Workshop Ciesp/Fiesp discute presente e futuro da mediação no Brasil

Solange Sólon Borges, Agência Indusnet Fiesp

A Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem Ciesp/Fiesp completa 20 anos de atuação e tem se fortalecido com a recente Lei n. 13.140/2015. Para discutir com profundidade seus aspectos, será realizado o workshop Presente e futuro da Mediação no Brasil, no dia 4 de novembro.

O evento será aberto com o painel Mediação e conciliação com a apresentação dos métodos consensuais de solução de conflitos com Fernanda Tartuce. Na sequência, os marcos regulatórios: Resolução 125 do CNJ, Novo Código de Processo Civil (CPC) e Lei de Mediação com a exposição de Ada Pellegrini Grinover.

Carlos Alberto Carmona tratará da Mediação Judicial: lei posterior e lei especial, compatibilidades, e no que a Lei de Mediação revoga o CPC. Já a Mediação em situações de desequilíbrio estará a cargo da juíza Valeria Ferioli Lagrasta Luchiari.

A mediação judicial no novo CPC, o regime jurídico dos terceiros facilitadores, direitos e deveres, e a audiência de conciliação/mediação são temas para o juiz Bruno Takahashi.

Na parte da tarde, Mediação extrajudicial com Célia Regina Zapparolli e as Cláusulas escalonadas e a Lei de Mediação com Fernanda Rocha Lourenço Levy. A Mediação empresarial é tema a ser desenvolvido por Daniela Gabbay, e o evento se encerrará com Desenho de sistema de resolução de disputas complexas com Diego Faleck.

A coordenação acadêmica do evento está sob responsabilidade de Ada Pellegrini Grinover, professora da Faculdade de Direito da USP, presidente honorária do Instituto Brasileiro de Direito Processual, vice-Presidente honorária da International Academie of Procedural Law e do Instituto Iberoamericano de Derecho Procesal, além de doutora honoris causa pela Universidade de Milão. Também responde pela coordenação, Kazuo Watanabe, desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de São Paulo, professor da Faculdade de Direito da USP e doutor honoris causa pela Universidade Keio (Japão). O professor Watanabe também participou da elaboração da Lei de Juizados Especiais de Pequenas Causas, do Código de Defesa do Consumidor, da Lei da Ação Civil Pública e da alteração do Código de Processo Civil de 1973.

 

A mediação

Trata-se de método consensual na resolução de conflitos, auxiliando as partes envolvidas a encontrar solução plausível. Entre as vantagens, celeridade, flexibilidade e eficiência. A mediação pode ser utilizada em disputas sobre direitos patrimoniais disponíveis, conflitos nos setores de construção, infraestrutura, relações societárias, relações contratuais (compra e venda, franquia, locação etc.), além de direito de família e conflitos internos de empresas e organizações. A Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem Ciesp/Fiesp foi criada em 1995, com gestão autônoma e independente, atende pessoas físicas e jurídicas, no âmbito nacional e internacional.

SERVIÇO

Data e hora: 4 de novembro, quarta-feira, das 8h30 às 18h30

Local: av. Paulista, 1313, Espaço Nobre, 15º andar

Clique aqui para saber mais sobre o evento.