Refluxo: tensão dentro de prédio é tema de peça no Mezanino do Centro Cultural Fiesp

Refluxo: tensão dentro de prédio é tema de peça no Mezanino do Centro Cultural Fiesp

Espetáculo estreia nesta quarta-feira (12/04) e fica em cartaz até 2 de julho. Texto foi desenvolvido durante a 7ª turma do Núcleo de Dramaturgia do Sesi – British Council

Agência Indusnet Fiesp 

Tem espetáculo novo no Mezanino do Centro Cultural Fiesp.  Texto inédito de Angela Ribeiro desenvolvido durante a 7ª turma do Núcleo de Dramaturgia do Sesi– British Council (vencedor do 28º Prêmio Shell de Teatro na categoria Inovação), Refluxo exibe um olhar incomodado sobre a sociedade contemporânea. A peça tem direção de Eric Lenate e fica em cartaz no Centro Cultural Fiesp de 12 de abril a 2 de julho, de quarta a sábado, às 20h30 e domingo, às 19h30. A entrada é gratuita.

O Núcleo de Dramaturgia Sesi-British Council promoveu leituras dos textos da 7ª turma dirigidas por diretores convidados e na ocasião Eric Lenate assistiu a leitura de Refluxo. No dia seguinte Lenate escreveu para a autora dizendo que tinha interesse em transformar o texto em espetáculo. “Enquanto assistia a leitura, apareciam na minha cabeça as imagens de uma possível encenação, com o texto me solicitando um tipo de realismo muito particular. Uma espécie de ‘realismo cubista’”, conta o diretor.

Meses depois, o texto de Angela foi escolhido pelo Sesi-SP para ganhar uma temporada no Mezanino do Centro Cultural Fiesp. A coordenadora do Núcleo de Dramaturgia, Marici Salomão, entrou em contato com Lenate convidando-o para conversar sobre uma possível parceria e, para surpresa do diretor, era a direção de Refluxo.

A encenação

Eric Lenate é um diretor-cenógrafo, que utiliza a arquitetura cênica como grande aliada de suas encenações e assina essa parte da criação também. Em Refluxo não será diferente. O diretor optou por transformar o Mezanino do Centro Cultural Fiesp, espaço gerenciado pelo SESI-SP, em uma espécie de instalação que convida a plateia a imergir nas dependências do edifício residencial onde se desenvolve a história. Depois de percorrer a entrada do prédio, o corredor e entrar no elevador, o público encontra sua arquibancada e é convidado a se sentar, em uma tentativa de induzir a sensação de entrar e permanecer dentro do elevador durante todo o espetáculo, participando do ponto de vista de Dário, o Ascensorista, personagem protagonista da peça. Cada vez que a porta do elevador se fecha, a cena se concentrará no espaço que delineia o elevador. E cada vez que a porta do elevador se abre, o público terá acesso visual ao saguão do prédio e aos outros andares que compõem a instalação cenográfica. A manipulação do cenário será realizada pelo próprios atores e atrizes.

“As personas da peça podem ser consideradas como que “destituídas de superego. É um texto forte, violento, cheio de quinas, curvas fechadas, o que nos encaminhou para um trabalho de composição de personagens com feições cubistas, para conseguirmos dar conta de todas as características que existem em cada personagem e que coexistem, às vezes, em uma única fala. Tudo no espetáculo tem contornos dilatados. Não existem meios tons. As personas receberam um desenho hiperbólico. A fala é partiturizada. Elementos cuidadosamente combinados para fornecer ao público o que chamo de ‘efeito estilingue’: estranhamento de imediato, seguido de uma violenta imersão e envolvência com o espetáculo. Apesar dessa saturação, penso que o público pode conseguir enxergar o cotidiano ali no palco”, completa Lenate.

Cena de Refluxo: o cotidiano no palco, com todos os seus dilemas. Foto: Divulgação

 

Sobre o Núcleo de Dramaturgia Sesi-British Council

Criado em 2007, o Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council, vencedor do 28º Prêmio Shell de Teatro na categoria Inovação, é voltado para descoberta e formação de novos autores teatrais através do incentivo a discussão e reflexão sobre o cenário contemporâneo. Sob a coordenação da dramaturga e jornalista Marici Salomão e assistência do diretor César Baptista, o programa oferece exercício de técnicas, estudo de teorias, atendimento individual e coletivo, leituras comentadas de peças, atividades práticas de escrita e sistema narrativo.

Serviço:

Refluxo

Temporada: 12 de abril a 2 de julho de 2017

Horários: quarta a sábado, às 20h30; domingo, às 19h30

Local: Mezanino do Centro Cultural Fiesp (Avenida Paulista, 1313 – em frente à estação Trianon-Masp do metrô)

Classificação indicativa: 14 anos

Duração: 80 minutos

Gênero: Suspense cômico-dramático

Grátis. Reservas antecipadas de ingressos para as sessões realizadas entre os dias 1º e 15 de cada mês devem ser realizadas pelo portal Meu SESI (www.sesisp.org.br/meu-sesi) a partir do dia 25 do mês anterior. Para as sessões realizadas entre os dias 16 e 31, as reservas têm início no dia 10 do mesmo mês, a partir das 8h. Os ingressos remanescentes serão distribuídos nos dias do espetáculo, de acordo com o horário de funcionamento da bilheteria (quarta a sábado, das 13h às 20h30; domingos, das 11h às 20h).

Mais informações em www.centroculturalfiesp.com.br.