imagem google

Sesi-SP promove concurso Acelera – Jovens em Ação para alunos do ensino médio da rede

Iniciativa estimula o empreendedorismo e o protagonismo juvenil por meio de projetos de produtos ou eventos esportivos

Agência Indusnet Fiesp,

O Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) promove, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) e o Sebrae-SP, a segunda edição do concurso “Acelera – Jovens em Ação”, inspirado na temática “Sesi-SP contribuindo para o legado social e empreendedor dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016”.

Destinado a alunos do ensino médio matriculados na rede do Sesi-SP, o concurso prevê a elaboração de um projeto com foco nas áreas de desenvolvimento do produto e evento esportivo. O objetivo da iniciativa é promover ações que fomentem, entre o público juvenil, o empreendedorismo, o protagonismo e a interação de competências. Os projetos devem mobilizar e estimular a comunidade a conhecer a importância da prática de atividade e do esporte, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida.

Para participar, os alunos devem montar equipes mistas, compostas por no mínimo dois estudantes e no máximo oito. A participação é gratuita e os alunos interessados deverão procurar a direção de suas escolas para obter detalhes de como participar.

No ato da inscrição, a equipe deve selecionar qual a temática do trabalho, segundo as seguintes categorias: produto com foco em performance esportiva; produto associado a um software (APP); evento associado à inclusão social; e evento associado à promoção da cultura esportiva. Os projetos vencedores na linha de eventos serão subsidiados pelo Sesi-SP e deverão ser realizados nos meses de novembro e dezembro.

Serão avaliados os seguintes critérios para a seleção dos trabalhos: apresentação do projeto, características empreendedoras da equipe; e descrição e clareza das informações apresentadas em cada um dos itens do projeto.

Todas as escolas da rede receberam treinamento e capacitaram um tutor para acompanhar os projetos inscritos. As equipes participantes também poderão realizar um curso on-line do Sebrae. As informações detalhadas estão disponíveis com os tutores de cada escola.

Serão feitas seletivas locais e regionais. A última fase será a estadual, a ser realizada na capital paulista. A previsão é reunir até 52 projetos na final, que passarão pelo crivo de uma banca de investidores e empresários. Os melhores projetos serão convidados a continuar suas ações para estimular os alunos a desenvolver seu próprio negócio.

Clique aqui para saber mais sobre o concurso.