Saiba mais sobre a mostra 'Leonardo da Vinci, a natureza da invenção' - FIESP

Saiba mais sobre a mostra ‘Leonardo da Vinci, a natureza da invenção’

Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos para a celebração do quinto centenário de nascimento do artista

Agência Indusnet Fiesp

Parte do acervo do Museo Nazionale della Scienza e della Tecnologia Leonardo da Vinci (MUST), em Milão, na Itália, desembarca no Brasil no começo de novembro para uma mostra inédita na Galeria de Arte do Sesi-SP, no Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso. A exposição interativa “Leonardo Da Vinci: a natureza da invenção”, uma parceria do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) e da Universcience (organização francesa criada em 2010 a partir da fusão Cidade da Ciência e da Indústria e do Palácio da Descoberta de Paris), reúne mais de 40 peças e dez instalações interativas que marcaram e representam a trajetória de um dos maiores gênios que a humanidade conheceu.

Os projetos foram produzidos por pesquisadores e engenheiros, em 1952, para a celebração do quinto centenário de nascimento de Leonardo da Vinci (1452-1519). As peças foram apresentadas ao público em 1953 e ainda podem ser vistas no MUST, espaço que reúne a maior e mais antiga coleção de modelos e estudos históricos sobre Leonardo, com base em seus desenhos e códigos. Antes do Brasil, a mostra já passou por Paris e Munique, respectivamente. Os modelos construídos a partir de desenhos e estudos deixados por Leonardo revelam um pouco mais de sua figura precursora e de seus inventos presentes no dia a dia do século XXI.

Entre 11 de novembro e 10 de maio de 2015 será possível conhecer de forma interativa esses objetos e imagens que contam a história do grande artista-engenheiro do século XV. O material exposto pertence à Universcience e ao Museo Nazionale della Scienza e della Tecnologia Leonardo da Vinci e, para esta mostra, está traduzido em três diferentes línguas: português, inglês e italiano, além de inscrições em braile.

Para o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Sesi-SP, Paulo Skaf, a arte de Leonardo da Vinci encanta e surpreende. “Quando vi esta exposição, tive certeza de que haveria de chegar o momento em que todos os brasileiros pudessem apreciá-la em nosso país. Este momento chegou”, ressalta.

Segundo o curador do MUST, Claudio Giorgione a exposição está centrada no método de trabalho de Da Vinci e se propõe a renovar a percepção sobre sua atuação como engenheiro e pensador, explicando a importância de seu legado no contexto histórico e social da época. “As obras são apresentadas em diferentes linguagens e revelam o quanto a natureza inspirou Leonardo em suas criações”, acrescenta.

Para aproximar o público do visionário dos tempos modernos, a exposição foi dividida em sete módulos temáticos que representam os vários campos de estudo e trabalho de Da Vinci: Introdução; Transformar o movimento; Preparar a guerra; Desenhar a partir de organismos vivos; Imaginar o voo; Aprimorar a manufatura; e Unificar o saber, que conectam história, emoção, conhecimento, educação e cultura.

Além da oportunidade para conhecer de perto máquinas, desenhos, projetos e esboços do mesmo homem que pintou a obra de arte mais vista do mundo – Mona Lisa (1517) –, os visitantes poderão apreciar peças raras – como a grua com 4,5 metros de altura e 500 kg, projetada por Filippo Brunelleschi (1377-1446). Somente com esta grua é que o domo de cobre da famosa igreja Santa Maria del Fiore (Florença, na Itália), a mais de cem metros de altura, pode ser erguido.

Este estudo confirma a imersão de Leonardo na tecnologia existente à época do Renascimento, entre 1469 e 1471, quando o ateliê de Verrocchio se dedica à construção da cúpula da catedral de Florença. O empreendimento representa um desafio para o jovem Leonardo, que estuda as gruas concebidas por Brunelleschi décadas antes.

Entre os destaques, obras que representam todas as vertentes do legado davinciano: estudos sobre o automóvel, avião, submarino, bicicleta, tanque de guerra, mecanismos do relógio etc.

Após passagem por São Paulo, a exposição segue para o Science Museum, em Londres.

Serviço

Exposição: “Leonardo da Vinci, a Natureza da Invenção”
Local: Galeria de Arte do Sesi-SP, no Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso (Av. Paulista, 1.313, em frente à estação Trianon-Masp do Metrô)
Período expositivo: de 11 de novembro de 2014 a 10 de maio de 2015, para o público em geral – diariamente, das 10h às 20h.
Classificação indicativa: livre
Informações: (11) 3146-7405 e 7406
Agendamentos de grupos e escolas: (11) 3146-7396, de segunda a sexta, das 10h às 14h e das 15h às 18h
Entrada gratuita. Os espaços têm acessibilidade.