imagem google
Início do conteúdo

Sesi-SP “repatria” Sidão e Gustavão para o vôlei masculino

Presentes no início do projeto, em 2009, gigantes voltam para Vila Leopoldina

Lucas Dantas, Agência Indusnet Fiesp

Mantendo sua fama de time com grandes bloqueadores, o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) apresenta Gustavo e Sidão para a temporada 2015-2016 do vôlei masculino. A dupla já conhece a casa e ajudou a montar o primeiro elenco da Vila Leopoldina, ainda em 2009.

Os atletas chegam para ser os centrais de Marcos Pacheco com bagagem e conhecimento de Sesi-SP de sobra. Gustavão é o mais alto jogador da Superliga e duas vezes melhor bloqueador da competição. Sidão é um dos maiores ídolos da Vila Leopoldina e titular da Seleção Brasileira.

Presentes em 2009, no nascimento do projeto, Sidão e Gustavão conquistaram a Copa São Paulo e o Campeonato Paulista juntos no mesmo ano. Sidão já era experiente e da Seleção Brasileira, enquanto seu parceiro ainda buscava o espaço no vôlei nacional. Um “garoto”, como o próprio diz.

“Naquela época, eu era um garoto buscando espaço. Hoje tenho mais experiência e rodagem para ajudar o time. Foi uma grande oportunidade estar no primeiro ano do Sesi-SP e ajudar nesse grande projeto. Hoje é uma equipe de alto nível e uma das melhores estruturas do país”, disse Gustavo Guazzelli Bonatto, com 2,15 metros, também o maior jogador em atividade no Brasil.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1537603934

Gustavão e Sidão voltam para a temporada 2015-2016 do vôlei masculino do Sesi-SP. Foto: Lucas Dantas

Gustavão começou a carreira na base do UCS de Caxias do Sul, em 2002, onde foi campeão gaúcho em 2005. Em 2007, já no Joinville, foi vice-campeão sul-americano de clubes e eleito melhor bloqueador da Superliga 2008-2009, antes de chegar ao Sesi-SP.

Na Vila Leopoldina, o camisa 13 na época conquistou o Paulista e a Copa São Paulo de 2009 e ajudou o time a chegar em quarto na primeira Superliga disputada. Gustavão deixou o Sesi-SP para ganhar cancha no Campinas, onde trabalhou com Marcos Pacheco e foi novamente o melhor bloqueador do campeonato nacional em 2012. Pela Seleção Brasileira, o jogador conquistou a medalha de prata na Liga Mundial de 2014, na Itália.

Com 12 centímetros a menos que seu parceiro, Sidão é o típico caso do “bom filho a casa torna”. Também participou do início do projeto Sesi-SP. Sidnei dos Santos Júnior esteve presente nos principais momentos da história da equipe, como a Superliga e o Sul-Americano de 2011, além dos três títulos paulistas.

“Estou muito feliz por ter voltado. Realmente, aqui é a minha casa. Vamos ter muito trabalho pela frente, o nível está muito alto, mas a expectativa é ótima”, disse Sidão, garantindo que trabalho não vai faltar e a torcida pode ter esperanças de uma grande temporada.

“Os objetivos são alcançados quando trabalhamos muito e pensamos positivamente. A torcida pode esperar sempre muita vontade e garra do time, isso não vai faltar e é a base para o sucesso. Temos um grande time e vamos buscar os títulos”, finalizou.

Sidão é um colecionador de títulos. De Superliga são dois, um com a Cimed em 2008, e o do Sesi-SP em 2011. Paulistas são três pelo time da Vila e um com o Taubaté, em 2014. Mas é pela Seleção que o camisa 9 mostra suas credenciais. São quatro títulos de Liga Mundial 2006, 2007, 2009, 2010), um Campeonato Mundial (2010) e duas Copa dos Campeões (2009, 2013), além da prata em Londres (2012).

Gustavo Guazzelli Bonatto
Posição: Meio de rede
Altura: 2m15
Peso: 113kg
Nascimento: 02 de janeiro de 1986 em Caixas do Sul (RS)

Sidnei dos Santos Júnior
Posição: Meio de rede
Altura: 2m03
Peso: 98kg
Nascimento: 09 de julho de 1982 em Taubaté (SP)