Troféu José Finkel: atleta do Sesi-SP garante vaga na final dos 50m costas feminino

Talita Camargo e Lucas Dantas, Agência Indusnet Fiesp

No terceiro dia de competição do Troféu Jose Finkel de Natação, a atleta do Sesi-SP Gabriele Lima da Silva garantiu vaga na final dos 50 metros costas.

A nadadora de 17 anos competiu nesta quarta-feira (22/08) com o tempo de 29s14, abaixo da marca nas eliminatórias (29s09), mas o suficiente para ficar com o sétimo tempo geral e sair na raia 1 na final desta quinta-feira (23/08), no Sesi Vila Leopoldina, na zona oeste de São Paulo.

O melhor tempo das semifinais foi de uma atleta do Flamengo, Etiene Pires Medeiros, com 26s99, novo recorde da competição. A segunda foi Kelly Marie Subbins, também do clube carioca, com 28s36. Isabela Vicente Silva, do Corinthians, ficou em terceiro, com 28s92.

Ainda nessa prova, competiram nas eliminatórias outras atletas da entidade da indústria: Raine Rodrigues Almeida (30s91) e Olívia Blaya Frutuoso Salome (30s40). Também do Sesi-SP, Tayna Aparecida Santos disputou os 100 metros medley (01m10s94).

No masculino, brilha o medalhista olímpico

Nas provas masculinas, as atenções ficaram com Thiago Pereira. O medalhista olímpico (prata nos 400 metros medley em Londres-2012) bateu recorde sul americano no 100m medley, com 52s25. O recorde antigo de Thiago Pereira era de 52s35, em 2010.

Na mesma prova dos 100 metros medley, pela manhã, o atleta do Sesi-SP Jhonathan Mendes Silva fez o tempo de 1m01s45, competindo na raia ao lado do medalhista olímpico Thiago Pereira, que ganhara a bateria com facilidade, no tempo de 54s38.

Ainda nos 100 metros medley, o atleta do Sesi-SP Alan Galacini ficou em quarto lugar de sua bateria, com 1m00s53. Participaram dessa mesma disputa mais dois atletas do Sesi-SP: Vitor de Paula Lima Mafisolli (1m00s94) e Felipe Dias de Oliveira (58s82).

Pela manhã, o destaque foi para o nadador Guilherme Guido, do Esporte Clube Pinheiros. Ele superou seu recorde sul-americano do 50 metros costas, nadando em 23s31. Com o tempo atingido, Guido conseguiu o índice para o mundial de curta (23s74). Daniel Orzechowski, outro atleta do Pinheiros, também garantiu vaga para o mundial com o tempo de 23s71.

Clique aqui para ver a programação completa do campeonato.

Leia mais