imagem google
Início do conteúdo

Sesi-SP confirma favoritismo e vence na estreia do Sul-Americano de vôlei por 3 sets a 0

Jogo marcou o retorno de Ju Costa às quadras; equipe volta a atuar nesta quinta (06/02)

Talita Camargo, Agência Indusnet Fiesp

Sem muita dificuldade, a equipe do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) impôs sua maior experiência e venceu o Universidad Politecnica, da Colômbia, por 3 sets a 0 (parciais de 25/09, 25/09 e 25/06), em sua estreia pela Copa Sul-Americana de vôlei feminino. O jogo aconteceu na noite desta quarta-feira (05/02), no ginásio José Liberatti, em Osasco, casa do Molico/Nestlé.

Mesmo conscientes de sua superioridade técnica, as brasileiras não perderam a concentração. “O maior respeito que podemos mostrar ao adversário, mesmo que seja um time com técnica inferior, é jogar com seriedade. E foi isso que fizemos: nenhuma das nossas jogadoras aliviou o jogo e nosso time da de parabéns hoje, porque entrou muito focada”, elogiou o técnico do Sesi-SP, Talmo de Oliveira.

Para ele, essa foi uma oportunidade de rodar bastante o time e colocar todo mundo para jogar. “Isso foi importante, pois assim conseguimos trabalhar bem o time todo”, explicou.

A ponta Ju Costa retornou às quadras depois de dois meses e meio afastada por contusão. “Poder entrar num jogo como este, depois e tanto tempo parada, é super positivo. Voltar com vitória é muito bom”, declarou a jogadora ao afirmar que, independente do adversário, o Sesi-SP deve fazer o seu melhor. “Temos que manter o nosso padrão de jogo e não baixar o nível, porque o nosso objetivo é muito maior”.

O jogo

O Sesi-SP abriu a vantagem logo no primeiro set, com 04/01 e não demorou para ter o primeiro tempo técnico a seu favor, com 08/03 e o segundo em 16/08 – na competição, os sets obedecem às regras tradicionais, com disputas de 25 pontos.

Depois de uma disputa de bola entre as equipes, Daisy colocou a boa no chão e garantiu o 21º ponto da equipe brasileira, o que obrigou o treinador adversário a pedir tempo. Mas não adiantou: Ivna finalizou o set aos 18’01, em 25/09.

O Universidad Politecnica abriu o placar, no início do segundo set, mas em menos de um minuto, o Sesi-SP logo se recuperou e abriu a diferença para 05/01. Talmo de Oliveira poupou Dani Lins, Fabiana e Suelen. O primeiro tempo técnico a favor do Sesi-SP foi logo aos 4 minutos de jogo, em 08/03. Carol Albuquerque usou a experiência e marcou de segunda o 12º ponto do Sesi-SP, que chegou ao segundo tempo técnico em 16/07. O time adversário fez um ponto de bloqueio, mas Ju Costa finalizou o set em 25/09, aos 18’31”.

No terceiro set, Talmo poupou Bia e Ivna, que foram substituídas por Fran e Neneca. No saque seguido de acertos de Carol Albuquerque, o Sesi-SP abriu vantagem quatro pontos. O primeiro técnico foi em favor do Sesi-SP novamente, em 08/02. A sequência de acertos do time brasileiro fez o placar deslanchar e chegar ao segundo tempo técnico nos 10 minutos, em 16/03. Foi Daisy quem decidiu a partida aos 16’48”, em 25/06.