imagem google
Início do conteúdo

Sesi-SP encara Unilever para se manter na parte de cima da classificação

Jogo acontece nesta sexta-feira (21/02), no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro

Lucas Dantas, Agência Indusnet Fiesp

A primeira fase da Superliga Feminina de vôlei já está chegando em sua definição. Mesmo faltando cinco pontos para o final, a diferença das três primeiras colocadas para o time do Serviço Social da Indústria (Sesi-SP) é difícil de ser alcançada. A Unilever, que está na terceira colocação, tem 52 pontos, 14 a mais que o Sesi-SP, com 38. Sabendo que será muito complicado tirar essa contagem em cinco jogos, a meta é a classificação em quatro lugar, para garantir a vantagem de dois jogos em casa nas quartas de final.

E nesta sexta, contra a própria Unilever, às 20h, no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, o Sesi-SP buscará a vitória para manter-se à frente do Brasília Vôlei, que perdeu seu último jogo para o Pinheiros, e continuou com 35 pontos. Para a ponteira Suelle, o time chega mais descansado para a partida de sexta, mas não pode esperar nenhuma facilidade contra uma equipe que ainda não perdeu no returno e acumula oito vitórias seguidas.

“Chegamos mais descansadas, com mais tempo para treinar. Nas últimas três partidas, nós vínhamos de um acúmulo muito grande e agora pudemos parar um pouco. Ajuda, mas sexta teremos um jogo muito difícil. O time delas tem alguns problemas de contusões, mas não perde há muito tempo e quase não erra”, disse a dona da camisa 4 , que também falou sobre os sets perdidos da equipe no último jogo contra o Osasco.

“Não podemos ter mais apagões como tivemos nos últimos jogos. Contra a Unilever, na Copa Brasil (primeiro set da semifinal, o time vencia por 17-8 e permitiu a virada em 18-21), teve, contra o Osasco, abrimos seis, sete pontos e perdemos. Não pode perder o foco, temos que ficar atentas até o final. Contra uma equipe forte, nós não podemos perder um set praticamente ganho desta maneira e temos que trabalhar para acabar com isso de uma vez. Eu acredito que cada uma de nós tenha que estar pronta e não perder o controle. Saber que precisamos rodar logo, quebrar o saque do outro lado. Contra a Unilever, que comete poucos erros, temos que redobrar nossa atenção”, completou Suelle.

No primeiro turno, o Sesi-SP perdeu para a Unilever na Vila Leopoldina por 3×1. Após o confronto desta sexta, o time da Vila Leopoldina encontrará dois rivais diretos na luta pelo quarto lugar na tabela: São Bernardo, dia 25/02, e Brasília, 06/03. Suelle e companhia ainda enfrentam o Maranhão, dia 11/03, e fecham a fase de classificação contra a Uniara, dia 14/03.

Serviço

Superliga 2013/2014
Evento: Unilever x SESI-SP
Data: 21 de fevereiro (sexta-feira)
Horário: 20h
Local: Ginásio Tijuca Tênis Clube – Rua Conde de Bonfim, 451 – Tijuca – Rio de Janeiro – RJ