Fiesp e Secretaria de Agricultura de SP assinam termo de cooperação para aquicultura

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

A Fiesp e a Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo assinaram nesta segunda-feira (31/8) um termo de cooperação para incentivar a produção da cadeia de pescado no Estado.  A assinatura ocorreu durante a reunião do Comitê da Cadeia Produtiva da Pesca e da Aquicultura (Compesca) da federação.

“Este setor representa geração de riquezas e muitos empregos, por essa razão criamos o Compesca. Temos essa ligação com o governo estadual e federal para estimular a produção de peixe. Todas as áreas, esportiva, extrativa e aquicultura, representam bastante para São Paulo”, disse Skaf após oficializar o convênio com a Secretaria.

Rubens Rizek, secretário adjunto da Agricultura e Abastecimento, também participou da assinatura. Ele afirmou que “o turismo de pesca é um grande negócio a se desenvolver no Estado de São Paulo”.

Na ocasião também foi apresentada pelo coordenador-adjunto do Compesca, Helcio Honda, a programação da II Semana Nacional de Pesca Esportiva, em Presidente Epitácio, interior de São Paulo, de 18 a 22 de novembro.

Ouça reportagem sobre pesca esportiva e aquicultura.

O ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho, participou do encontro na sede da Fiesp. Segundo ele, a cadeia de pesca esportiva gera mais de 50 mil empregos diretos e 100 mil indiretos.

“Outra característica da pesca esportiva é a sua capacidade de interiorização. Cidade distantes dos grandes centros atendendo o nosso país. O que vai nos levar a qualificar nossas profissionais”, disse Barbalho.

Ainda de acordo com o ministro, desde janeiro deste ano, o Ministério do Trabalho regularizou a situação trabalhistas de ao menos 60 mil trabalhadores da pesca esportiva.

Barbalho, Rizek e Skaf participaram de parte da reunião do Compesca na sede da Fiesp, que foi conduzida pelo coordenador do comitê, Roberto Imai.

Paulo Skaf durante assinatura de termo de cooperação para aquicultura entre Fiesp e Secretaria da Agricultura de SP. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp