Contribuição Sindical 2017 - FIESP

Contribuição Sindical 2017

Por uma indústria cada vez mais forte.

O ano de 2016 foi de conquistas para a indústria paulista.

Conheça as principais ações da Fiesp que tiveram impacto direto nos seus negócios e entenda a importância da Contribuição Sindical.

 

O investimento que sua empresa faz na contribuição sindical rende benefícios diretos.

Campanha do Pato demove governo de aumentar impostos

Em 2015 o Pato, símbolo da campanha contra o aumento de impostos, impediu a volta da CPMF. E em 2016, já com o novo governo, a mobilização, liderada pela Fiesp, continuou e ajudou a convencer o Ministério da Fazenda a não elevar a carga tributária.

Papel de destaque no impeachment
Quando ficou claro que o governo tinha perdido a capacidade de liderar o país, a Fiesp tomou a frente do movimento pelo impeachment, para destravar a economia e estancar a perda de empregos. Reuniu centenas de líderes empresariais de diversos setores e se manteve firme na defesa da mudança.

Pressão pela mudança de governo, para salvar o país
A Fiesp e centenas de entidades publicaram em março nos principais jornais do país – Folha de S.Paulo, O Estado de S. Paulo, O Globo e Correio Braziliense – anúncio gigante defendendo o “Impeachment Já!” da presidente da República. Com fundo amarelo, estendeu-se por 14 páginas do primeiro caderno dos jornais.

Defesa veemente da PEC dos Gastos
A proposta de limitar o crescimento dos gastos do governo teve desde seu lançamento o apoio da Fiesp. A medida dá sustentabilidade à economia do país e abre espaço para a redução dos juros.

Revertido o aumento da conta de energia
Os associados do Ciesp e as empresas dos sindicatos filiados à Fiesp ficaram desobrigados de pagar as parcelas da composição da CDE contestadas em ação ordinária declaratória contra a Aneel e a Eletrobrás, em que foi obtida tutela antecipada.

Alteração de itens do Bloco K e novo cronograma
A Fiesp, em coalização de federações, conseguiu a alteração das informações que serão enviadas no bloco K do Sped. Da iniciativa também resultou a mudança do cronograma de implantação, para empresas com faturamento somente acima de R$ 300 milhões de reais.

Bloqueado aumento do vale transporte no Grande ABC
Liminares obtidas em mandados de segurança coletivos contra os prefeitos de Mauá, Santo André e Ribeirão Pires impediram o aumento do custo do vale transporte para as empresas. Em Ribeirão Pires a prefeitura revogou o decreto que estabelecia a elevação.

Evitada elevação de 1.000% do custo de licenciamento ambiental
Mandado de segurança coletivo contra a diretoria da Cetesb resultou em liminar para impedir a modificação do cálculo do licenciamento ambiental em São Paulo, que resultaria em aumento de seu custo de mais de 1.000%.

Medidas contra o atraso na liberação de mercadorias em Santos e Viracopos
Liminares em mandados de segurança coletivos contra os inspetores chefes da Alfândega do Porto de Santos (SP) e do Aeroporto Internacional de Viracopos determinaram o desembaraço aduaneiro no prazo legal.

Consulta sobre sustação da NR-12
A Fiesp encaminhou consulta nacional no portal e-Cidadania, do Senado, sobre projeto que susta a aplicação da Norma Regulamentadora 12 (NR-12), que trata de segurança no trabalho com máquinas e equipamentos.

Aplicativo Ponte de Negócios auxilia compradores e vendedores
O aplicativo Ponte de Negócios, criado pela Fiesp, conecta empresas que querem comprar e vender. Ele organiza de forma prática os produtos e serviços a serem contratados, com informações como tipo de compra ou contratação, volume, locais de entrega e condições de fornecimento.

Câmara de Arbitragem cada vez mais atuante
Criada em 1995 a Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem Ciesp/Fiesp atende pessoas físicas e jurídicas, no âmbito nacional e internacional. Nestes 21 anos contabiliza 458 procedimentos. Em 2016, o número de casos de arbitragem cresceu perto de 30%.

Lançado o Observatório de Mercados Ilícitos
A Fiesp lançou o Observatório de Mercados Ilícitos, que analisa os efeitos nocivos da criminalidade sobre a indústria paulista e o real impacto dos mercados ilícitos na renda, empregos, impostos e competitividade das empresas.

Iniciativas para reduzir custo de FAP e RAT
A Fiesp propôs aos sindicatos a divulgação do posicionamento institucional do setor e a contribuição para implantar programas de segurança e saúde no ambiente de trabalho que resultem em ganhos de competitividade e retorno financeiro. A indústria pede a exclusão dos acidentes de trajeto e dos afastamentos de curto prazo (15 dias) do cálculo do FAP e a revisão do RAT, cuja última publicação ocorreu em 2009, além de sua regionalização.

Convenção da apostila diminui burocracia
A adesão à Convenção da Apostila, norma que reduz o tempo de processamento e o custo para a legalização de papéis no Brasil e no exterior, derivou de iniciativa da Fiesp, que fez formalmente o pedido à Presidência da República em 2014 e depois acompanhou de perto toda sua tramitação no Congresso, no Itamaraty e na Casa Civil.

Luta contra o convênio 93/2015 para empresas do Simples Nacional
A Fiesp e o Ciesp continuam atuando por meio de pleitos diretos junto à Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo e ao Confaz, no sentido de reforçar a ilegalidade da aplicação do Convênio nº 93/2015, e ingressarão como amicus curiae (entidade interessada na causa) nas ações diretas de inconstitucionalidade sobre a matéria em curso no STF.

VERSÃO PARA IMPRESSÃO DAS principais ações e SEUS benefícios

Pesquisas
Os estudos feitos pela Fiesp criam um retrato preciso da situação da indústria paulista e ajudam a manter sua competitividade. São levantamentos sobre confiança, intenção de investimento, nível de atividade e emprego, comércio exterior e dezenas de outros temas.

Serviços
Empresas filiadas aos sindicatos patronais ganham descontos negociados pela Fiesp em dezenas de serviços e produtos.