imagem google
Início do conteúdo

Sesi-SP tem 15 atletas convocados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para Toronto 2015

Delegação paulista é a maior entre todos os clubes e entidades nacionais

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

A delegação brasileira convocada para os jogos Parapan-Americanos de Toronto-2015 contará com 15 atletas do esporte do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), além de um técnico. Anunciada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), o Brasil será representado por 270 atletas (175 homens e 95 mulheres) competindo em quinze modalidades qualificatórias para os Jogos Paralímpicos Rio-2016. Os Jogos Parapan-Americanos 2015 acontecerão entre os dias 07 e 15 de agosto, no Canadá.

A equipe do Sesi-SP é a maior em número de competidores convocados no país. Fazem parte da lista atletas consagrados como Verônica Hipólito, do atletismo; cinco jogadores do goalball, um de bocha e oito competidores no voleibol sentado.

O técnico do goalball do Sesi-SP, Diego Gonçalvez Colletes, também carimbou seu passaporte para Toronto. Membro da comissão técnica da seleção brasileira desde 2002 e presente nos Jogos de Atenas, Pequim, vice campeão em Londres e campeão mundial de Goalball na Finlândia, ele comemora a convocação de seu time.

“A convocação é o resultado de um trabalho desenvolvido dia a dia com os atletas. Vamos representar o Sesi-SP com cinco competidores com nível internacional, e estar com eles nesse momento é muito gratificante. Essa é uma grande oportunidade para esses jovens, com idade entre 18 e 20 anos e que possuem um futuro promissor. Isso ficará marcado na carreira e na vida de cada um deles”.

Desenvolvido na unidade do Sesi-SP Mogi das Cruzes, o time de goalball foi criado em 2013 e atualmente é composto por 22 atletas masculino e feminino. O primeiro título veio logo no primeiro ano de formação com a conquista da Copa Brasil de Goalball feminino. Já no ano seguinte, a equipe feminina sagrou-se campeã regional sudeste e campeã paulista, título também conquistado pelo time masculino.

Voleibol Sentado

Ronaldo Gonçalves, técnico da equipe feminina de voleibol sentado, também comemorou a convocação de sua equipe para os jogos de Toronto. “Somos a equipe com maior número de convocados e isso é um passo gigante para o Sesi-SP. Temos a oportunidade de desenvolver ainda mais o time que foi formado em 2009 e em pouco tempo atingiu um ótimo desempenho e ganhou visibilidade. Os Jogos de Toronto serão como um simulado do que vai acontecer no Rio em 2016 e podemos ter o mesmo número de atletas convocados ou aumentar”.

Criado em 2009, as equipes feminina e masculina de voleibol sentado do Sesi-SP são grandes potencias do esporte paralímpico nacional. Desenvolvida na unidade de Suzano, a modalidade conta atualmente com 29 atletas.

O time feminino é composto pelos principais talentos da modalidade como as jogadoras Gilvania Lima, Janaina Petit, Nathalie Filomena Silva e Suellen Cristina Dellagenlica, medalhistas de prata nos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara, no México. Tricampeã brasileira e paulista, a equipe feminina ainda tem no currículo o bicampeonato da Copa Max Feffer e o tetracampeonato do Troféu Sérgio Del Grande.

No masculino, os destaques ficam para Alan Tadeu, Diego da Silva e Fabrício Silva medalhistas de ouro nos Jogos Parapan-Americanos, realizado em Guadalajara, no México. O time também foi campeão paulista e brasileiro em 2014 e sagrou-se pentacampeão do Troféu Sérgio Del Grande.

Rendimento esportivo

As modalidades de rendimento esportivo paralímpico estão presentes no Sesi-SP desde 2009, desenvolvendo o trabalho na inclusão de pessoas com deficiência por meio do esporte. O voleibol sentado foi a primeira atividade, iniciada na cidade de Suzano.

A partir de 2011 a unidade investiu na bocha paralímpica, futebol de sete para paralisados cerebrais e atletismo para cadeirantes. Com o avanço do projeto, outras unidades passaram a receber as modalidades adaptadas. Santo André desenvolve o atletismo e Mogi das Cruzes o goalball masculino e feminino, para deficientes visuais.

Com os resultados do projeto dentro e fora do Brasil, ajudando no crescimento do esporte paralímpico nacional e contribuindo para seu crescimento internacional, atualmente o Sesi-SP conta com 90 atletas distribuídos em cinco modalidades.

Relação de atletas convocados:

Verônica Hipólito (atletismo)
Guilherme Germano Moraes (bocha)
Ana Carolina Custodio (goalball feminino)
Gleyse Priscila Portioli (goalball feminino)
Simone Camargo Rocha (goalball feminino)
Alex de Melo Sousa (goalball masculino)
Josemarcio da Silva Sousa (goalball masculino)
Fabricio da Silva Pinto (voleibol sentado masculino)
Andressa Luiza Santos (voleibol sentado feminino)
Edwarda de Oliveira Dias (voleibol sentado feminino)
Gilvania José de Lima (voleibol sentado feminino)
Gizele Maria da Costa Dias (voleibol sentado feminino)
Janaina Petit Cunha (voleibol sentado feminino)
Nathalie Filomena de Lima (voleibol sentado feminino)
Suellen Cristine Dellangelica Lima (voleibol sentado feminino)