Na Bienal, Sesi-SP Editora lança o livro ‘1ª Mostra Literária do Sesi-SP’

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp

“O destino de uma criança/É de acreditar e ser feliz/Ser astronauta ou filósofo/Ou montar seus próprios gibis”. Essa é uma das estrofes do poema Profissão, do aluno do Sesi-SP de Santo Anastácio, Heitor Correia Montagnini Santos, uma das produções que faz parte do livro “1ª Mostra Literária do Sesi-SP”, lançado nesta sexta-feira (29/08), na Bienal Internacional do Livro, no Anhembi, em São Paulo.

A obra reúne contos, poesias e ilustrações dos estudantes de três níveis de ensino, finalistas da mostra literária nas três categorias. Os temas dos trabalhos foram definidos pela organização da iniciativa, que quis destacar o cotidiano dos alunos.

A primeira edição da mostra, realizada em 2013, resultou em cerca de mil trabalhos, que correspondem aos primeiros e segundos colocados em cada categoria de todas as escolas Sesi-SP do estado. Destes, foram selecionados pelos analistas técnicos educacionais de arte e de língua portuguesa as 19 produções que compõem o livro.

O livro com textos e ilustrações dos alunos do Sesi-SP: registros do cotidiano. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

O livro com textos e ilustrações dos alunos do Sesi-SP: registros do cotidiano. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

 

A supervisora de bibliotecas de toda a rede Sesi-SP e idealizadora da mostra literária, Enisete Malaquias, explica que o livro reflete o trabalho realizado na rede.

“O Sesi-SP tem um avanço com relação às outras escolas porque coloca em prática o trabalho do bibliotecário escolar. Hoje, há escolas que têm biblioteca, mas não uma biblioteca escolar, que vai além de estar lá para quando o aluno precisar, mas sim acompanha o professor, agregando no processo de ensino e aprendizado.”

Lançamento

Os alunos que mostraram seus trabalhos no livro estiveram no evento de lançamento, no estande da Sesi-SP Editora na Bienal. E agradeceram a oportunidade de participar do projeto.

“Espero que isso incentive outras pessoas a escreverem”, disse Marina Morales Rigueti, de 15 anos, estudante do 9º ano do Sesi-SP de Guararapes, que participou na categoria conto. “Recebi muito incentivo do bibliotecário e da professora, porque eles sabem que eu sempre gostei muito de ler e escrever. Quando recebi o resultado, foi uma emoção indescritível, algo que eu vou levar para a vida toda.”

Em seu discurso, Célio Henrique Garcia Chiquini, de 12 anos, agradeceu a mãe pelas ideias, a professora pelo apoio, a bibliotecária pelo incentivo e o Sesi-SP pela oportunidade de revelar novos escritores.

“Quando fiquei sabendo do concurso, comecei a pensar, mas não nenhuma ideia boa. Depois que eu vi o filme ‘Truque de mestre’, resolvi misturar os temas magia e literatura. E deu certo”, lembra o aluno do Sesi-SP de Garça. “Foi uma emoção muito grande ver meu conto publicado no livro.”

Guernica

Na categoria ilustração, Erivelton da Silva Pereira, de 16 anos, ficou em 1º lugar na sua faixa etária, representando o Sesi-SP de Suzano. “A proposta era fazer a releitura da obra “Guernica”, do Picasso. Minha ideia foi usar a ilustração para falar de obesidade. Fiquei muito feliz ao ver o livro”, conta o jovem, que pretende seguir carreira na área artística e fazer faculdade de design.

“Participei na categoria ilustração, mas gosto de escrever e desenhar”, disse Juliana Monteiro Peixinho, de 15 anos, aluna do 1º ano do ensino médio, do Sesi-SP de Mogi das Cruzes. Tendo como tema os grandes escritores brasileiros, a estudante fez uma caricatura de Ariano Suassuna. “Fiquei triste quando ele morreu, porque meu sonho era conhece-lo.”

Para Juliana, estudar no Sesi-SP foi fundamental para desenvolver o gosto pela leitura e pela escrita. “Ajudou muito, muito, muito. O Sesi-SP dá o maior apoio em todas as áreas, seja na ciência, no esporte ou na literatura.”

No fim do evento, o escritor José Santos, autor do livro “Matintapereira”, conversou com os estudantes sobre a importância da leitura e da biblioteca.

O estande da Sesi-SP Editora na Bienal fica na Rua I, no número 598. O evento segue até este domingo (31/08) no Anhembi.

Para conferir o catálogo completo da editora, só clicar aqui.