf.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do Sesi-SP, as aulas esportivas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.

Em Itapira, Sesi-SP firma convênio para implantar ‘Atleta do Futuro’

Isabela Barros, Agência Indusnet Fiesp, de Itapira

Durante a inauguração da nova escola o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) de Itapira, o presidente da instituição, Paulo Skaf, assinou na manhã desta sexta-feira (07/02) um convênio com a Prefeitura de Itapira que vai viabilizar a participação do município no “Programa Atleta do Futuro” (PAF).

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Prefeito de Itapira, José Natalino Paganini, e Paulo Skaf. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp



Atualmente, a iniciativa reúne 74 mil participantes entre 6 e 17 anos em 173 municípios. Em Itapira, a aproximadamente 170 kms da capital, serão 400 estudantes nas modalidades handebol e voleibol. O acordo foi firmado por Skaf e pelo prefeito de Itapira, José Natalino Paganini.

“O ‘Atleta do Futuro’ foi pensado para estimular a prática esportiva e preparar nossos jovens para o futuro. A atividade física também contribui para a formação de cidadãos com mais saúde e disciplina”, disse Skaf.

O presidente do Sesi-SP conversou com alunos da região, que pediram a inclusão do atletismo na iniciativa. “Está aprovada a inclusão, o atletismo vai entrar no PAF”, afirmou.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do Sesi-SP, as aulas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

No programa, aulas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

O PAF

O Programa Atleta do Futuro é destinado à formação esportiva de crianças e jovens, para o desenvolvimento de habilidades motoras e aptidão física. A metodologia, desenvolvida pelo Sesi-SP, transmite valores positivos do esporte como ética, superação, autoestima, socialização e meio ambiente. As atividades têm acompanhamento da equipe técnica do Sesi-SP e podem ser realizadas em instalações do Sesi-SP ou outras.

Itapira assina convênio para receber Programa Atleta do Futuro, do Sesi-SP

Agência Indusnet Fiesp,

A cidade de Itapira assina nesta sexta-feira (07/2), durante a inauguração da nova escola do Sesi no município, um convênio para participar do Programa Sesi Atleta do Futuro (PAF). Atualmente, o programa reúne 74 mil participantes entre 6 e 17 anos em 173 municípios. Em Itapira, atenderá 400 estudantes nas modalidades handebol e voleibol.

Para o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), Paulo Skaf, a adesão significativa dos municípios paulistas ao PAF mostra que o programa é eficiente porque efetivamente amplia as oportunidades de prática esportiva, gratuita e de qualidade, para crianças e jovens.

“O Atleta do Futuro foi pensado para estimular a prática esportiva e preparar nossos jovens para o futuro. A atividade física também contribui para a formação de cidadãos com mais saúde e disciplina”, diz Skaf.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do Sesi-SP, as aulas  são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.

Sesi-SP renova convênio do programa ‘Atleta do Futuro’ com 29 municípios do oeste paulista

Agência Indusnet Fiesp

Vinte e nove municípios do oeste paulista assinam nesta sexta-feira (06/12), em Presidente Epitácio, convênio com o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP)  para renovação do programa “Atleta do Futuro” (PAF), desenvolvido em parceria com 27 empresas da região. A solenidade terá a presença do presidente do Sesi-SP e da Fiesp, Paulo Skaf, e de todos os prefeitos que estão fazendo parte da renovação.

As cidades participantes da iniciativa são Presidente Epitácio, Pacaembu, Flórida Paulista, Inúbia Paulista, Tupi Paulista, Lucélia, João Ramalho, Marabá Paulista, Presidente Venceslau, Osvaldo Cruz, Teodoro Sampaio, Anhumas, Alfredo Marcondes, Adamantina, Dracena, Junqueirópolis, Presidente Bernardes, Mirante do Paranapanema, Presidente Prudente, Pirapozinho, Regente Feijó, Santo Anastácio, Pracinha, São João de Pau D’Alho, Taciba, Sandovalina, Parapuã, Flora Rica e Tarabai.  Juntos, os municípios somam 15.260 participantes.

Hoje, o programa reúne 72 mil alunos, entre 6 e 17 anos, em 172 municípios. As aulas são gratuitas e contemplam 27 modalidades esportivas, sendo 20 olímpicas.

Para Skaf, a grande adesão dos municípios do estado ao PAF mostra que o programa continua eficiente ao longo dos anos (existe desde 1991) porque amplia, efetivamente, as oportunidades de prática esportiva, gratuita e de qualidade, para crianças e jovens.
“O ‘Atleta do Futuro’ foi pensado para estimular a prática esportiva e preparar nossos jovens para o futuro, pois a atividade física também contribui para a formação de cidadãos com mais saúde e disciplina. Mas, por ser um programa que dá oportunidade a todos, também é uma forma de revelar novos talentos para diferentes modalidades esportivas.”

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do Sesi-SP, as aulas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso aos materiais necessários para a prática das diferentes modalidades de esporte.

Confira a relação das prefeituras com as respectivas empresas parceiras do projeto:

. Prefeitura Municipal de Presidente Epitácio
. Prefeitura Municipal de Pacaembu
. Prefeitura Municipal de Flórida Paulista
. Prefeitura Municipal de Inúbia Paulista
. Prefeitura Municipal de Tupi Paulista
. Prefeitura Municipal de Lucélia
. Prefeitura Municipal de João Ramalho
. Prefeitura Municipal de Marabá Paulista
. Prefeitura Municipal de Presidente Venceslau
. Prefeitura Municipal de Osvaldo Cruz
. Prefeitura Municipal de Teodoro Sampaio
. Prefeitura Municipal de Anhumas
. Prefeitura Municipal de Alfredo Marcondes
. Prefeitura Municipal de Adamantina
. Prefeitura Municipal de Dracena
. Prefeitura Municipal de Junqueirópolis
. Prefeitura Municipal de Presidente Bernardes
. Prefeitura Municipal de Mirante Do Paranapanema
. Prefeitura Municipal de Presidente Prudente
. Prefeitura Municipal de Pirapozinho
. Prefeitura Municipal de Regente Feijó
. Prefeitura Municipal de Santo Anastácio
. Prefeitura Municipal de Pracinha
. Prefeitura Municipal de São João De Pau D’alho
. Prefeitura Municipal de Taciba
. Prefeitura Municipal de Sandovalina
. Prefeitura Municipal de Parapuã
. Prefeitura Municipal de Flora Rica
. Prefeitura Municipal de Tarabai


Em evento em Registro, Sesi-SP assina convênios do programa ‘Atleta do Futuro’ com prefeituras do Vale do Ribeira

Agência Indusnet Fiesp, com colaboração de Daniela Morisson

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), Paulo Skaf, assinou na manhã deste sábado (05/10), em Registro (a aproximadamente 190 kms da capital), um convênio com oito prefeituras da região do Vale do Ribeira para instituir o programa “Atleta do Futuro” nos municípios de Ilha Comprida, Eldorado, Cajati, Sete Barras, Iguape, Pedro de Toledo, Jacupiranga, além do já citado Registro.

O evento, realizado na sede da Associação Cultural Nipo-Brasileira de Registro, contou com a presença de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores da região.

>>  Saiba mais sobre o programa “Atleta do Futuro” 

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Convênio tem a participação de oito prefeituras. Foto: Everton Amaro/Fiesp


Skaf destacou que o programa Atleta do Futuro está presente em 170 municípios, atendendo 100 mil alunos. A expectativa, disse ele, é de chegar a 150 mil ainda em 2014.

“O programa é parte de volume de investimentos que a indústria tem feito em educação”, disse o presidente do Sesi-SP. “Esporte também é educação. Por isso que o Sesi-SP  investe em esporte. E nas próximas Olimpíadas vamos ter 50 atletas do Sesi-SP representando o Brasil.”

Em seu pronunciamento, Skaf explicou que no programa o Sesi-SP fornece de forma gratuita metodologia, conhecimento, uniformes e o equipamento necessário para as práticas esportivas. E que as prefeituras cedem os espaços.

O presidente anunciou ainda que a indústria vai construir em Registro uma unidade do Sesi-SP e outra do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Sesi-SP). O investimento é calculado em torno de R$ 60 milhões. E a expectativa é de abrir as unidades ainda em 2015. “Espero voltar aqui para inaugurar essas duas unidades. Elas vão fazer uma grande diferença para a região”, disse Skaf.

O diretor de Esporte e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug, também participou do evento.

Na sequência, Skaf participou de uma ação do Sesi-SP Cidadania, iniciativa que leva para a comunidade ações de Saúde, Cultura, Sustentabilidade, Cidadania e Esportes & Lazer.


Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835675

Presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf, com alunos do programa Atleta do Futuro. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Skaf inaugura escola em Presidente Epitácio e participa de eventos educacionais em outros três municípios do Oeste Paulista

Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria (Sesi-SP), Paulo Skaf, participa de extensa agenda de compromissos no Oeste Paulista, nesta sexta-feira (22/02).

Às 9h30, o líder da indústria paulista inaugura a nova escola do Sesi-SP em Presidente Epitácio (Av. Domingos Ferreira de Medeiros, 2-113, Vila Recreio). Ao final da solenidade, Skaf assina doação de terreno que será realizada pela prefeitura de Santo Anastácio para ampliação da área do Sesi naquele município.

A escola foi projetada com 12 salas de aula, duas áreas de convivência cobertas, uma biblioteca escolar com acervo atualizado, laboratório de informática educacional com 37 computadores, um laboratório de ciência e tecnologia, laboratório de química e biologia, laboratório de física, quadra poliesportiva descoberta, piscinas (semiolímpica, infantil e de biribol), campo de grama e ambientes administrativos, amplos e confortáveis, para atendimento aos pais e professores.

A maior novidade é a criação do ensino em tempo integral, permitindo que os alunos do fundamental permaneçam nos períodos da manhã e tarde na escola realizando vivências complementares de esporte, arte, cultura e tecnologia, além das refeições diárias compostas de café da manhã, almoço e lanche da tarde. A comunidade escolar também terá acesso ao ensino médio.

O Sesi-SP desenvolve seu próprio material didático, um diferencial da metodologia conhecida como sistema Sesi-SP de Ensino que engloba processos de ensino, aprendizagem e pesquisa. Essa concepção educacional parte da perspectiva de que toda criança ou adolescente é capaz de aprender se lhe forem oferecidas boas situações de aprendizagem.

Agenda em outros municípios

Às 12h30, o líder empresarial assina com a prefeitura de Presidente Bernardes, na Câmara Municipal, convênio para a implantação do Programa Sesi Atleta do Futuro, que atende crianças e adolescentes.

Skaf segue para Presidente Prudente onde, às 15h30, visita a prefeitura local e, na sequência, às 16h, inspeciona obras do CAT Belmiro Jesus, naquela cidade. O último compromisso é um encontro com a diretoria do Ciesp de Presidente Prudente, às 17h.

Serviço

Data: 22 de fevereiro de 2013
Presidente Epitácio
9h30 – Inauguração da escola do Sesi em Presidente Epitácio
10h – Assinatura de escritura com a prefeitura de Santo Anastácio
Local: Av. Domingos Ferreira de Medeiros, 2-113 – Vila Recreio

Presidente Bernardes
12h30 – Assinatura de convênio com a prefeitura local para implantação do programa Sesi Atleta do Futuro
Local: Câmara Municipal – Rua Dr. Marcelo Drumond Tostes, 205

Presidente Prudente
15h30 – Visita à prefeitura municipal
16h – Inspeção nas obras do CAT Belmiro Jesus – Av. Ibrahim Nobre, 585 – Parque Furquim
17h – Reunião com a diretoria do Ciesp – Av. 11 de Maio, 2501 – Jd. Mariupiara

Leia mais

Giovane Gávio e Talmo de Oliveira participam de debate nesta terça (14/08) na Bienal do livro

Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

Os técnicos das equipes masculina e feminina de vôlei do Sesi-SP, Giovane Gávio e Talmo Curto de Oliveira, participam nesta terça-feira (14/08), às 15h, na 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, da mesa de debates “O Brasil Olímpico”.

O encontro será realizado no estande das editoras do Sesi-SP e do Senai-SP, localizado à Rua E 80, e discutirá a formação de atletas olímpicos e o trabalho do Sesi-SP no desenvolvimento de equipes de base de diversos esportes, dentre eles o vôlei, ganhador de medalhas de ouro e prata em Londres. Do total de atletas que participaram destas conquistas olímpicas, seis pertencem às equipes do Sesi-SP.

Após o debate, haverá o lançamento da Coleção Atleta do Futuro, formada por cadernos didáticos do programa. O material representará importante fonte de referência, pesquisa e apoio didático para docentes e profissionais ligados ao esporte.

Para ver a programação completa, clique aqui.

Sesi-SP: Skaf lança programa esportivo de vela para crianças e jovens do litoral norte

Lucas Dantas – Agência Indusnet Fiesp

Em agenda na manhã deste sábado (23/06) em Ilhabela, no litoral norte paulista, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria de (Sesi-SP), Paulo Skaf, lançou a nova modalidade esportiva do programa “Sesi-SP Atleta do Futuro“: a Vela.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835676

Paulo Skaf: expectativa é que, a partir de agosto, 200 jovens já estejam começando a aprender a velejar.

O objetivo do programa é o de propiciar oportunidade às crianças e adolescentes na faixa etária de 6 a 17 anos de começar o aprendizado à prática da Vela na categoria Optimist.

“Esporte é saúde. Esporte é educação. Quem pensa que um país se desenvolve sem educação, não sabe nada”, afirmou Skaf durante evento no Antigo Campo de Aviação, Pequeá, com presença do prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci.

Em entrevista à imprensa, o presidente da Fiesp e do Sesi-SP disse que a expectativa é que, a partir de agosto, 200 jovens já comecem a aprender a velejar. “Além da vela também vamos ter natação, vôlei, futsal, outras tantas modalidades. O Sesi tem investido pesadamente no esporte e aqui e em Ilhabela vamos iniciar esse trabalho com 1.000 jovens e na região de São Sabastião com mais 1.500 jovens”, completou Skaf.

A Vela foi o esporte escolhido para o programa por disseminar os valores olímpicos e unir grupos sociais para atingir objetivos. Por ser um esporte coletivo, a Vela ensina a trabalhar em grupo, valorizando o ser humano e o coletivo. Sua prática também respeita diferenças, regras, limites e lideranças.

Para viabilizar o programa o Sesi-SP realizou parcerias com a Sabesp e as prefeituras de Ilhabela e São Sebastião.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544835676

Turmas terão até 20 alunos, sempre com a instrução de profissionais.

As aulas

As aulas ocorrerão de segunda a quinta-feira, nos períodos da manhã e tarde, em horários não conflitantes com os da escola, na Praia Grande de Ilhabela e de São Sebastião.

As turmas terão até 20 alunos, sempre com a instrução de profissionais. Toda a coordenação do programa ficará a cargo da equipe técnica de esporte e lazer do CAT Ozires Silva, de São José dos Campos.

Além das aulas para os alunos da região, o Sesi-SP promoverá vivências exclusivas para os demais estudantes da rede Sesi-SP. Essas práticas serão realizadas às sextas-feiras em São Sebastião e aos sábados em Ilhabela. Os alunos da entidade ainda participarão de atividades extracurriculares ligadas ao meio ambiente e geografia nas quais terão a oportunidade de utilizar bússolas e aprender a ler mapas.

Atualmente, o Atleta do Futuro conta com 18 modalidades esportivas, atendendo a 50.355 alunos do Estado de São Paulo.

Veja no Fickr: a galeria de imagens do evento – fotos de Ayrton Vignola