imagem google
Início do conteúdo

União e SP financiam pesquisa no setor de recursos hídricos

Foco é indústria para benefício com tecnologia voltado ao reuso de água

Solange Sólon Borges, Agência Indusnet Fiesp

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e o governo do Estado de São Paulo assinaram no começo do mês um convênio de R$ 60 milhões para financiar pesquisas relacionadas ao tratamento de água e esgoto pela Sabesp. A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) esteve presente na cerimônia de assinatura do convênio.

O programa contará com recursos da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) com foco em projetos de inovação em tecnologias de reutilização da água e redução do impacto ambiental das estações de tratamento. Outro ponto é a secagem do lodo gerado a partir do tratamento do esgoto e transformação dos resíduos do esgoto em energia, inclusive etanol.

A Fiesp há mais de uma década incentiva o reúso da água por meio de debates e oficinas, além de homenagear as empresas que adotam medidas efetivas na redução do consumo e do desperdício de água. Para isso, o Prêmio Fiesp de Conservação e Reúso de Água encontra-se em sua 10ª edição e, ao longo desses anos, contabilizaram-se 162 projetos por mais de 100 empresas de diversos segmentos e portes. Juntos, esses projetos geraram economia superior a 95 milhões de metros cúbicos de água por ano, com investimentos superiores a R$ 490 milhões. Até 2014, os 43 finalistas pouparam cerca de 43 milhões de metros cúbicos de água por ano.

Clique aqui para saber mais.