imagem google

Skaf defende aumento do teto de faturamento para o MEI

Presidente da Fiesp concedeu entrevista à Rádio Capital

Agência Indusnet Fiesp,

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, defendeu nesta quarta-feira (11/3) o aumento do teto de faturamento do Micro Empreendedor Individual (MEI) de R$60 mil para R$120 mil.

“Hoje o MEI tem um teto de faturamento por ano em que ele paga um pouquinho de impostos. Estamos lutando para ampliar para R$120 mil e isso vai fortalecer, dar alivio a esse micro empreendedor”, afirmou Skaf em entrevista à Rádio Capital.

Ele destacou ainda a reunião com as principais centrais sindicais na sede da Fiesp na segunda-feira, quando foi criado o comitê de ação permanente contra o aumento de impostos no Brasil.

Ouça na íntegra declaração de Paulo Skaf