Senai-SP está engajado na Indústria 4.0, afirma Skaf em São Caetano

Com investimento de R$ 63,2 milhões, nova escola é referência no ensino de Mecatrônica

Agência Indusnet Fiesp 

“O que o Senai São Paulo está fazendo aqui é referência para o Brasil e para o mundo”, disse nesta sexta-feira (25 de agosto) o presidente da Fiesp e do Senai-SP, Paulo Skaf, ao inaugurar em São Caetano do Sul a Escola Senai Armando de Arruda Pereira, considerada centro de excelência e referência no ensino de Mecatrônica. “E não é só esta aqui. Todas as nossas escolas são centros de excelência.”

Com ênfase na Indústria 4.0, caracterizada pela integração e controle à distância da produção, a partir de sensores e equipamentos conectados em rede, a escola de São Caetano do Sul trabalha integrada com outras unidades do Senai-SP, explicou Skaf. “Muitos projetos são parte daqui, parte de outras escolas. A rede Senai São Paulo está realmente engajada na quarta revolução industrial, na Indústria 4.0, neste momento de inovação pelo qual o mundo está passando.”

O investimento na nova escola de São Caetano do Sul foi de R$ 63,2 milhões. O novo prédio conta com 36 laboratórios, 9 salas de aulas e 2 oficinas de práticas profissionais. Também há biblioteca com acervo técnico atualizado, quadra poliesportiva e auditório para 150 pessoas. O projeto arquitetônico recebeu 6 prêmios, entre eles, o Prêmio Os Melhores das Artes em 2016, obra vencedora na categoria arquitetura, da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA).

Além dos modernos laboratórios, a escola tem o primeiro UpLab, espaço para o desenvolvimento de projetos e criação de “Startups”, respondendo a uma demanda mundial.

E seu Demonstrador de Manufatura Avançada – Indústria 4.0 – está equipado com robôs, célula de soldagem, sensores, gravadores a laser e centros de usinagens, resultado de parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), 20 empresas, 6 startups e 2 institutos de ensino. Ele se insere no conceito de “OpenLab”, que possibilita às empresas testar tecnologias e aos alunos aprender, na prática, a manufatura avançada.

A nova unidade do Senai-SP em São Caetano oferece os cursos Técnicos de Mecatrônica e Tecnologia em Mecatrônica Industrial. Em nível superior, há oferta do Curso Superior de Tecnologia em Mecatrônica Industrial e pós-graduação nas áreas de Automação Industrial; Indústria 4.0; Robótica Integrada às células de Manufatura; Gestão de Projetos e da Produção; Projeto, Manufatura e Análise de Engenharia Auxiliados por Computador (CAD/CAM/CAE); e Eficiência Energética.

Os cursos de Formação Inicial e Continuada abrangem as áreas tecnológicas da Metalmecânica, Eletroeletrônica, Automação, Segurança, Logística, Tecnologia da Informação, Gestão e Design.

Em 2016 a unidade realizou 5.607 matrículas nas modalidades de ensino oferecidas.

Paulo Skaf na nova escola do Senai em São Caetano do Sul. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

 

“A Indústria 4.0 lança mudanças significativas na forma de pensar das empresas, na busca por conhecimentos e estratégias de produção e vendas. Cada vez mais, as empresas precisam estar preparadas para conviver com tecnologias como inteligência artificial, robótica, nanotecnologia, impressão 3D e biotecnologia”, afirmou Skaf. E o Senai-SP tem papel importante em sua implantação no país.

No mês de abril, um dos mais renomados especialistas em Indústria 4.0 do mundo desembarcou pela primeira vez no Brasil, para discutir, na Fiesp, estratégias para a indústria na era digital. O guru do Marketing Digital é diretor do programa de gestão geral da Harvard Business School. Além de falar a empresários, autoridades e empreendedores, em evento da Fiesp, Sunil Gupta teve a oportunidade de conhecer a escola do Senai-SP em São Caetano do Sul.

Em sua visita, Gupta ficou impressionado com a planta da Indústria 4.0 e a maneira como a entidade lida com o tema. “O que vocês fazem aqui é realmente incrível. Vocês estão em contato com o que está acontecendo e treinando as pessoas do jeito certo”, afirmou o especialista. Ele também disse que a educação prática, um dos pilares do ensino no Senai-SP, é o futuro da educação.