Responsável pela reforma que criou a Galeria do Sesi-SP, Paulo Mendes da Rocha receberá medalha de ouro de instituto na Inglaterra

Agência Indusnet Fiesp

Responsável pela reforma que em 1998 deu ao prédio da Fiesp e do Sesi-SP na capital paulista a cara que ele tem hoje, com a construção de um mezanino onde foi instalada a Galeria do Sesi-SP, o arquiteto Paulo Mendes da Rocha receberá a medalha de ouro do Royal Institute of British Architects, na Inglaterra. A comenda é um reconhecimento pela sua obra, já premiada anteriormente com o Pritzker, considerado o “Nobel da arquitetura”.

A medalha será entregue no primeiro semestre de 2017. Já o prêmio foi instituído em 1948, devendo ser sempre ter o aval da rainha Elizabeth 2ª. O objetivo é destacar pessoas ou grupos que tenham colaborado de forma significativa para o desenvolvimento da arquitetura.

No sede da Fiesp e do Sesi-SP na Paulista, Paulo Mendes da Rocha recuperou a distância original entre o asfalto automotivo e a entrada principal da construção. Para conseguir esse efeito, o arquiteto fez um “corte” da laje do pavimento superior ao passeio público e recuou a laje inferior onde atualmente funciona o Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso.

O Centro Cultural da indústria paulista oferece, gratuitamente ou a preços populares, atrações diversificadas para todas as faixas etárias. Em 2008, recebeu o atual nome em homenagem à antropóloga Ruth Cardoso (1930-2008), incentivadora da educação solidária no Brasil.