Sobre o Deconcic

HISTÓRICO

Sendo palco natural para os debates sobre o desenvolvimento da indústria e o crescimento econômico do país, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) congrega desde sua fundação empresários da Cadeia Produtiva da Construção.

A história do Departamento da Indústria da Construção (Deconcic) tem seu início em meados da década de 1980. Naquela época, formou-se a Comissão da Indústria da Construção (CIC), que desenvolveu diversos projetos, com destaque ao Congresso Brasileiro da Construção – ConstruBusiness , que até hoje é o principal fórum de debates, diagnósticos e propostas para o desenvolvimento do setor.

Em 2004, durante a primeira gestão do Presidente Paulo Skaf, o setor da construção paulista passa a ser representado na Fiesp através do Comitê da Cadeia Produtiva da Indústria da Construção (Comcic), evolução direta dos trabalhos realizados pela CIC com as entidades participantes.

Tendo o Comcic alcançado merecido destaque, o setor recebe maior estrutura dentro da Fiesp, com a criação do Conselho Superior da Indústria da Construção (Consic) e do Departamento da Indústria da Construção (Deconcic), em 2007.

Enquanto o Consic tem como missão atuar estrategicamente como painel de ideias, propondo estudos, soluções técnicas e políticas na área da construção, o Deconcic procura fortalecer o setor, a partir de projetos e ações em consonância com o Conselho, destinados a conduzir os interesses setoriais junto às instituições públicas e privadas.

Vinculado à estrutura do Departamento, o Comitê da Cadeia Produtiva da Mineração (Comin), representa a indústria da extração mineral, segmento industrial de base da cadeia da construção. Estes órgãos estão articulados para ações conjuntas em prol do desenvolvimento e competitividade dos setores mineral e da construção de forma sustentável.

POR UM SETOR MAIS COMPETITIVO

O Departamento da Indústria da Construção – Deconcic da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo reúne mais de 100 entidades da cadeia produtiva em todos os seus elos.

Ao longo de sua atuação, o Deconcic, em conjunto com as entidades representativas, tem apresentado sistematicamente uma agenda propositiva nas áreas de desenvolvimento urbano e infraestrutura econômica, temas considerados prioritários para o crescimento do setor e da economia brasileira.

Reconhecido como um dos principais fóruns de debate sobre medidas estruturantes para a cadeia produtiva da construção, o Deconcic trabalha para remover entraves e melhorar a competitividade do setor.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Visite cada uma das áreas transversais e etapas produtivas do Mapa da Cadeia Produtiva da Construção. Clique aqui.

AÇÕES DO DEPARTAMENTO
  • Realização do ConstruBusiness – Congresso Brasileiro da Construção, que apresenta diagnóstico, projeções e propostas para o setor.
  • Coordenação do Programa Compete Brasil, conjunto de ações para aumentar a competitividade do setor e acelerar o desenvolvimento urbano e da infraestrutura econômica do Brasil.
  • Coordenação do site Observatório da Construção, que reúne diversas informações, estatísticas e análises.
  • Organização e coordenação de grupos de trabalho para atender demandas específicas do setor, buscando qualidade, produtividade, segurança e sustentabilidade.  (GT Materiais e Componentes da Construção Civil – Ciclo de Vida, GT Segurança em Edificações e subgrupos, GT Responsabilidade com o Investimento, GT Construção Industrializada, GT BIM – Modelagem da Informação da Construção)
  • Publicações de estudos técnicos setoriais.
  • Promoção e apoio a eventos sobre temas de interesse do setor.
  • Missões empresariais internacionais em busca de sustentabilidade, por meio de tecnologias industrializadas e racionalizadas, além de inovações para a construção brasileira.

voltar ao Observatório da Construção

PUBLICAÇÕES:

 

ConstruBusiness – Cadernos Técnicos – O Congresso Brasileiro da Construção – ConstruBusiness, organizado pela FIESP desde 1997, é um dos principais fóruns de discussão de políticas públicas para a Cadeia Produtiva da Construção, com ativa participação do Setor Privado, do Governo e da Sociedade. Cada edição tem caderno técnico com todas as propostas feitas pelo setor. Para acessar todas as publicações, clique aqui
Responsabilidade com o Investimento: criar novas leis ou ajustar as existentes?: A publicação é fruto de uma série de debates promovida pelo DECONCIC, a partir do seu Grupo de Trabalho sobre o tema, que teve participação ativa de representantes da cadeia produtiva, do setor público e de áreas técnicas da FIESP. O caderno trata dos obstáculos ao bom ritmo de execução de obras no País, afetando o desempenho da Indústria da Construção, a competitividade das empresas e a qualidade de vida da população.Para acessar a publicação, clique aqui
Segurança Jurídica: Os aspectos políticos, legais e econômicos no Brasil e na América do Sul. (2010) – Apresenta um panorama jurídico das relações entre o Brasil e seus principais parceiros comerciais na América do Sul na área de construção – Argentina, Chile, Colômbia, Peru e Venezuela –, em perspectiva comparada.
Para acessar a publicação, clique aqui.
Estudo da Cadeia Produtiva do Asfalto: Diagnóstico de problemas e proposições de aprimoramento. (2009) – O relatório identifica os principais gargalos da cadeia do asfalto no Brasil, apresentando proposições que auxiliem os agentes do setor a superar as dificuldades encontradas.
Para acessar a publicação, clique aqui.
O papel dos produtos de Amianto na cadeia da construção civil: Dimensão econômica e efeitos concorrenciais. (2009) – O relatório dimensiona a importância dos produtos da cadeia do amianto na construção civil, tanto na perspectiva da geração de emprego e renda como em seu papel na estrutura concorrencial e na formação de preços do setor.
Para acessar a publicação, clique aqui.
Precatórios:  Uma solução definitiva. (2009) – O relatório apresenta propostas para disciplinar o pagamento dos precatórios de todos os entes federativos, auxiliando no debate sobre o tema, a fim de que a melhor proposta, sob os pontos de vista econômico, financeiro e jurídico, possa ser escolhida.Para acessar a publicação, clique aqui.
Proposta de Política Industrial para a Construção Civil: Edificações. (2008) – O estudo apresenta através de análise de dados, os aspectos prioritários para contribuir com a modernização da indústria da Construção Civil, especificamente no subsetor de edificações, por meio de propostas de ações conjuntas do Estado e do setor privado.Para acessar a publicação, clique aqui.

voltar ao Observatório da Construção