Vicioni: Olimpíada do Conhecimento une tradição e progresso

Alice Assunção e Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545035239

Vicioni: expectativa é de vitórias do Senai-SP na competição. Foto: Junior Ruiz

A 7ª Olimpíada do Conhecimento, que começa esta semana, em São Paulo, deve desfazer um mito: o do antagonismo entre a tecnologia e os conceitos clássicos do ensino profissionalizante. A avaliação é do diretor regional do Senai São Paulo, Walter Vicioni, durante cerimônia de abertura do evento, na tarde desta segunda-feira (12/11).

A sétima edição do principal torneio de estudantes do ensino profissionalizante, vai testar conhecimentos de 640 alunos em 54 profissões que vão desde a manutenção aeronáutica até joalheria.

“Tradição e progresso não são inimigos. Eles andam junto. A tradição dos valores e da cultura e o progresso por responder às inquietações e avanços tecnológicos da indústria brasileira. São coisas que se associam e é isso que nós queremos mostrar nesta Olimpíada, que é possível conviver com o progresso e a tradição”, afirmou Vicioni.

De acordo com Vicioni, a expectativa é de vitórias do Senai-SP na etapa nacional desta Olimpíada.

“São Paulo vai ter um bom desempenho. E é natural, porque [o Senai-SP] é uma entidade que cuida bem do seu processo educacional e que usa bem a sua tecnologia. Evidentemente vamos colher os resultados deste processo”, completou.