imagem google

Procurador geral de Justiça do Estado de São Paulo é homenageado na Fiesp

Marcio Fernando Elias Rosa participou de jantar na sede da federação na noite desta segunda-feira (09/06)

Isabela Barros, Agência Indusnet Fiesp

O procurador geral de Justiça do Estado de São Paulo, Marcio Fernando Elias Rosa, foi homenageado, na noite desta segunda-feira (09/06), com um jantar na sede da Federação e do Centro das Indústrias de São Paulo (Fiesp e Ciesp), na capital paulista. Participaram do evento o presidente em exercício da Fiesp, Benjamin Steinbruch, o segundo vice-presidente da Fiesp, João Guilherme Sabino Ometto, e o presidente do Conselho Superior de Assuntos Jurídicos e Legislativos (Conjur) da federação, Sydney Sanches, entre outros nomes.

Em seu pronunciamento de boas-vindas ao homenageado, Sanches fez questão de destacar o seu apreço e o da diretoria da Fiesp pelo Ministério Público. “Digo com toda a alegria que nunca tive um desentendimento com qualquer membro do MP”, afirmou.

Sanches: admiração pelo trabalho do MP. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Sanches: admiração pelo trabalho do MP. Foto: Everton Amaro/Fiesp

De acordo com ele, o procurador geral de Justiça de São Paulo ingressou no MP em 1986 e desde 2009 atua como procurador. Mestre e doutor em Direito pela PUC – SP, é autor de diversos livros jurídicos e artigos na área, além de sua atuação como professor.

Decado do MP presente ao jantar, José Roberto Dealis Tucunduva também registrou a sua admiração por Rosa. “Ele sempre trouxe ideias relevantes para o desenvolvimento institucional”, disse.

O mesmo compromisso

Para o homenageado da noite, foi “uma honra participar de um evento dessa natureza”. “Sei que esse encontro se deve a um excesso de generosidade daqueles que o idealizaram”, disse Rosa. “Mas acredito que pode e deve ser dado o devido merecimento a todos aqueles que fizeram e fazem o MP, aos que colaboram para que a instituição seja o que é, uma grande instituição que atua em favor da cidadania e da promoção da Justiça”.

Segundo Rosa, a Fiesp e o MP têm “o mesmo compromisso”. “É a ideia de criar uma rede informal de apoio à cidadania”, explicou. “Que todos estejam juntos para a ideia do bem comum. E que o Brasil se desenvolva de forma justa”.

Rosa: em favor da cidadania e da promoção da Justiça. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Rosa (ao microfone), com Ometto e Steinbruch ao centro, ao fundo: em favor da cidadania e da promoção da Justiça. Foto: Everton Amaro/Fiesp