imagem google
Início do conteúdo

Sociedade precisa conhecer importância da segurança em edificações

Membros do Grupo de Trabalho de Segurança em Edificações Departamento da Indústria da Construção se reuniram na manhã desta quinta-feira (29/05)

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

Membros do Grupo de Trabalho (GT) de Segurança em Edificações da  Federação das Indústria de São Paulo (Fiesp)  se reuniram na manhã desta quinta-feira (29/05), na sede da entidade.  Em pauta, a importância da divulgação para a sociedade civil de temas ligados à segurança de prédios e edifícios.

Para Valdemir Romero, diretor do Departamento da Indústria da Construção (Deconcic) da federação, é interessante trabalhar na divulgação do tema. “A segurança em edificações precisa ser divulgada com o envolvimento de toda a cadeia da construção civil”, diz.

Na sua visão, o GT precisa operar como divulgador e condensador das demandas do setor.  “É preciso haver união do setor para termos poder de influenciar os tomadores de decisão”.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1537701266

Grupo de Trabalho: importância de informar a sociedade. Foto: Tamna Waqued


Romero aproveitou para assinalar que os temas tratados pelo grupo são múltiplos. “Não existe apenas a questão elétrica quando falamos sobre segurança em edificações, existe uma outra gama de fatores envolvidos nesse quesito, como instalação de gás, hidráulica, fundação, encanamentos”, apontou.

Ainda durante o encontro, foi apresentada a reportagem “Manutenção de rede elétrica ajuda a evitar sobrecarga em casas e apartamentos”, veiculada no dia 6 de maio de 2014, no jornal SPTV, da TV Globo.

Outro tema levantado pelo grupo foi a cartilha “Autovistoria – Avaliação Predial”, referente à Lei Estadual do Rio de Janeiro número 6.400/2013. Para o consultor e membro do GT, Hilton Moreno, a cartilha “é um guia bem escrito, e completo, que pode servir de cartilha para futuras leis e demandas”.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1537701266

Carlos Roberto Soares Mingione, presidente do Sinaenco-SP participou do encontr

Mobiliário urbano

A segurança em mobiliários urbanos foi o tema de encerramento da reunião. Mobiliário urbano é toda peça e equipamento instalado em meio público, tais quais lixeiras, coletores diversos rede de água, rede de luz e energia e caixas de coleta.

Foi sugerida, durante a reunião, a criação de um GT especifico para tratar de questões ligadas ao mobiliário urbano.

Carlos Roberto Soares Mingione, presidente do Sindicato da Arquitetura e da Engenharia Regional de São Paulo (Sinaenco-SP) participou do encontro.