Senai-SP vai formar profissionais para setor aeronáutico

Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

O Senai-SP, o Ministério da Educação da França, a Embaixada da França e representantes de quatro grupos franceses do setor aeronáutico assinam nesta quinta-feira (8/03), às 10h, na sede da Fiesp, proposta de acordo para criação de um Centro de Formação Profissional para o setor aeronáutico.

O objetivo da iniciativa é desenvolver, conjuntamente, currículos, capacitação de professores e definição dos equipamentos que integrarão a única escola brasileira especializada na formação de profissionais para as áreas de manutenção e fabricação de aeronaves.

Essa é a primeira etapa para a construção do Centro Senai de Tecnologias Aeronáuticas, no Parque Tecnológico de São José dos Campos. A nova unidade da instituição será projetada para oferecer cerca de 5.800 matrículas/ano para cursos regulares e de Formação Inicial e Continuada para a manutenção e montagem de aviões e helicópteros.

A grade curricular contemplará as áreas de aviônicos (eletrônica embarcada), grupo motopropulsor (motores convencionais e a reação) e célula (estrutura e demais componentes das aeronaves).

O acordo será assinado por Paulo Skaf (presidente da Fiesp e do Senai-SP), Yves Edouard Saint-Geours (embaixador da França no Brasil), Laurent Mourre, (diretor geral da Thales Internacional Brasil), Bruno Gallard (presidente da EADS Brasil), François Hass (diretor-executivo nacional do Grupo Safran Brasil) e Jean-Marc Merialdo (diretor da Dassault Internacional Brasil).

Serviço
Parceria com Embaixada da França para criação do primeiro Centro de Formação Profissional do Senai-SP para o setor aeronáutico
Data/horário: 8 de março de 2012, às 10h
Local: Sede da Fiesp – Av. Paulista, 1313, 14º andar