imagem google
Início do conteúdo

Vôlei feminino do Sesi-SP vence Praia Clube e conquista vaga na semifinal da Copa Brasil

Como o masculino, meninas passam por uma quarta-de-final difícil, mas vão para a próxima fase e encaram o Rio de Janeiro

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp

Em um jogo difícil, nesta quinta-feira (16/01), o time de vôlei feminino do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) conseguiu vencer a quarta-de-final da Copa Brasil contra a equipe do Banana Boat/Praia Clube por 3 sets a 1. As parciais foram de 24/22, 11/21, 21/19 e 21/15.

O time titular da partida foi formado por Dani Lins, Fabiana, Suelle, Ivna, Dayse, Bia e a líbero Suellen. Entraram Carol Albuquerque e Neneca.

As duas semifinais acontecem nesta sexta-feira (17/01) entre Sesi-SP x Rio de Janeiro e Vôlei Amil x Minas.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1537513167

Sesi-SP venceu a quarta-de-final e enfrenta o Rio de Janeiro nesta sexta (17/01) na semi. Foto: Alexandre Arruda/CBV

Logo no primeiro set, o Sesi-SP já mostrou competência em todos os fundamentos e abriu uma diferença de quatro pontos, ficando com o primeiro tempo técnico com 7 a 3. O Praia Clube reagiu, empatou em 13 a 13 e dificultou o set. Na disputa ponto a ponto no fim da partida, deu Sesi-SP: 24 a 22. O Praia Clube entrou com vontade no segundo set e marcou 7 a 1 logo no começo.  O Sesi-SP não conseguiu passar pelo bloqueio do time mineiro e também não acertou o ataque e perdeu o set por 21 a 11.

As duas equipes voltaram com tudo para o terceiro set e alternaram a liderança durante todo o tempo. Mas o Sesi-SP levou a melhor e venceu por 21 a 19. No quarto set, a disputa continuou equilibrada, mas o Sesi-SP foi mais eficiente, em especial no ataque – com destaque para a oposto Ivna – e no bloqueio, e aos poucos foi aumentando a diferença no placar, até fechar o set e o jogo com 21 a 15.

A ponteira Dayse, que fez o último ponto do jogo, destacou a preparação da equipe para a quarta-de-final. “A gente veio preparada, estudamos muito para jogar contra o Praia Clube, porque na Superliga perdemos para elas. Hoje colocamos em prática o que estudamos, fizemos tudo certo, por isso conseguimos ganhar”, disse a jogadora do Sesi-SP, em entrevista para a SportTV.