Combate à pirataria tem novo circuito de visitas às alfândegas

Palestra na capital capixaba: dicas de como reconhecer uma mercadoria falsificada

Em atividade no Porto de Vitória (ES), a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) deu início, na semana passada (28/03), a um circuito de visitas às alfândegas brasileiras. O circuito faz parte do programa “Diálogos com Autoridades Públicas”, iniciativa da Fiesp voltada para servidores públicos da Receita Federal do Brasil (RFB) e de outros órgãos de fiscalização. O objetivo é prover informações que colaborem para a identificação de produtos piratas e de práticas ilegais que prejudicam o comércio.

Na primeira palestra realizada em 2012, na capital capixaba, a Fiesp apresentou dicas práticas de como reconhecer uma mercadoria falsificada e gráficos que comparam os preços da indústria formal com os praticados deslealmente pela pirataria.

A apresentação exibiu ainda todos os dados técnicos de certificações que devem constar na checagem dos produtos, além de mostrar um panorama dos problemas comuns enfrentados por diferentes setores da cadeira produtiva no combate à pirataria.

O programa “Diálogos com Autoridades Públicas” teve início em 2006. Desde então já foram realizadas 56 visitas a portos, aeroportos e pontos de fronteira para um total de mais de 2 mil servidores públicos de todo o Estado de São Paulo.