Abese ressalta importância do seu selo de qualidade

Talita Camargo, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539927488

José Laércio de Araújo, da Abese: números mostram a amplitude de mercado para esse segmento de Sistemas Eletrônicos de Segurança. Foto: Everton Amaro.

O Selo de Qualidade Abese, regulamento criado pela Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese), prevê requisitos com características técnicas do setor e alinhamento de gestão empresarial e gestão de qualidade que devem ser seguidos e observados pelas empresas do segmento. A iniciativa foi um dos temas abordados pelo representante da Abese, José Laércio de Araújo, ao participar do “Seminário de Tecnologia em Segurança Brasil e Alemanha”, evento que aconteceu na manhã desta segunda-feira (10/09), na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

“Sempre se deve contratar empresas que possuem esse selo de qualidade, pois estão aptas a praticar as atividades de forma legal e têm como reclamar se houver um problema”, afirmou Araújo.

O representante da Abese explicou os objetivos da associação, que nasceu com o objetivo de representar seus associados. De acordo com as informações dele, o faturamento do setor em 2011 foi de R$ 1,8 bilhão e o crescimento nos últimos cinco anos foi de 11%. “Esses números mostram a amplitude de mercado para esse segmento.”

Araújo foi ressaltou a necessidade de uma legislação que regulamente o setor de segurança privada no país. “Das 18 mil empresas do setor no Brasil, são as que podemos detectar por serem legais. Mas num país sem legislação, há muito mais empresas na informalidade”.

O representante da Abese falou ainda das conquistas da associação, que incluem a criação de projetos de lei para regulamentar o mercado de segurança privada, a Federação Interestadual de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Fenabese), cartilhas para o consumidor final e a Exposex, maior feira de segurança eletrônica do país e hoje uma das maiores do mundo.

“É uma feira bastante importante para o segmento porque propõe negócios e amplia conhecimentos.”