imagem google

Retrospectiva 2013 – O ano do presidente

Um resumo do ano de Paulo Skaf na liderança da Fiesp, Ciesp, Sesi-SP e Senai-SP

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540189663

Paulo Skaf na primeira inauguração do ano, em Presidente Epitácio. Foto: Junior Ruiz/Fiesp

O resultado dos investimentos em educação da indústria paulista foi uma das principais marcas em 2013 na agenda do presidente da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), Paulo Skaf.

Em fevereiro, em Presidente Epitácio, Skaf deu início a uma maratona de inaugurações. No total, em 2013, foram abertas 22 novas escolas do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) nos seguintes municípios: Presidente Epitácio, Mococa, Tambaú, Guararapes, Votuporanga, Vinhedo, Americana, Bragança Paulista, Pirassununga, Descalvado, Jacareí, Avaré, Sumaré, Porto Ferreira, Jardinópolis, Santa Cruz do Rio Pardo, Presidente Prudente, Cajamar, Lençóis Paulista, Osvaldo Cruz, Barra Bonita e Hortolândia.

No Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) foram inauguradas três escolas da rede nas cidades de Ourinhos, Pompeia e Mirassol, além de um núcleo de joalheria em São José do Rio Preto. Também foi aberto, em Rio Claro, o Laboratório de Ensaios em Implantes da Escola Senai Manoel José Ferreira. Em outubro, anunciou investimentos na unidade do Senai-SP em Itu. Em julho, Skaf assinou um convênio do Senai-SP com a GE para nova escola na área de saúde.

Na Fiesp e no Ciesp, o ano também foi de lutas e conquistas.  Logo no início do ano, o Diário Oficial da União ratificava o resultado positivo da campanha “Energia a Preço Justo”, iniciativa da Fiesp e do Ciesp  que culminou com um desconto de 20,2%, em média, na conta de luz para todos os brasileiros. “Reduzindo as contas de luz, os custos de produção serão reduzidos também, e bilhões de reais vão movimentar a economia. A medida beneficia todos os setores da sociedade, e atinge diretamente o bolso de cada brasileiro”, observou Skaf em nota oficial.

Em março, a presidente Dilma Rousseff anunciou a isenção de impostos para os produtos da cesta básica – outra antiga reivindicação da Fiesp.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540189663

Presidente da Fiesp na abertura do 8º Encontro de Logística e Transportes: aprovar MP dos Portos é ponto concreto para resolver parcialmente problema da competitividade brasileira. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Em maio, o presidente da Fiesp protagonizou uma campanha das entidades pela aprovação da Medida Provisória dos Portos – a MP foi aprovada pelo Congresso com a essência que a Fiesp defendia para aumentar a competitividade do país no setor. “A medida atende as reivindicações mais importantes dos setores produtivos: permite aumentar a oferta de operadores, promovendo maior concorrência e a consequente redução de custos portuários”, disse Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp.

Outra luta das entidades, contra o aumento do IPTU no município de São Paulo, ainda em curso, encerrou o ano de 2013 com desfecho positivo – o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) concedeu liminar que desautoriza o reajuste do IPTU nas bases propostas pela Prefeitura de São Paulo. A liminar não foi cassada em recursos da Prefeitura a instâncias superiores –  o STJ e SFT. “Suspensão é vitória para os cidadãos”, assinalou Skaf em artigo no final de dezembro.

O estímulo à inovação e ao empreendedorismo também foi um dos pontos altos, com a realização conjunta, em setembro, de dois grandes eventos no Pavilhão de Exposições Parque do Anhembi, em São Paulo: o São Paulo Skills 2013 e o Festival de Empreendedorismo (Festemp). “Inovação é pensar no futuro. Educação é pensar no futuro, empreendedorismo é pensar no futuro”, disse Skaf na cerimônia de abertura.

Para falar das iniciativas das entidades que representam a indústria paulista, o presidente concedeu entrevistas a canais de rádio e televisão, participando de programas como “Show Business” (Band); “Todo Seu”, de Ronnie Von (TV Gazeta); “Luciana by Night”, de Luciana Gimenez (Rede TV!); “Diálogo Nacional”, de Ruy Altenfeder (canal 9 da NET-SP); “Economia & Negócios”, da jornalista Fátima Turci (Record News); “Conta Corrente” (Globo News); “Esquenta!”, de Regina Casé, na Rede Globo;  “É Notícia”, de Kennedy Alencar (Rede TV!) e “Salomão”, de Salomão Schvarztman (Band News), entre outros.

Skaf recebeu ainda autoridades e chefes de governo. Entre eles,  o primeiro-ministro da Nova Zelândia, John Key, em março, e chefes de Estado como o presidente da França François Hollande, e Dilma Rousseff, em dezembro; o rei da Suécia Carl XVI Gustaf; e, em maio, o primeiro ministro do Haiti, Laurent Lamothe,; a secretária de comércio dos Estados Unidos da América, Rebecca Blank;  além do embaixador Roberto Azevêdo, novo diretor geral da OMC.

Em maio, o presidente da Fiesp participou ainda do 31º Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA 2013), que aconteceu no WTC, em São Paulo, evento que contou com a presença da presidente da República, Dilma Rousseff, e do presidente da Alemanha, Joachim Gauck.

http://az545403.vo.msecnd.net/uploads/2013/12/HN640x440_2344_a.jpg

François Hollande, presidente da França, recebe a Ordem do Mérito Industrial das mãos de Paulo Skaf, sob os aplausos de Dilma Rousseff. Foto: Helcio Nagamine/Fiesp

Esporte e Cultura

Os investimentos em esporte também foram um dos pilares da gestão do presidente do Sesi-SP, que incentivou o lançamento de novas modalidades esportivas: karatê (em Santos), badminton (na região de Presidente Prudente) e hóquei na grama (nas unidades de Mogi das Cruzes e Suzano).

Skaf também orientou a ampliação do programa “Atleta do Futuro”, iniciativa de formação esportiva gratuita, que chegou a 173 municípios, 73.959 alunos (já inclusos 20 mil alunos da rede escolar Sesi-SP) e 147 empresas madrinhas. Em outubro, em evento em Registro, o presidente do Sesi-SP assinou convênios do programa ‘Atleta do Futuro’ com prefeituras do Vale do Ribeira.

Como presidente do Sesi-SP, Skaf promoveu ainda a chegada de talentos da natação (Thiago Pereira, entre eles) do vôlei (Lucarelli, Lucão, entre outros) e do polo aquático (Tony Azevedo) para reforçar as equipes do Sesi-SP e inspirar novos praticantes do esporte.

Na Cultura, um dos destaques foi o anúncio do programa educacional do Sesi-SP em teatro musical, com a produção do espetáculo “A Madrinha Embriagada”, a realização de oficinas para jovens estudantes e a criação de um curso de formação de atores em teatro musical.

Skaf ainda participou da inauguração de exposições no Teatro do Sesi-SP como “Grandes Mestres da Arte Popular Ibero-Americana”, “O Prêmio Nobel – Ideias Mudando o Mundo” e “Jogos Olímpicos: Esporte, Cultura e Arte” e “#Adotei”, “Evita, Paixão e Ação”, entre outras.

Outra ação importante foi a parceria da Fiesp com o Grupo Cultural AfroReggae, anunciada em abril. A iniciativa já gerou resultados como a formatura da primeira turma do programa de capacitação profissional para egressos do sistema prisional, em cerimônia no mês de novembro.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540189663

Paulo Skaf entre o ministro Aldo Rebello (à esquerda) e Fernando Greiber (do Comcultura/Fiesp). Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

>> Acompanhe as notícias da Presidência da Fiesp