Pagliacci é indicada a três categorias do Prêmio APCA 2017

Agência Indusnet Fiesp

Pagliacci, produção original do Sesi-SP, recebeu três indicações dos críticos da APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) para o prêmio 2017 destinado a peças em cartaz no primeiro semestre. Luis Alberto de Abreu concorre na categoria de melhor autor; Chico Pelúcio, na de melhor diretor, e o ator Fernando Sampaio – fundador da companhia de teatro LaMínima ao lado de Domingos Montagner – disputa o título de melhor ator pela peça.

Em cartaz de março a 2 de julho no Centro Cultural Fiesp, a montagem encantou 22.573 pessoas, que puderam sentir toda a magia e emoção do espetáculo idealizado por Sampaio e Montagner para celebrar duas décadas de uma das companhias mais importantes de circo do país, o LaMínima Circo e Teatro.

Na história, Fernando Sampaio vive o divertido palhaço Sílvio, que se apaixona pela esposa do chefe da trupe de palhaços em que atua. Enquanto esse triângulo amoroso se desenrolava, o público também se divertia com a situação da trupe, que decide abandonar suas origens e encenar um drama refinado.

Pagliacci inaugurou a mostra especial do Sesi-SP em homenagem à trajetória dos palhaços Agenor e Padoca, criados pelos atores Fernando Sampaio e Domingos Montagner.  Foram 20 anos da companhia contados em uma exposição inédita com figurinos e fotos, apresentações dos espetáculos de repertório, que fizeram a história do grupo, e apresentação da inédita Pagliacci, tudo com entrada gratuita.

Abaixo a lista dos indicados a melhores do primeiro semestre de 2017 pela APCA, divulgada nesta terça-feira (4 de julho):

AUTOR

Arthur Ribeiro e André Curti (Gritos)
Luis Alberto de Abreu (Pagliacci)

Pablo Capistrano e Iracema Macedo (Jacy)

ATOR

Fernando Sampaio (Pagliacci)
Gustavo Falcão (Race)
Sérgio Guizé (Oeste Verdadeiro)

ATRIZ

Adassa Martins (Se Eu Fosse Iracema)
Andrea Beltrão (Antígona)
Grace Passô (Vaga Carne)

DIRETOR

Chico Pelúcio (Pagliacci)
Eric Nowinski (Mil Mulheres e Uma Noite)
Gustavo Paso (Race)

ESPETÁCULO

Antígona
Jacy
Race

Que Monstro te Mordeu? é finalista do prêmio da APCA de melhor programa de TV de 2015

Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

A série infantil Que Monstro Te Mordeu? é uma das cinco finalistas ao prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) na categoria Melhor Programa de Televisão de 2015. Em junho, a série já havia vencido o Festival comKids – Prix Jeunesse Iberoamericano 2015, na categoria ficção de 7 a 11 anos. Agora, concorre com os programas Zorra (TV Globo), Lucky Ladies (Fox), Masterchef Brasil (Band) e Todas as Manhã do Mundo (Nat Geo).

Realizada pelo Sesi-SP, que investiu R$ 14 milhões no projeto, a série também reuniu como parceiros a TV Cultura, a Caos Produções e a Primo Filmes.

A primeira temporada, criada por Cao Hamburger e Teodoro Poppovic e produzida por Matias Mariani, teve a orientação pedagógica de profissionais da área de educação da entidade da indústria.

Exibida pela TV Cultura desde novembro de 2014, a série também chegou ao canal Discovery Kids em agosto deste ano.

Em 50 episódios de meia hora cada, a produção retrata o dia a dia dos habitantes de um lugar mágico e lúdico: o Monstruoso Mundo dos Monstros. Nesse lugar, sempre que uma criança humana desenha um monstro, a criatura ganha vida e retrata os sentimentos infantis.

Além de premiar os melhores do ano na televisão, a APCA também destaca as melhores produções do teatro, do teatro infantil, da dança, das artes visuais, do cinema, do rádio, da literatura, da música erudita, da música popular e da arquitetura.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545077636

A atriz Daphne Bozanski, da série Que Monstro te Mordeu?. Foto: Everton Amaro/Fiesp

‘O Homem de La Mancha’ vence em duas categorias no Prêmio APCA

Agência Indusnet Fiesp

O espetáculo “O Homem de La Mancha”, em cartaz no Teatro do Sesi-SP, venceu as duas categorias no Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA), divulgado nesta segunda-feira (01/12). O musical foi eleito melhor espetáculo (ao lado de “Pessoas Perfeitas”) e melhor ator, com o protagonista Cleto Baccic.

É a 59ª do Prêmio da APCA, que premia anualmente as melhores produções do ano e é considerado um dos mais importantes do teatro brasileiro e das artes em geral. A cerimônia de premiação será realizada no começo de 2015, mas a data ainda não foi definida.

‘O Homem de La Mancha’ concorre em duas categorias no Prêmio APCA

Agência Indusnet Fiesp

O espetáculo “O Homem de La Mancha”, em cartaz no Teatro do Sesi-SP, foi indicado a duas categorias no Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA), um dos mais importantes do teatro brasileiro. O musical concorre a melhor espetáculo e melhor ator, com o protagonista Cleto Baccic.

Os críticos de teatro da APCA se reuniram nesta segunda (24/11) para definir os indicados ao prêmio no segundo semestre. Os selecionados do primeiro semestre foram divulgados em agosto. A votação que vai escolher os ganhadores está programada para o 1º de dezembro.

‘A Madrinha Embriagada’ está no ranking dos melhores espetáculos do ano, anuncia APCA

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545077636

Elenco, equipe e produção posam para foto oficial da 100ª apresentação de "A Madrinha Embriagada", ocorrida em novembro. Foto: Ayrton/Vignola/Fiesp

A Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) indicou a comédia musical “A Madrinha Embriagada” – iniciativa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) – está entre os melhores espetáculos teatrais de 2013.

O Projeto Educacional em Teatro Musical do Sesi-SP também foi indicado ao Prêmio Especial. A peça com direção de Miguel Falabella é parte integrante da ação multidisciplinar do Sesi-SP como instrumento de formação de plateia.

Em cartaz no Teatro do Sesi-SP, no Centro Cultural Fiesp, “A Madrinha Embriagada” já foi assistida por mais de 46 mil pessoas. Em 2013, a peça fica em exibição até o dia 22/12 e retoma as atividades no dia 8 de janeiro de 2014.

A entrada do espetáculo é totalmente gratuita e as reservas são feitas via internet, mas o público ainda tem como alternativa disputar os 50 ingressos que são distribuídos a partir da abertura da bilheteria do teatro (quarta a sábado, das 13h às 21h; domingo, das 11h às 19h) no dia do espetáculo. Há ainda convites não retirados, que são liberados 15 minutos antes de as sessões começarem.

As reservas para janeiro de 2014 podem ser feitas a partir do dia 20 de dezembro no site do Sesi-SP.

Serviço

‘A Madrinha Embriagada’
Dias e Horários: Quartas, quintas e sextas, às 21h. Sábados às 16h e 21h. Domingos às 21h.
Local: Teatro do Sesi-SP – Avenida Paulista 1313, São Paulo.
Telefone: (11) 3146-7405
Reservas pelo site: http://www.sesisp.org.br/meu-sesi
Grátis

Projeto do Sesi-SP é indicado para prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte

Agência Indusnet Fiesp

A Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) anunciou os indicados ao seu prêmio, que reconhece os espetáculos que estrearam ou tiveram temporada no primeiro semestre de 2013. A boa notícia é que o Projeto Educacional do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) em Teatro Musical está entre os pré-selecionados, na categoria Prêmio Especial.

Os vencedores serão revelados em dezembro.

Por meio de  oficina de vivências, curso de formação de atores e a produção do espetáculo “A Madrinha Embriagada”, a iniciativa visa formar profissionais e o público para o teatro musical brasileiro.

“A Madrinha Embriagada”, por sinal, tem estreia programada para o público no dia 17 de agosto.




Sesi-SP conquista dois prêmios da APCA

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

A Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA) premiou nesta terça-feira (29) as melhores produções artísticas do ano de 2010. Entre os selecionados estão dois espetáculos produzidos pelo Sesi-SP: A peça de teatro infantil Quem tem medo do Curupira? e o Panorama Sesi de Dança.

Duda Arruk venceu na categoria direção de arte de teatro infantil com o espetáculo Quem tem medo do Curupira? O musical tem texto de Zeca Baleiro, que destaca personagens da fábula brasileira pouco explorados na dramaturgia. Vinte e três mil pessoas prestigiram a montagem no Teatro do Sesi São Paulo, durante a temporada de 2010.

Já Christine Greiner ganhou na categoria Modelo de Curadoria com a produção Panorama Sesi de Dança, que integra a programação fixa do Teatro do Sesi-SP. Desde 2001, o grupo apresentou mais de 80 coreografias para cerca de 35 mil pessoas.