Automóveis: IPI reduzido é prorrogado até 31 de dezembro, anuncia governo federal

Dilma Rousseff com o governador Geraldo Alckmin, prefeito Gilberto Kassab e ministro Fernando Pimentel no estande da Anfavea. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Agência Indusnet Fiesp, com informações do Blog do Planalto

Ao participar da cerimônia de abertura do 27º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, nesta quarta-feira (24/10), a presidente Dilma Rousseff anunciou a prorrogação da redução de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros até 31 de dezembro.

O regime especial iria terminar no final deste mês.

A presidente da República, segundo o blog do Planalto, defendeu a substituição da importação de componentes automotivos por outros fabricados no país e o novo regime automotivo brasileiro, o Inovar-Auto.

“Este país terá de ser um lugar no qual se gere elos e cadeia produtiva sustentáveis da indústria de autopeças, de automotores e transmissão (…), complementada com a produção internacional, mas aqui tem que ter essa produção. Não é possível que a gente ache que o nosso país não é capaz de gerar conhecimento científico e tecnológico na indústria automobilística. Nós queremos gerar tecnologia. Nosso país tem o desafio da produção, e produzir vai significar para o país ter uma enorme capacidade de inovar”, afirmou Dilma.