Retrospectiva 2013 – Maior atuação e interlocução da indústria em todas as regiões do estado

Talita Camargo, Agência Indusnet Fiesp

“Pensar globalmente e agir localmente”. Com essa premissa, as entidades da indústria – a Federação e o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), o Serviço Social da Indústria (Sesi-SP) e a Serviço Nacional de Aprendizagem (Senai-SP) – no ano de 2013, atuaram em benefícios do desenvolvimento regional, desenvolvendo uma forte articulação e parcerias com prefeituras locais, visando valorizar cada cidade.

Ação regional em prol a educação

No mês de setembro, durante o São Paulo Skills, Paulo Skaf, realizou um encontro com diretores das bases regionais do Ciesp e diretores do Depar/Fiesp.

Paulo Skaf com empresários e diretores regionais. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

 

Ao falar aos empresários paulistas, Skaf destacou as iniciativas que as entidades da indústria protagonizam em prol da educação e qualificação profissional. “O que está acontecendo aqui é coisa de primeiro mundo. Em poucos países se vê o que está sendo mostrado hoje. Este é um trabalho que faz bem à indústria, ao país e ao nosso Estado”, afirmou.

Paulo Skaf entre os prefeitos de Cajati, Luiz Henrique Koga, e Penápolis, Célio José de Oliveira. No canto direito: Walter Vicioni, do Sesi-SP e Senai-SP. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Durante todo o ano, os diretorias regionais do Departamento de Ação Regional (Depar) da Fiesp realizaram forte articulação junto às prefeituras para divulgar e estimular a adoção do Sistema Sesi de Ensino em várias cidades.

No mês de dezembro, foi realizada a assinatura de convênio para implantação do Sistema nos municípios de Cajati e Penápolis, fruto da articulação dos diretores regionais com as autoridades dessas localidades.

Outros municípios que implantaram o Sistema Sesi de Ensino no ano de 2013 foram: Agudos, Anhembi, Araraquara, Bom Jesus dos Perdões, Cajati, Garça, Iperó, Jarinu, João Ramalho, Mairinque, Penápolis, Presidente Epitácio, Reginópolis, Tietê, Guaiçara e Itupeva.

No mês de fevereiro, o recém-empossado  prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, realizou uma visita à sede da Fiesp. O objetivo do encontro foi discutir as possibilidades de parceria na área educacional e de atuação conjunta na candidatura de São Paulo para sediar a Expo 2020, entre outros temas.

 

Estímulo à inovação em várias cidades 

Cerca de 50 empresários participaram de palestras no primeiro módulo do NAGI-PG, na Fiesp/Ciesp

A Fiesp, com o apoio do Ciesp e Senai-SP, promoveu uma verdadeira maratona de palestras, por várias cidades paulistas, para capacitar as indústrias a aproveitarem as potencialidades e oportunidades de negócios do setor de Petróleo e Gás.

Por meio do Núcleo de Apoio à Gestão e Inovação do Petróleo e Gás (Nagi-PG) foi desenvolvido um programa para estimular as empresas implantem a cultura da inovação, desenvolvam e forneçam seus produtos e serviços para a cadeia de P&G e aumentem o conteúdo local.

Além da capital paulista, as cidades contempladas com eventos do programa foram Sertãozinho São José dos Campos, Campinas, Mogi das Cruzes, Ribeirão Preto e Campinas.

Participantes do curso do Programa Nagi-PG visita a Refinaria de Paulínia. Foto: Colaboração Ciesp Campinas

No mês de abril, os participantes do Projeto Nagi-PG visitaram Refinaria Replan, na cidade de Paulínia, com o objetivo de conhecer os procedimentos de cadastramento e identificar oportunidades de projetos e negócios com empresas do setor de Petróleo e Gás. 

Ampliando negócios regionais 

Dois eventos, realizados em ano, tiveram o propósito de valorizar a vocação econômica regional e estimular mais oportunidades de negócios para as indústrias: a Feira Fenasucro e o Dia do Empresário da Indústria da Região de Campinas. 

Skaf (o segundo da esquerda para a direita) e autoridades na abertura da Fenasucro. Foto: Junior Ruiz/Fiesp

Na abertura da Fenasucro em Sertãozinho, no mês de agosto, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, ressaltou a importância da dos investimentos no setor. “[Essa feira] é a vitrine de um setor eficiente, e que faz muito bem ao Brasil”.

Ele afirmou, ainda, que sem investimentos o Brasil poderá enfrentar uma falta de combustível, com a necessidade de importação de gasolina.

Também no mês de agosto foi realizado o evento setorial “Dia do Empresário da Indústria da Região de Campinas”, um encontro para os novos associados das entidades sindicais participantes.

A apresentação, organizada pela Central de Serviços (CSER) da Fiesp, com o apoio da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), contou com a presença de presidentes de sindicatos e de representantes de aproximadamente 100 empresas.

Empresários conheceram os serviços oferecidos pelos departamentos da Fiesp. Foto: CSER

Durante o evento, representantes do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) de Campinas também mostraram o que as entidades oferecem aos empresários.

No mês de novembro, a Fiesp e o Ciesp realizaram sua maior rodada de negócios em 2013, com a participação de mais de 200 empresários. O evento visou proporcionar o contato com empresas dos mais segmentos, promovendo os primeiros contatos das pequenas e médias com grandes empresas.

Empresários aprovaram o formato “cara a cara” da Rodada. Foto: Everton Amaro/Fiesp

A rodada fomentou a relação comercial entre os participantes durante as reuniões agendadas previamente e foi uma oportunidade única para dinamizar compras e vendas de produtos e serviços em um mesmo local. “Para 2014, traremos novas oportunidades para as empresas paulistas na área de negócios”, adiantou o coordenador das rodadas e diretor de Produtos e Serviços do Ciesp, José Henrique Correa de Toledo.

 

Baixada Santista

No início de junho, foi oficializada a ampliação do terminal da Copersucar no Porto de Santos, em cerimônia que contou com a presença do presidente da Fiesp, Paulo Skaf, e de diversas autoridades, como o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, o ex-prefeito da cidade de São Paulo, Gilberto Kassab e o segundo vice-presidente da Fiesp, João Guilherme Sabino Ometto.

Paulo Skaf e o segundo vice-presidente da Fiesp, João Guilherme Sabino Ometto, observam maquete do novo terminal. Foto: Junior Ruiz/Fiesp

Na ocasião, Skaf defendeu a ampliação da capacidade portuária e ferroviária no Brasil: “sou um grande defensor da modernização dos portos. A MP dos Portos é muito positiva para o Brasil. Gera concorrência, o que traz maior eficiência e redução de custos. E é disso que precisamos: reduzir os custos dos serviços nesse país”, afirmou.

No mês de dezembro foi realizado, na sede da Fiesp, o Fórum para o Desenvolvimento do Polo Industrial de Cubatão, evento que reuniu especialistas, empresários e autoridades para discutir e buscar soluções para os principais problemas que entravam os processos de desenvolvimento do polo industrial do município.

Problema com logística foi tema de debate no fórum Megapolo Cubatão. Foto: Everton Amaro/FIESP

 

Na abertura do evento, Skaf destacou a importância da região. “A região metropolitana da baixada santista abriga quase 2 milhões de pessoas e tem uma importância tremenda por causa do Pré-sal. E é uma região que está com uma carga de oportunidade muito grande, o que é bom por um lado, mas por outro há uma necessidade de prever coisas e tomar providências para não agravar ainda mais os gargalos”.

Fiesp lança nova versão do sistema de Certificado de Origem on-line com assinatura digital

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

Sylvio de Barros, diretor do Depar/Fiesp, durante seminário e-Cool. Foto: Helcio Nagamine.

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) lançou nesta segunda-feira (22/10) o nova versão do Certificado de Origem on-line, com a implementação de assinatura digital,  um recurso que deixa o processo de exportação mais ágil, prático e seguro.

Sylvio de Barros, diretor-titular do Departamento de Ação Regional (Depar) da Fiesp, afirmou que a atualização da versão digital do Certificado de Origem deve “atender às necessidades das indústrias e das pessoas que usam os meios digitais”.

“Aproveitamos essa oportunidade para agradecer aos nossos funcionários e ao nosso sistema de TI (Tecnologia da Informação), que realmente colaboraram muito”, completou Barros.

A Fiesp é um dos principais emissores em São Paulo do Certificado de Origem, um documento necessário para a obtenção de tratamento preferencial ou cumprimento de exigências do país importador no processo de exportação.

A entidade também emite a Declaração de Livre Venda, documento que declara a ausência de qualquer restrição comercial, fitossanitária ou de natureza semelhante no país de origem.

Repensando o Brasil: A gestão pública


O governador do Estado de Minas Gerais, Antonio Anastasia, convidado da reunião do Conselho Superior de Estudos Avançados (Consea) da Fiesp, apresentou um panorama das ações da gestão pública mineira

 

Para visualizar ou baixar a apresentação acesso o menu ao lado

 

Agenda: Fiesp premia na segunda municípios que ‘fazem render mais’

Katya Manira, Agência Indusnet Fiesp

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) anuncia nesta segunda-feira (04/06), a partir das 15h, as cidades vencedoras do Prêmio Municípios que Fazem Render Mais.

Das 74 cidades inscritas em três categorias (até 50 mil habitantes, de 50 mil a 250 mil habitantes e acima de 250 mil habitantes), apenas 16 chegaram à final. Após quatro etapas de qualificação realizadas ao longo de um ano, as oito cidades destaques serão conhecidas durante evento na sede da federação, na capital.

O objetivo da premiação é identificar, reconhecer e disseminar as melhores práticas de gestão dos recursos públicos, valorizando os esforços voltados à melhoria da capacidade de planejamento, inovação e prestação de serviços das Prefeituras para os cidadãos.

Os 16 municípios finalistas são: Aguaí, Guararema, Ilha Solteira, Monte Mor, Santo Antonio da Alegria, Sud Mennucci, Araçatuba, Araraquara, Catanduva, Embu das Artes, Itapetininga, São Carlos, São João da Boa Vista, Taboão da Serra, Santos e São José dos Campos.

Serviço
Prêmio Municípios que Fazem Render Mais
Local: Av. Paulista, 1313 – 15º andar (Espaço Nobre)
Data/horário: 4 de junho de 2012, às 15h

Skaf e prefeito de Porto Ferreira conversam sobre projetos do Sesi/Senai-SP na região

Djalma Lima, Agência Indusnet Fiesp

O presidente da Federação e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp/Ciesp), Paulo Skaf, recebeu nesta quarta-feira (15), na sede da entidade, o prefeito de Porto Ferreira, Mauricio Sponton Rasi, acompanhado do diretor do Departamento de Ação Regional (Depar) da Fiesp, do empresário Hans Beran, e do vereador Luis Antonio de Moraes. A comitiva veio definir últimos detalhes da inauguração da nova escola do Sesi-SP naquele município, marcada para o próximo dia 11 de maio.

As novas escolas do Sesi-SP construídas no estado durante a gestão do presidente Paulo Skaf têm moderna concepção arquitetônica com amplas salas de aula, biblioteca com acervo atualizada, laboratório de informática, área de convivência, sala de ciência e tecnologia e ambientes de apoio a pais e professores. A escola de Porto Ferreira oferecerá ensino fundamental em tempo integral, ensino médio e educação de jovens e adultos.

Também nesta mesma data deverá será inaugurado o laboratório de cerâmica do Senai-SP, que funcionará no prédio do Sindicato da Indústria de Produtos Cerâmicos de Porto Ferreira e que se encontra na fase final de conclusão.

 

Ometto ressalta importância do interior paulista na economia do País

Agência Indusnet Fiesp,

O potencial econômico do interior de São Paulo e sua importância para a economia do estado e do País foram destacados pelo empresário João Guilherme Sabino Ometto, presidente em exercício Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), durante a reunião conjunta das Diretorias Regionais da Fiesp/Ciesp e Conselhos Consultivos das escolas Sesi e Senai, realizada nesta quinta-feira (22) na sede da federação.

“O interior paulista representa muito para nós, por isso temos que debater aqui, na Casa da Indústria, os nossos problemas”, destacou o empresário ao reafirmar a grande importância das entidades como Fiesp/Ciesp na luta pela produção, bem como as escolas do Sesi e do Senai na educação e formação profissional do trabalhador de São Paulo.

Segundo dados do Seade (2007), o PIB (Produto Interno Bruto) do interior paulista representa 44% de tudo que é produzido no estado de São Paulo e 15% do PIB brasileiro. Informações da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), do Ministério do Trabalho e Emprego (2008), mostram que o interior concentra 44% do emprego no estado e 13% do emprego no País.


Senai
O gerente Regional I do Senai, Adelmo Belizário, representando o Diretor Técnico da entidade, Ricardo Terra, destacou que a nova prioridade para as escolas é o investimento em inovação e tecnologia.

“O Senai tem que caminhar junto com a indústria. A entidade vai investir R$ 300 milhões, sendo R$ 150 milhões em obras e outros R$ 150 milhões em novos equipamentos. De 2004 até agora os investimentos no Senai atingiram R$ 800 milhões, informou Belizário.

Também participaram da reunião a diretora da Escola Senai, Eufemia Paez Soares que fez uma apresentação sobre Escola “Fundação Zerrenner” e Paulo Francini, diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp que mostrou uma visão da indústria para o momento atual e as expectativas futuras.

A reunião contou também com a presença de Rafael Cervone, presidente em exercício do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp).

Em Limeira, Skaf afirma: “juro alto é igual a desemprego”

Agência Indusnet Fiesp,

Durante a Ação Global Regional, realizada neste sábado (21), no Centro Municipal de Eventos de Limeira, o presidente da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp/Ciesp), Paulo Skaf, afirmou que “juro alto é igual a desemprego” ao falar para a imprensa da região de Limeira sobre a necessidade de redução da taxa Selic – “a segunda mais alta do mundo”.

Skaf disse também que queria ser otimista – “mas temos que ser realistas para tomarmos medidas e não apenas ficarmos acreditando que as coisas vão melhorar”, para ele, a economia nos EUA, nos principais países da Europa e Japão, deverá ter o PIB de 2009 fortemente reduzido e ficar entre 2 e 2,5% negativos, a China crescerá pouco mais de 5%, enquanto que o Brasil ficará entre zero e menos 0,5%.

Reafirmando que os juros têm que baixar, Paulo Skaf destacou que hoje a taxa Selic está no mesmo nível que em junho de 2008, quando estávamos no auge do crescimento do país. “Temos que reduzi-la ainda mais”.

“Quando lutamos pela extinção da CPMF o governo dizia que os programas sociais iriam acabar, que a saúde iria sofrer com a falta de recursos, e o que aconteceu? A arrecadação do governo aumentou duas CPMFs, e toda a sociedade brasileira foi beneficiada.” – reafirmou Skaf.

O prefeito de Limeira, Silvio Felix da Silva, que participou da entrevista coletiva do presidente Paulo Skaf, disse aos jornalistas: “Skaf começou a combater a crise mesmo antes que ela começasse, ao lutar contra a prorrogação da CPMF”, para ele este imposto onerava ainda mais o trabalhador e o setor produtivo brasileiro.

A Ação Global Regional é uma promoção do Sesi-SP e a EPTV Campinas, com o apoio da prefeitura local, tem caráter social, e oferece atendimentos gratuitos nas áreas de educação, saúde, meio ambiente, cultura, alimentação, esporte e lazer, além de serviços de cidadania e inclusão social.

O objetivo é utilizar a informação e a mobilização social como estratégia de inclusão e resgate da cidadania. Com o apoio de mais de mil voluntários, foram atendidas mais de 12 mil pessoas.

Pesquisa Sondagem Industrial da CNI – Regionais Bauru, Jundiai e Presidente Prudente

 

A Sondagem Industrial é uma pesquisa qualitativa realizada trimestralmente pela CNI e pelas Federações das Indústrias de 19 estados do país (AC, AL, AM, BA, CE, ES, GO, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PR, RJ, RN, RS, SC e SP).

A Sondagem Industrial foi iniciada no segundo trimestre de 1998, a partir da Sondagem Empresarial da Pequena e Média Indústria, que vinha sendo elaborada desde 1991.

A Sondagem tem como objetivo principal coletar informações sobre a evolução da atividade da indústria de transformação nacional, bem como identificar o sentimento dos empresários industriais. Tais informações ajudam na compreensão do desempenho da indústria brasileira, bem como na previsão de sua evolução futura.

Para visualizar ou baixar a publicação em seu computador, acesse o menu ao lado.

Estimativa Arrecadação de CPMF Municípios Paulistas (Nov/2007)

A Sondagem Industrial é uma pesquisa qualitativa realizada trimestralmente pela CNI e pelas Federações das Indústrias de 19 estados do país (AC, AL, AM, BA, CE, ES, GO, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PR, RJ, RN, RS, SC e SP). A Sondagem Industrial foi iniciada no segundo trimestre de 1998, a partir da Sondagem Empresarial da Pequena e Média Indústria, que vinha sendo elaborada desde 1991.

A Sondagem tem como objetivo principal coletar informações sobre a evolução da atividade da indústria de transformação nacional, bem como identificar o sentimento dos empresários industriais. Tais informações ajudam na compreensão do desempenho da indústria brasileira, bem como na previsão de sua evolução futura.

Para visualizar ou baixar a publicação em seu computador, acesse o menu ao lado.

Índice de Confiança do Empresário Industrial – Regionais FIESP – 2º Trim 2007

A Sondagem Industrial é uma pesquisa qualitativa realizada trimestralmente pela CNI e pelas Federações das Indústrias de 19 estados do país (AC, AL, AM, BA, CE, ES, GO, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PR, RJ, RN, RS, SC e SP). A Sondagem Industrial foi iniciada no segundo trimestre de 1998, a partir da Sondagem Empresarial da Pequena e Média Indústria, que vinha sendo elaborada desde 1991.

A Sondagem tem como objetivo principal coletar informações sobre a evolução da atividade da indústria de transformação nacional, bem como identificar o sentimento dos empresários industriais. Tais informações ajudam na compreensão do desempenho da indústria brasileira, bem como na previsão de sua evolução futura.

Para visualizar ou baixar a publicação em seu computador, acesse o menu ao lado.