EFICIÊNCIA E PRODUTIVIDADE NO BRASIL: CONSTRUINDO UMA AGENDA DE ESTADO



Este seminário discutirá a necessidade de consolidação de agenda de Estado para melhoria da competitividade e modernização estatal. O Tribunal de Contas da União exporá estratégia de abordagem do tema, destacando ações para combate às disfunções na burocracia nacional, que geram impacto negativo no ambiente de negócios, prejudicando os serviços públicos, a eficiência da indústria e o desenvolvimento nacional. Participe!

PROGRAMA*

09h00 – Recepção

09h30 – Abertura

  • Rafael Cervone Netto, Vice-presidente da FIESP
  • Raimundo Carreiro, Presidente do TCU
  • Vital do Rêgo, Ministro do TCU


10h00 – Painel 1: Como a burocracia atrapalha a eficiência e a produtividade nacional.

O objetivo desse painel é apresentar uma análise sistêmica acerca do que o Brasil necessita para melhorar a produtividade e garantir maior eficiência aos setores públicos e privados. Ainda, serão discutidos os impactos da carga tributária no setor produtivo, bem como a necessidade de implementação de medidas de modernização do estado e desburocratização como forma de retomada da competitividade nacional.

Abertura e contextualização

  • Antonio Delfim Netto, Presidente do Conselho Superior de Economia da FIESPMesa redonda
  • Antonio Corrêa de Lacerda, Diretor da FEA da PUC São Paulo
  • Fernando Augusto Adeodato Veloso, Pesquisador do IBRE da FGV Rio de Janeiro
  • Márcio Holland de Brito, Diretor do Observatório das Empresas Estatais da FGV São Paulo


11h15– Painel 2: Produtividade como agenda de Estado

O objetivo desse painel é apresentar a estratégia do Tribunal de Contas da União na melhoria do cenário econômico brasileiro, buscando a redução da burocracia, com enfoque no índice Doing Business. Ainda, será apresentado estudo da FIESP acerca do Custo Brasil e sobre de como a produtividade da indústria nacional tem sido afetada pelos obstáculos fiscais e burocráticos.

  • Fernando Antonio Dorna Magalhães, Secretário de Controle Externo do Desenvolvimento Econômico do TCU
  • Fernando Camargo, Coordenador do Projeto Eficiência e Produtividade do TCU
  • Waldemir Paschoiotto, Secretário de Controle Externo de Santa Catarina e Coordenador de fiscalização nas disfunções burocráticas que afetam a indústria do TCU
  • Renato Corona, Gerente do Departamento de Economia, Competitividade e Tecnologia da FIESP


12h30 –  Encerramento

  • Abdo Antonio Hadade, Diretor-Titular do Comitê de Desburocratização

*programa sujeito a alteração.

 

Localização

Prédio da FIESP - Av. Paulista, 1313 - São Paulo/SP