imagem google

Sesi-SP homenageia o radialista Salomão Ésper em Santa Rita do Passa Quatro

Unidade receberá o nome do apresentador do Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes, em solenidade no município do interior paulista, nesta quarta-feira (19/02)

Agência Indusnet Fiesp

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), Paulo Skaf, homenageará, nesta quarta-feira (19/2), em Santa Rita do Passa Quatro, no interior paulista, o jornalista e radialista Salomão Ésper, que comanda o Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes, há 36 anos.

A escola do Sesi-SP na cidade, que funcionava em um prédio da prefeitura, ganhou nova sede, no Jardim Itália, em agosto de 2012. E terá Salomão Ésper como patrono. Com a transferência de local, os alunos foram beneficiados não apenas com as modernas instalações, mas passaram a estudar tempo integral, dando continuidade ao projeto do Sesi-SP de oferecer ensino de qualidade o dia todo em todas as suas unidades do estado até 2015. Com essa proposta, os alunos realizam vivências complementares de esporte, arte, cultura e tecnologia e recebem alimentação saudável e balanceada supervisionada por nutricionistas.

A escola do Jardim Itália tem 12 salas de aula, duas áreas de convivência, uma biblioteca escolar com acervo atualizado, laboratório de informática educacional com 37 computadores, um laboratório de ciência e tecnologia, uma sala multidisciplinar, quadra esportiva coberta com vestiários e ambientes administrativos, amplos e confortáveis, para atendimento aos pais e professores.

Ésper e os alunos do Sesi-SP em Santa Rita do Passa Quatro: homenagem. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Ésper e os alunos do Sesi-SP em Santa Rita do Passa Quatro: homenagem. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


O Sesi-SP começou a implantar seu novo modelo educacional em 2007 com o objetivo de oferecer, além do ensino fundamental em tempo integral, ensino médio e a possibilidade de estudar, simultaneamente, em um curso profissionalizante do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP).

 O  patrono

Salomão Ésper nasceu em Santa Rita do Passa Quatro, em 26 de outubro de 1929. Jornalista e radialista, formado em Direito pela Faculdade de Direito da USP, é um dos nomes mais representativos do radiojornalismo no Brasil.

Uma de suas maiores características é seu português impecável e sua voz grave, com tom sempre firme.

Tendo começado como locutor em 1948, na Rádio Cruzeiro do Sul, ele foi para a Rádio América, que pertencia ao Grupo Bandeirantes, quatro anos depois. Lá, ocupou o cargo de superintendente por vários anos.

Hoje, apresenta o Jornal da Gente ao lado de José Paulo de Andrade e Rafael Colombo, na Rádio Bandeirantes de São Paulo (AM 840-FM 90,09). O programa é sucessor de uma atração famosa, o Trabuco, de Vicente Leporace.

Uma curiosidade: quando menino, Ésper gostava de ficar em uma padaria ouvindo rádio. Não pensava que essa seria sua profissão e nem tão pouco que teria uma carreira de sucesso e tão duradoura. Só na Rádio Bandeirantes, ele está há cinco décadas.

Ésper é viúvo e tem três filhos.

Roda de capoeira

Na mesma solenidade, em Santa Rita do Passa Quatro, o Sesi-SP vai oficializar a prática da capoeira como modalidade esportiva em suas escolas.

Amplamente disseminada no país, a capoeira contribuirá para uma reflexão crítica da história nacional e da valorização da cultura brasileira, bem como o debate político, socializador e promotor da igualdade racial.

Alunos do Sesi-SP em Santa Rita do Passa Quatro em roda de capoeira: cultura brasileira. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Alunos do Sesi-SP em Santa Rita do Passa Quatro jogam capoeira: cultura brasileira. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


Para o Sesi-SP, a prática terá como objetivos valorizar a cultura afro-brasileira, desenvolver habilidades e capacidades motoras e ampliar a prática de diferentes modalidades esportivas.

Nessa fase inicial, serão contempladas as escolas de Americana, Assis, Boituva, Brotas, Ferraz de Vasconcelos, Guararapes, Hortolândia, Itapeva, Itapetininga, Jaboticabal, Jardinópolis, Leme, Lençóis Paulista, Limeira, Mococa, Nova Odessa, Pirassununga, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Salto, Santa Rita do Passa Quatro, Santana de Parnaíba, São Roque, Sumaré, Tambaú, Vinhedo, Votuporanga, e E.E. Carvalho (na capital). A meta é atingir 3.360 estudantes.

Em uma segunda etapa, também serão incorporadas as unidades de Catanduva, Cerquilho, Descalvado, São Carlos, Santo Anastácio, Monte Alto, Mirandópolis e Jundiaí, somando mais 960 praticantes.