imagem google

Sesi-SP vence a terceira no Sul-Americano, fica em primeiro e enfrenta Boca Juniors

Time superou peruanas por 3 sets a 0 e fechou a fase sem perder nenhum set

Lucas Dantas, Agência Indusnet Fiesp, de Osasco

Desta vez não teve o susto da noite anterior. Com muita tranquilidade, a equipe feminina do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) venceu na noite desta sexta-feira (07/02) o Club Nacional Perú pelo placar de 3 sets a 0 (25/18, 25/18 e 25/18), em jogo válido pelo Sul-Americano de Clubes. A partida foi disputada no ginásio José Liberatti, em Osasco.

Com a vitória, o Sesi-SP enfrentará o Boca Juniors na semifinal, neste sábado (08/02), às 17h. Na outra semifinal, as donas da casa enfrentarão as peruanas. A final será no domingo (09/02), às 21h, no mesmo local.

Sem Ju Costa, poupada para recuperar-se de uma contratura nas costas , o técnico do Sesi-SP, Talmo de Oliveira, escalou o time com Fabiana, Dani Lins, Dayse, Ivna, Suelle, Bia e a líbero Suellen.

Usando a força máxima desde início, o Sesi-SP não deu chance às peruanas. As rivais tentavam acompanhar o ritmo, mas o time paulista foi abrindo vantagem com calma, usando todas as possibilidades de jogo através de Dani Lins, que distribuía bolas para todas as opções de ataque. Quem mais aproveitou foi Fabiana, que marcou cinco pontos e liderou o time para fechar o primeiro set em 25/18.

O segundo set foi igual ao primeiro em tudo: Sesi-SP sobrando em quadra e fazendo o essencial para vencer, sem tomar sustos. Bia fechava bem o bloqueio, enquanto Dayse e Fabiana demoliam as adversárias com ataques precisos. Dayse, inclusive, começou a deixar sua marca marcando 14 pontos nas duas primeiras etapas. De tão similar ao primeiro set, o segundo também acabou 25/18 para o Sesi-SP e faltava apenas um para confirmar a liderança.

No terceiro set, o cenário não mudou. Inclusive o placar. As peruanas chegaram a esboçar uma reação, mas as meninas de Talmo estavam bem em quadra. Suelle no saque abriu seis pontos de vantagem para deixar o time com gordura necessária até fechar novamente em 25/18 e garantir a primeira colocação.