imagem google

São Sebastião e Ilhabela renovam convênio e iniciam formação esportiva em vela

Juntas, as cidades do litoral norte atendem, por meio do Programa Atleta do Futuro, cerca de 1500 crianças em diversas modalidades

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp, de São Sebastião

Mostrando a diversidade de modalidades esportivas e o aproveitamento da estrutura de cada cidade, o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) renovou, nesta sexta-feira (21/03) o convênio do Programa Atleta do Futuro (PAF) com as cidades de Ilhabela e São Sebastião. Somadas, as duas cidades do litoral norte atendem cerca de 1500 crianças em várias modalidades, com destaque para a vela.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542760095

Nilce Signorini e Alexandre Pflug com o documento do convênio logo após a assinatura. Montanaro (com uniforme preto) representou o presidente do Sesi-SP, Paulo Skaf. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Os convênios foram assinados pelo diretor de esportes e qualidade de vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug; Nilce Signorini, vice-prefeita de Ilhabela; Fabio Figueiredo Lopez, secretário de esportes de São Sebastião; e José Bosco Fernandes de Castro, superintendente da Sabesp, empresa parceira do PAF no litoral norte.

O gestor da modalidade de vôlei do Sesi-SP, José Montanaro Júnior, representou o presidente Paulo Skaf e aconselhou os futuros campeões. “O Sesi-SP entende o esporte, antes de tudo, como uma ferramenta educacional. Por isso, aproveitem essa oportunidade e acreditem em vocês. Sonhem com os olhos abertos, sonhem em ser grandes campeões. Valorizem cada palavra do que o professor diz para vocês. Os valores que vocês vão aprender aqui, vão levar para a vida toda. E é desses valores que o Brasil precisa.”

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542760095

Prática da vela atraiu interesse de muitos jovens. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Em São Sebastião, o PAF oferece 500 vagas para os esportes: futebol, futsal, futebol de areia, voleibol, basquete, tênis de mesa, vela, judô, xadrez e natação. Ilhabela tem mil vagas, nas modalidades futebol, futsal, voleibol, basquete, tênis de campo, vela, jiu-jitsu, natação, rugby, atletismo e dança.

Mais do que aproveitar a estrutura das duas cidades litorâneas, o Atleta do Futuro usa o mar para desenvolver a prática da vela, que atraiu muitos interessados e trouxe grandes resultados. Tanto que São Sebastião se tornou um polo de formação esportiva do Sesi-SP nessa modalidade, para treinar atletas de alto rendimento.

Um exemplo do sucesso da parceria no Atleta do Futuro é o atleta Pedro Luiz Marcondes Corrêa, de 16 anos, que já ganhou regatas nacionais e internacionais. Ele começou na vela fazendo um curso básico oferecido em São Sebastião. Por meio do PAF, seguiu treinando e começou a participar de competições, obtendo boas colocações. Já participou em competições no México, Itália, Estados Unidos, Portugal, Chile.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542760095

Regata celebrou assinatura do PAF. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Pedrinho, como é conhecido, ganhou recentemente o Sul-americano na categoria byte, realizada na Represa de Guarapiranga, e seu próximo desafio é a Olimpíada da Juventude, na China, e o Mundial de Byte, na Itália. Além de prêmios, o atleta diz que ganhou muito mais com o esporte.

“Na vela, tem dias que a gente não vai tão bem em uma regata. É como na vida: temos que aprender a dar a volta por cima, ter garra, perseverança, humildade e nunca abandonar seus sonhos.”

Tendo Pedrinho como exemplo, outros alunos da vela também querem ser campeões. Praticando Vela há seis meses, André dos Santos Silva Júnior, de 11 anos, tem metas ambiciosas. “Já aprendi muitas coisas, conheço as regras de regata, sei dar jibe, bordo, 360, 720”, conta o aluno, que diz que melhorou seu desempenho na escola depois que começou no esporte. “Quero ser um velejador mundialmente conhecido.”

No fim da solenidade, os alunos realizaram uma regata, que foi acompanhada pelos maratonistas aquáticos do Sesi-SP, Mariana Serrano e Lucas Cortini, que caíram no mar com a turma da vela.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542760095

Nadadores do Sesi-SP acompanham regata. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp