imagem google

Programa Atleta do Futuro do Sesi-SP chega a Lorena para atender 260 crianças e jovens

Iniciativa foi apresentada na tarde desta quinta-feira (27/02), no município, pelo presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf. Cidade vai ganhar uma nova escola do Sesi-SP

Isabela Barros, Agência Indusnet Fiesp, de Lorena

Agora foi a vez de Lorena, no interior paulista, receber o Programa Atleta do Futuro (PAF), do Serviço Social da Indústria de São Paulo. O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira (27/02), em cerimônia no Centro Social Urbano do município.

A solenidade contou com a presença do presidente do Sesi-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf. Na ocasião, foi anunciada ainda a doação de um terreno, pela Prefeitura de Lorena, para a construção de uma nova escola do Sesi-SP na cidade.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539818990

Skaf (à direita): se a demanda do PAF em Lorena for superior a 260 alunos, número pode ser ampliado e modalidades oferecidas, diversificadas. À esquerda, a campeã olímpica Dani Lins. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Ao todo, serão atendidos 260 alunos no PAF. As jovens promessas do esporte vão praticar natação e vôlei. Não à toa, o evento desta quinta-feira (27/02) começou com uma aula prática de vôlei na quadra do local, além de atividades de natação na piscina. Isso com a presença de atletas ilustres do Sesi-SP, como as jogadoras da equipe feminina de vôlei Dani Lins, Ju Costa e Bárbara.

“Boa sorte para vocês, acreditem nesse projeto”, afirmou Bárbara aos futuros reis das quadras. “Sempre fui ligada ao esporte, fazia natação e jazz”, disse Dani Lins. “Fiz vôlei porque ganhei uma bolsa no colégio. Estou há três anos no Sesi-SP e muito feliz”, disse Dani Lins.

Esteve presente na cerimônia ainda o prefeito de Lorena, Fabio Marcondes, e o diretor de Esportes e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug.

“Vamos fortalecer muito a formação esportiva e a educação dos nossos jovens”, afirmou Marcondes, que ainda agradeceu a presença das jogadoras da equipe feminina de vôlei do Sesi-SP na cidade.

“Essa é uma iniciativa que mostra o seu empenho e o seu carinho, presidente Paulo Skaf, pelo esporte e pela educação”, disse Pflug. “Queria agradecer em nome de todos os funcionários do Sesi-SP”.

Docinhos

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539818990

Presidente da Fiesp e do Sesi-SP com o prefeito de Lorena, Fabio Marcondes. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Na ocasião, a aluna Isabele, do Sesi-SP, foi chamada ao palco para entregar duas caixas de doces para o presidente da Fiesp e do Sesi-SP. “Muito obrigada por ter assinado esse convênio para o PAF e pela nova escola que nós vamos ter aqui”, disse.

“Esporte também é educação, é saúde”, afirmou Skaf. “Daqui vão sair muitos atletas e isso vai ser bom para Lorena, para São Paulo e para o Brasil”.

Segundo Skaf, se a demanda do PAF na cidade for superior a 260 alunos, o número pode ser ampliado. E, as modalidades oferecidas, diversificadas.

Em seguida, Skaf elogiou a atleta Dani Lins pelas recentes conquistas da equipe de vôlei feminina do Sesi-SP. “O Sesi-SP é isso, é o aluno praticando esporte, é a indústria no esporte, os atletas olímpicos”, afirmou.

De acordo com Skaf, o PAF é uma grande oportunidade para que crianças e jovens pratiquem esportes gratuitamente e desenvolvam valores que levarão para a vida toda.

“O Atleta do Futuro foi pensado para estimular a prática esportiva e preparar nossos jovens para o futuro, pois a atividade física também contribui para a formação de cidadãos com mais saúde e disciplina”, diz Skaf.

Além da prática esportiva, os alunos do PAF recebem orientação em temas transversais como saúde, trabalho e consumo, meio ambiente e cultura. Os instrutores trabalham para difundir valores como ética, superação, autoestima e socialização, com o intuito de ajudar o aluno a se desenvolver de modo pleno.

Como funciona o programa

Presente em mais de 180 municípios, o PAF contempla 74 mil participantes entre 6 e 17 anos e as atividades estão organizadas em três fases, adequadas para cada faixa etária.

Na fase que compreende crianças entre seis e oito anos, os instrutores trabalham para promover qualidade de vida, integração e socialização por meio de jogos e brincadeiras lúdicas. A partir dos oito anos, os participantes iniciam a prática esportiva, conhecendo as diversas modalidades e suas diferenças. Então, dos 11 aos 17 anos, os alunos optam por uma modalidade e realizam treinos específicos. Nesta fase, os atletas podem representar a equipe do Sesi-SP em competições estaduais e nacionais.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do Sesi-SP, as aulas esportivas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539818990

PAF contempla crianças e jovens entre seis e 17 anos. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp